Curitiba de Graça

Filme curitibano está disponível na Amazon Prime

(Foto: Divulgação)

As notícias culturais da cidade estão em destaque no Curitiba de Graça 

Teatro em linguagem de libras, novos sons para produções do século passado e a nova grade de cursos disponíveis pelo Centro Juvenil de Artes Plásticas, como o inédito que oferece informações para ser Youtuber, são os destaques da semana do Curitiba de Graça para o Bem Paraná.

Confira e boa leitura. 


O bem e o mal

Crédito: Divulgação

Legenda: Roteiro do filme foi baseado no conto “A Conversão do Diabo”, do escritor russo Leonid Andreiev.

E, se um belo dia, um diabo resolvesse sair do lado do mal para o bem? Mas, o que é ser fazer o bem e o que é fazer o mal? Esse é o questionamento que traz ao longa-metragem curitibano “O bem-aventurado”, que foi disponibilizado na Amazon Prime.

O filme uma das dez produções, entre documentários, curtas e longas-metragens, já lançadas pelo diretor e roteirista Tulio Viaro, que desde 2010 mantém a Sótão Filmes. “O bem-aventurado” é todo encenado por bonecos em tamanhos semelhantes a de um ser humano.

O filme de bonecos é uma fábula adulta com enredo baseado no conto “A Conversão do Diabo”, do escritor russo Leonid Andreiev.

Lançado em 2018, “O bem-aventurado” participou de dez festivais de cinemas internacionais, incluindo o Festival de Cinema de Havana (Cuba), Festival de Cartagena de Índias (Colômbia), Festival de Sochi (Rússia), FantaFestival (Itália) e Olhar de Cinema, aqui de Curitiba. 


Youtuber

Legenda: Curso inédito de youtuber é voltado para jovens de 13 a 17 anos. Foto/crédito: FreePik

O Centro Juvenil de Artes Plásticas (CJAP) inicia seu ano letivo de 2021 oferecendo os seguintes cursos: os tradicionais - Teatro, Audiovisual, Desenho e Pintura, Artes Visuais e Fotografia, e os inéditos - Cultura do Skate e Youtuber.

São ofertadas apenas 30 vagas para cada oficina. As aulas, que iniciam no dia 12 de abril, são voltadas para crianças e jovens a partir dos 8 anos e todas acontecerão de forma remota, on-line, usando as plataformas de videoconferência.

A pré-inscrição pode ser feita aqui (https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSdbrt8RDYzrWLvndVFTEsZpM5lmLqmhI5Vi6P5yZPdXmH8-2A/viewform). 


Novos sons para filmes antigos

Crédito: Divulgação

Legenda: Vídeos fazem parte do Arquivo Nacional Brasileiro.

O Arquivo Nacional Brasileiro, por meio dos seus canais de divulgação digital, fornece acesso a conteúdos audiovisuais em domínio público produzidos em várias épocas no país que, por razões diversas, teve muitos materiais audiovisuais disponibilizados sem som original.

Para fazer um resgate desses vídeos, o desenhista de som e produtor cultural curitibano, Luiz Lepchak convidou um coletivo de artistas sonoros e audiovisuais para recriar trilhas sonoras para esses conteúdos até então silenciosos. Assim surgiu o projeto “Cáfila: sons do futuro para imagens do passado”, uma viagem no tempo que usa o Instagram @cafilasounds como plataforma para disponibilização de conteúdos audiovisuais do Arquivo Nacional Brasileiro e os transforma em conteúdo novo, com criação sonora única para contar histórias do nosso país.

Os filmes escolhidos foram produzidos entre as décadas de 1950 a 1970. São vídeos que sobreviveram ao cruzamento do tempo e da história, ainda que muitos tenham perdido pelo caminho suas trilhas sonoras, e que agora, por meio desta plataforma, recebem novos sons, podendo novamente voltar a serem vistos, e, principalmente, ouvidos.

O projeto tem o apoio do Programa de Apoio de Incentivo à Cultura – Fundação Cultural de Curitiba e da Prefeitura Municipal de Curitiba, através da Lei Aldir Blanc. 


Libras como linguagem teatral

Crédito: Reprodução Facebook

Legenda: A Companhia Fluctissonante foi criada em 2017 com o propósito de exibir espetáculos em Português e em Libras.

No Brasil, existem 10,7 milhões de pessoas com deficiência auditiva e desse total, 2,3 milhões têm deficiência severa, segundo o estudo feito pelo Instituto Locomotiva em parceria com a Semana da Acessibilidade Surda em 2019. Para incluir essa população, bem como manter a acessibilidade para ouvintes, em 2017 nasceu a Companhia Fluctissonante, idealizada pela atriz Helena de Jorge Portela.

A novidade trazida pela Companhia Fluctissonante é o uso de libras na confecção do espetáculo. Ou seja, não é a tradução simultânea do que é dito, mas sim, o uso das duas línguas – Português e Libras – dentro da obra.

Assim, a companhia já criou alguns espetáculos, entre os quais os shows on-line: “Músicas para ver e ouvir”, voltado ao público adulto, que pode ser visto aqui: https://www.youtube.com/watch?v=IQl2PiPFwQw. e o espetáculo para crianças e adolescentes, disponível até o dia 10 de abril, “Conto com Libras” (sobre lendas do folclore paranaense) - que pode ser assistido aqui: https://www.youtube.com/channel/UCzq1C8ELFSMOa16saTgV5yg .

O projeto conta com o apoio da Lei Aldir Blanc. 


Caixa Acústica

Crédito: Divulgação


Legenda:
No dia 8 de abril será exibido o espetáculo “Caixa Acústica – Fuga”, com a atriz Mayara Nassar.

O espetáculo ‘Caixa Acústica’, uma série de performances audiovisuais do coletivo teatral curitibano Companhia Ganesh, está em cartaz nos dias 6, 8, 10, 12,14 e 16 de abril, às 20h. Na experiência teatral “Caixa Acústica”, o público assiste a pequenas cenas resultadas de um workshop on-line realizado em 2020 sobre Processos Criativos e Ocupação dos Espaços – no caso, as casas dos atores participantes.
Chamadas de Pequenas Pílulas Acústicas, as cenas foram criadas pelos artistas, lapidadas dramaturgicamente e dirigidas pelo ator Humberto Gomes. As cenas são diretamente associadas às coleções particulares de cada um dos envolvidos: histórias, memórias, crenças, valores, desejos, segredos, estudos e investigações teóricas advindas das obras do diretor britânico Peter Brook e do diretor japonês Yoshi Oida.
As performances foram gravadas em fevereiro de 2021, seguindo todos os protocolos sanitários necessários. Os espetáculos poderão ser vistos gratuitamente pelo Sympla: https://www.sympla.com.br/produtor/ciaganesh.

Para mais opções, acesse: www.curitibadegraca.com.br