Pandemia

Duas regiões de Curitiba preocupam por incidência maior de Covid-19. Veja quais são

(Foto: Geraldo Bubniak/AEN)

Duas regiões de Curitiba preocupam mais a secretaria municipal de saúde sobre o Covid-19 por apresentarem coeficiente de incidência (por 100 mil habitantes) superior à média registrada em Curitiba, que está em 2.087,6. As regionais são Pinheirinho, com coeficiente de 2.337,5 e Matriz, com 2.111,2. "Estamos de olho também nas variações por regiões. A Matriz reúne muitos moradores idosos, o que preocupa", disse a secretária municipal de Saúde, Márcia Huçulak, durante apresentação semanal do Painel Covid-19, nesta sexta (18). 

A secretaria municipal de Saúde divulgou nesta sexta-feira (18) 320 novos casos de covid-19 e nove óbitos de moradores de Curitiba nfectados pelo novo coronavírus. Até agora são 1.178 mortes na cidade provocadas pela doença neste período de pandemia. Com os novos casos confirmados, 40.356 moradores de Curitiba testaram positivo para a covid-19 desde o início da pandemia, dos quais 34.579 estão liberados do isolamento e sem sintomas da doença. São 4.599 casos ativos na cidade, correspondentes ao número de pessoas com potencial de transmissão do vírus. A secretaria Márcia Huçulak, em live, anunciou também a prorrogação da bandeira laranja por mais sete dias a partir de domingo (20), quando venceria o decreto anterior. "Ainda estamos com números altos. Contamos com a população para voltarmos à bandeira amarela, com distanciamento social, uso da máscara e higiene constante das mãos. As pessoas que não são do mesmo convívio não devem se reunir. A gente vai conviver com a covid-19 por muito tempo e se tomarmos os cuidados necessários poderemos ter uma vida quase normal, porque normal somente com vacina", disse ela.  A secretária alertou que o decreto da bandeira laranja será o mesmo que está valendo, sem alterações. 

Veja o que pode e o que não pode em Curitiba na bandeira laranja