Publicidade
Qualificação

Dicas para escolher o melhor local para o MBA no exterior

Vivência fora do País ajuda a aprimorar o curriculo profissional de qualquer área
Dicas para escolher o melhor local para o MBA no exterior

Investir em qualificação é uma das melhores formas para se evitar o desemprego. No entanto, escolher destino e, principalmente, a melhor escola para quem está no Brasil não é tarefa muito fácil. O CEO do The MBA Tour, Peter Loesecke, lembra que a vivência no exterior proporciona experiências únicas e desafiadoras, não só pelo fato de o curso normalmente ser ministrado em outro idioma, mas também pelo rigor da grade curricular e extracurricular. 

Segundo Loesecke, a universidade ideal varia de pessoa para pessoa. Tudo vai depender do que cada indivíduo quer alcançar com um MBA, de quais são seus objetivos de carreira e de como é montada a grade curricular do curso, destaca Loesecke, que ainda lembra que é fundamental que o participante escolha a universidade com a qual se identifique e não se baseie apenas em rankings. A pesquisa é uma das partes mais importantes para escolher um MBA. Ela pode começar online, mas é extremamente importante ter uma noção mais real da cultura das instituições e do perfil das diretorias, enfatiza o executivo.

Além disso, o CEO do The MBA Tour aconselha que os candidatos também pensem a respeito do caminho que querem percorrer após cursar um MBA. Um bom jeito de entender suas possibilidades é pesquisar os programas e ver as conquistas de seus ex-alunos – essa informação costuma estar no site do curso, afirma.

Para escolher o MBA ideal é preciso pesquisar muito e é extremamente importante ter uma noção da cultura das instituições e do perfil das diretorias, segundo Peter Loesecke. Os diretores de admissão das universidades valorizam muito os encontros presenciais, portanto é importante buscar meios de se apresentar e causar uma boa impressão", orienta o executivo.

Dicas para escolher o curso

1 Vá além do ranking
• Escolha a universidade com a qual se identifique e não se baseie apenas em rankings, que levam em conta apenas aumento de salário e ganhos pós-MBA. É importante conhecer a cultura e o ambiente da instituição a partir de visitas ao campus ou, se isso não for possível, por meio do contato com alunos e ex-alunos. Também é indicado observar a presença online da instituição - via Facebook, Twitter e YouTube, em especial.
• O candidato deve considerar o caminho que quer percorrer depois do MBA. Um bom jeito de entender suas possibilidades é pesquisar os programas e ver as conquistas de seus ex-alunos – essa informação costuma estar no site do curso.

2 Apresente-se às equipes de admissão
• Os diretores de admissão das universidades valorizam muito os encontros presenciais, portanto é importante buscar meios de se apresentar e causar uma boa impressão.

3 Empreendedor também pode (e deve)
• Para quem é empreendedor, às vezes fica difícil decidir se o certo é investir tempo e dinheiro em sua formação ou em seu negócio.
• Um MBA pode dar ao empreendedor a oportunidade de fortalecer sua rede de contatos com pessoas qualificadas – de alunos a professores - e fornecer uma visão mais ampla de gestão, já que muitos acabam ficando presos em um jeito de fazer as coisas e têm muita dificuldade para mudar suas estratégias.
• Outro benefício é o ambiente proporcionado em um MBA, que permite aos estudantes simular ideias e testar limites, preparando-os para lidar com situações complicadas.

4 Faça uma análise cuidadosa e considere
• Tipo e duração do programa
• Preço e disponibilidade de bolsas
• Conexões importantes com profissionais formados pela mesma instituição
• Reputação do programa, principalmente dentro da área de atuação desejada
• Possibilidade de estágio por meio da instituição
• Localização
• Tamanho da turma e estrutura da instituição

DESTAQUES DOS EDITORES