Publicidade
Unibrasil

Exposição apresenta imagens jornalísticas que misturam cotidiano e o fantástico, como o bebê diabo

(Foto: Divulgação/Assessoria de imprensa)

Em 1975, o periódico Notícias Populares, de São Paulo, publicou uma série de manchetes que afirmavam que um bebê-diabo havia nascido em um hospital de São Bernardo, no ABC Paulista. Na época, as capas com as representações visuais da criatura assombraram e divertiram os paulistas, mas nunca passaram de uma invenção de jornalistas feitas para vender jornal.

Imagens como as do bebê-diabo, que misturam elementos da ficção fantástica com a narrativa jornalística do cotidiano, serão tema da exposição “Casos da Zona Crepuscular”, que acontece de 20 de novembro a 20 de dezembro.

Leia mais no Barulho Curitiba

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES