Publicidade

Doria diz que Brasil deve se reposicionar sobre política ambiental

O Brasil precisa se reposicionar em relação à política ambiental pregada pelo atual governo, sob o risco de ficar cada vez mais fora da mira dos investidores internacionais, afirmou neste domingo o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), após almoço com o governador do Rio, Wilson Witzel (PSC).

Segundo ele, que esteve no último Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça, o ministro da Economia, Paulo Guedes, "foi muito emparedado por falta de uma política ambiental adequada, e se o Brasil não tiver um reposicionamento na questão ambiental, os investimentos ficarão cada vez mais distantes, mais difíceis".

Doria disse que vê com preocupação o fraco desempenho da economia brasileira e que se não fosse o desempenho da economia de São Paulo, capitaneada pelo ex-ministro Henrique Meirelles, o resultado seria ainda pior.

"Sem o crescimento de São Paulo a economia teria crescido 0,38% e não o 0,89% divulgado pelo Banco Central", afirmou em relação ao Produto Interno Bruto (PIB).

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES