Publicidade
Campanha

Deputados adotam semana de ‘dois dias’

Preocupados em buscar a reeleição ou um novo mandato para outro cargo, os deputados estaduais paranaenses não se contentaram em antecipar as sessões das quartas-feiras – que normalmente ocorrem no período da tarde – para o período da manhã durante a campanha eleitoral. Em votação simbólica, eles aprovaram ontem requerimento apresentado pelos líderes das bancadas para adotar a semana de 'dois dias'. Ou seja, agora, as sessões das quartas-feiras que haviam sido transferidas para o período da manhã serão realizadas nas terças-feiras, como 'sessões extraordinárias'.
Na prática isso significa que até as eleições de 7 de outubro, as votações na Assembleia Legislativa acontecerão apenas às segundas e terças-feiras, sem que os deputados tenham os salários de R$ 25,3 mil descontados por se autoliberarem mais cedo para a campanha eleitoral.
Dos 54 deputados estaduais, 45 são candidatos à reeleição. Dos outros nove, cinco tentam a eleição para a Câmara Federal e um, Ratinho Junior, do PSD, é candidato a governador do Estado. Apenas três deputados estaduais não disputam a eleição candidatos: Fernando Scanavaca (PPS), Pastor Edson Praczyk (PRB), e Rasca Rodrigues (PODE).
 

DESTAQUES DOS EDITORES