Campanhas

Dezembro é vermelho e laranja contra a aids e o câncer de pele

Monumentos de Curitiba serão iluminados de vermelho
Monumentos de Curitiba serão iluminados de vermelho (Foto: Cesar Brustolin/SMCS)

O Projeto Sesc Saúde promove a Campanha Sesc Dezembro Vermelho: mês de luta contra a aids. Ao longo do mês postos de orientação e conscientização serão montados em unidades de serviço do Sesc PR, além de live e ação simultânea de educação em saúde em 27 unidades do estado.

De janeiro de 2007 até dezembro de 2018, o Paraná tinha o acumulado de 20.283 casos de aids. O maior número se concentra na faixa etária de 30 a 39 anos, com 54,6% dos casos.

A taxa de detecção dos casos de aids por 100 mil habitantes apresentou redução de 36,7% no Paraná entre os anos de 2015 e 2019 (de 15,3 para 9,7), e a de mortalidade, também por 100 mil habitantes, teve queda de 22,6% no mesmo período, de 5,4 para 4,2. A taxa de detecção e casos de HIV por 200 mil habitantes caiu 0,9% (de 22,6 para 22,4).

A programação do Sesc Pr inicia com uma live no dia 7 de dezembro, a partir das 14h

Câncer — O Complexo de Saúde Erasto Gaertner, por meio do seu programa Conscientizar +, e a Sociedade Brasileira de Dermatologia – Regional Paraná (SBD-PR) lançam em parceria uma série de ações de conscientização para a campanha Dezembro Laranja.

A mobilização incentiva a prevenção e o combate ao câncer de pele e chama atenção para o aumento da incidência da doença durante o verão.

Com o mote “Adicione mais fator de proteção ao seu verão”, o movimento encampado pelas duas das instituições mais importantes do Brasil no combate à doença traz um “alerta laranja” para a volta dos brasileiros às praias e piscinas e estimula o uso do filtro solar como produto protetor contra a radiação.

No Paraná são diagnosticados mais de 500 casos anuais do tipo melanona.