Publicidade
Série B

Em estádio quase vazio, Coritiba vence o Goiás e encerra jejum

Jogadores do Coritiba comemoram o gol contra o Goi\u00e1s
Jogadores do Coritiba comemoram o gol contra o Goi\u00e1s (Foto: Geraldo Bubniak)

O Coritiba venceu por 1 a 0 o Goiás, nessa sexta-feira (dia 9) à noite, no Couto Pereira, pela 36ª rodada da Série B. O gol da vitória foi do zagueiro Rafael Lima, aproveitando cobrança de falta do meia Chiquinho. Com o resultado, o time paranaense ficou em 10º lugar, com 49 pontos. Não tem mais chances de acesso ou risco de rebaixamento. A equipe goiana está na 3ª colocação, com 57 pontos. Clique aqui para ver a classificação da Série B no site Srgoool.

O resultado encerrou um jejum de cinco partidas sem vitórias do Coritiba. Esse foi o 9º jogo do técnico Argel Fucks no comando do Coritiba. Ele soma três vitórias, quatro empates e duas derrotas com a equipe. 

Antes da partida, torcedores protestaram contra a crise no clube e pediram a saída do presidente Samir Namur.

[node:galeria id=596989]

PIOR PÚBLICO
O jogo registrou o pior público do Coritiba no ano, com 1.129 pagantes. A pior bilheteria do clube na Série B tinha ocorrido contra o Guarani, na 34ª rodada, com 2.451 pagantes. Anteriormente, a menor marca de 2018 era no Paranaense, contra o Cianorte, com 2.234. 

DESEMPENHO
Em relação ao desempenho, o Coritiba fez uma das suas melhores partidas no ano. Mesmo assim, não apresentou uma boa performance, afinal a temporada 2018 foi marcada pelo fraco futebol do Coxa. Contra o Goiás, os jogadores mostraram garra e boa organização tática, mas repetiram as mesmas falhas individuais de sempre. Os destaques positivos foram o meia Matheus Bueno e o centroavante Alecsandro. 

ARTILHEIRO
O zagueiro Rafael Lima chegou a três gols pelo Coritiba. Ele disputou 19 partidas pelo clube. 

ESCALAÇÕES
Os desfalques no Coritiba eram Alisson Farias, Thiago Lopes, Samuel, Wilson, Carlos Eduardo e Jean Carlos, todos em recuperação. O técnico Argel Fucks decidiu escalar o meia Matheus Bueno, promovido dos juniores, e o zagueiro Rafael Lima. Antes titulares, o zagueiro Thalisson Kelven, o meia Yan Sasse e o centroavante Bruno Moraes não ficaram nem no banco. O treinador decidiu abandonar o esquema tático 4-2-3-1, que foi usado nas partidas anteriores, e retornou para o 4-2-2-2. O Goiás iniciou no 4-1-4-1. 

PRIMEIRO TEMPO
A partida começou equilibrada e com as duas equipes buscando o gol. Depois de 20 minutos, porém, o Goiás recuou e amarrou o jogo. O Coritiba seguiu tentando e só encontrou espaços aos 30 minutos. Matheus Bueno deu belo passe. Alecsandro saiu na cara do gol, deu um chapéu no goleiro e, de cabeça, finalizou na trave. Quase um golaço.

SEGUNDO TEMPO
No intervalo, o Goiás tirou o meia Gedoz, colocou o volante Madison e mudou para o 4-2-3-1. O time visitante avançou e passou a incomodar. O Coritiba seguiu atacando. O jogo ficou aberto, com boas jogadas ofensivas para os dois times. Aos 15, Argel tirou Abner e colocou William Matheus. Aos 26, saiu Simião e entrou Julio Rusch. O Coxa abriu o placar aos 27, em falta cobrada por Chiquinho e finalização de Rafael Lima. O Goiás pressionou nos minutos finais, mas o Coxa segurou.

ESTATÍSTICAS
Na partida, o Coritiba teve 14 finalizações (4 certas), 55% de posse de bola, 83% de eficiência nos passes e 9 escanteios. O Goiás somou 18 finalizações (3 certas), 45% de posse de bola, 80% de eficiência nos passes e 7 escanteios. Os números são do Sofascore.

CORITIBA 1 x 0 GOIÁS
Coritiba: Rafael Martins; Leandro Silva, Rafael Lima, Alan Costa e Abner (William Matheus); Vitor Carvalho, Simião (Julio Rusch), Chiquinho e Matheus Bueno; Guilherme Parede (Pablo) e Alecsandro. Técnico: Argel Fucks
Goiás: Marcos; Alex Silva, Victor Ramos, David e Gilberto; Ernandes; Maranhão (Rafinha), Giovanni (Renato Cajá), Felipe Gedoz (Madison) e Michael; Lucão. Técnico: Ney Franco
Gol: Rafael Lima (27-2º)
Cartões amarelos: Vitor Carvalho, Abner, Julio Rusch (C). Lucão, Madison (G). 
Árbitro: Jean Pierre Goncalves Lima (RS)
Público: 1.129 pagantes
Local: Couto Pereira

PRINCIPAIS LANCES
Primeiro tempo

1 – Maranhão lança. Michael recebe nas costas da defesa, mas erra o domínio e perde boa chance.
3 – Após escanteio, Alecsandro pega o rebote na meia-lua e chuta forte. A bola passa perto, ao lado.
30 – Matheus Bueno dá belo passe. Alecsandro sai na cara do gol, dá um chapéu no goleiro e, de cabeça, finaliza na trave. Quase um golaço.
31 – Giovanni chuta de longe. Rafael Martins defende.

Segundo tempo
2 – Alex Silva invade a área e chuta cruzado. Rafael Martins defende.
3 – Chiquinho chuta do bico da área. A bola passa perto, ao lado.
7 – Falta na esquerda. Chiquinho cruza. Alcesandro cabeceia no canto. O goleiro espalma.
27 – Gol do Coritiba. Falta no meio-campo. Chiquinho lança para a área. Rafael Lima chuta no canto.
35 – Madison chuta de fora da área. Rafael Martins espalma.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES