Copa do Brasil

Em busca de R$ 3 milhões, Athletico defende tabu contra cearenses

Jonathan: lateral pode ser titular contra o Fortaleza
Jonathan: lateral pode ser titular contra o Fortaleza (Foto: Valquir Aureliano)

O Athletico Paranaense decide uma vaga na próxima fase da Copa do Brasil nesta quarta-feira (dia 5) às 19h15, na Arena da Baixada, no duelo contra o Fortaleza. No jogo de ida das oitavas de final, no Ceará, houve empate em 0 a 0. Com isso, quem vencer a partida de volta, em Curitiba, fica com a vaga. O gol como visitante não é critério de desempate. Empates por qualquer placar levam a decisão para os pênaltis.

Por participar das oitavas de final, o Athletico já recebeu R$ 2,5 milhões. Se passar pelo Fortaleza, vai acumular R$ 5,6 milhões (a cota pelas quartas é de R$ 3,1 milhões). O prêmio sobe para R$ 6,7 milhões na semifinal. Quem perder a final, recebe mais R$ 21 milhões. O campeão fatura R$ 52 milhões adicionais.

Se quiser ficar com essa grana, o Fortaleza vai ter que derrubar um tabu. O Athletico nunca perdeu para cearenses na Arena da Baixada, inaugurada em 1999. Foram oito duelos do Furacão contra equipes do estado nordestino desde então, com quatro vitórias paranaenses e quatro empates.

O Fortaleza veio três vezes à Arena. Arrancou dois empates em 0 a 0 (em 2005 e em 2006) e perdeu em 2003 (por 3 a 1). O Ceará somou dois empates no estádio atleticano (ambos em 2018) e perdeu três vezes (em 2012, 2011, e 2010).

TIAGO NUNES
O Athletico tem mais um forte número a seu favor: o desempenho do técnico Tiago Nunes em jogos eliminatórios e finais. Desde que virou técnico do Athletico, em janeiro de 2018, ele somou oito classificações, uma eliminação e um insucesso em final nos dez duelos de mata-mata. A única desclassificação foi contra o Rio Branco, nos pênaltis, na semifinal do 1º turno do Paranaense 2018. O insucesso em uma final foi na Recopa Sul-Americana, contra o River Plate. Os oito êxistos foram contra Maringá, Londrina, Coritiba, Peñarol, Caracas, Bahia, Fluminense e Junior Barranquilla.

ESCALAÇÃO
O Athletico pode contar com a volta do lateral-direito Jonathan e do zagueiro Paulo André. Eles não atuaram no domingo, contra o Fluminense, pelo Brasileirão, devido a desgaste físico. Agora, disputam posição com Madson e Lucas Halter. O zagueiro Thiago Heleno e o volante Camacho seguem afastados por caso de doping.

O lateral-esquedo Renan Lodi continua com situação indefinida – clique aqui para entender o caso.

Já o Fortaleza não terá Juninho, Wellington Paulista, Kieza e Edinho.

ATHLETICO X FORTALEZA
Santos; Jonathan (Madson), Paulo André (Lucas Halter), Léo Pereira e Márcio Azevedo; Wellington e Bruno Guimarães; Nikão, Lucho González e Rony; Marco Ruben. Técnico: Tiago Nunes
Athletico: Felipe Alves; Tinga, Quintero, Roger Carvalh e Carlinhos; Felipe e Araruna; Osvaldo, Marcinho e Romarinho; André Luís. Técnico: Rogério Ceni
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (SP)
Local: Arena da Baixada, quarta-feira às 19h15