Publicidade
Técnico

Fernando Diniz é o único diferente, diz Muricy Ramalho

Fernando Diniz
Fernando Diniz (Foto: Geraldo Bubniak)

O ex-técnico Muricy Ramalho, hoje comentarista do Sportv, elogiou o trabalho de Fernando Diniz no Atlético Paranaense. “Nos últimos anos, com toda esse renovação que dizem, o Fernando Diniz é o único que faz diferente mesmo. E eu enfrentei ele e sofri isso. Ganhei, porque meu time era muito forte. No Morumbi, o São Paulo sempre foi muito forte. Mas sofri bastante com esse tipo de jogo que ele propõe. Você pensa que vai tomar a bola, mas é uma dificuldade enorme. Sou um fã do Diniz”, declarou Muricy, durante o programa Bem Amigos, do Sportv, na segunda-feira (dia 23) à noite. 

O ex-treinador, que foi tetracampeão brasileiro, a situação de Diniz mostra a falta de visão de dirigentes. “Depois do 7 a 1 falaram muito dos técnicos brasileiros. Mas temos problemas sérios fora de campo. A gestão é muito ruim. Ninguém teve coragem de ter um Diniz no seu time. Não dá para contratar o Diniz e querer ganhar amanhã. O sistema dele é muito complexo. O Atlético abriu mão do Paranaense. O Atlético tem essa visão. O Diniz teve tempo para trabalhar”, afirmou.

Durante o programa, o zagueiro Paulo André também comentou sobre o estilo Diniz.

Muricy revelou que é amigo de Diniz e que virou fã do treinador. “Todo jogo do Paulista eu queria ver o Audax jogar, porque é diferente. No domingo, Atlético e Grêmio foi um jogaço, porque o Grêmio jogou muito”, comentou. “O São Paulo foi jogar ontem (domingo) no Ceará. O São Paulo estava cansadíssimo, porque enfrentou o Atlético no meio da semana. E o Atlético cansa o adversário, porque o adversário não pega na bola, eles não emprestam a bola para ninguém”, declarou. 

Segundo o ex-técnico do São Paulo, Fernando Diniz não vai mudar caso sofra derrotas marcantes. “Ele não muda. Quando perder, ele não vai mudar. Pode mandar ele embora e ele não vai mudar”, disse Muricy.“O único diferente é o Diniz”, citou.

O comentarista do Sportv Caio Ribeiro, ex-jogador, também elogiou Fernando Diniz durante o programa. “O foco dele é a performance, não é o resultado. E isso é uma exceção. Para ele, o resultado é uma consequência. Nada daquilo é por acaso. Aquilo é sistematicamente treinado. E ele se preocupa muito com o lado emocional do atleta”, disse Caio.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES