Currículo

Estudantes fazem protesto e professores se mobilizam contra mudanças na UniCuritiba

(Foto: Divulgação)

Estudantes de Direito marcaram para esta sexta (19) um buzinaço na frente da UniCuritiba, na Rua Chile, na Capital paranaense, sem aglomeração e sem sair dos carros. O protesto é contra a implantação da nova matriz curricular que será aplicada progressivamente pela instituição, agora sob o comando do Grupo Ânima de Educação. Segundo Ana França, Presidente do Diretório Acadêmico Clotário Portugal, que representa o curso de Direito, a nova matriz reduz a carga horária dentro da sala de aula e os estudantes temem que professores sejam demitidos e tenham suas cargas horárias reduzidas. "São professores que têm muitos anos de casa e que são o real motivo da escolha dos universitários pela instituição. A luta é por nós alunos e principalmente pelos nossos professores". Agremiações estudantis da Unicuritiba já protocolaram uma notificação extrajudicial e avaliam entrar na Justiça contra as mudanças. Ainda, como um sinal de luto, os alunos colocarão flores em frente da Instituição.

Nesta quinta (18),  37 professores da UnCuritiba participaram de assembleia no Sindicato dos Professores de Ensino Superior de Curitiba e Região Metropolitana (Sinpes) para discutir o Edital de Seleção de Professores para Concessão de Regime de Trabalho de Tempo Integral e Parcial, proposto pela Unicuritiba que, segundo eles, propõe condições de trabalho desfavoráveis aos docentes.

Leia mais no Barulho Curitiba