Palmeiras 1x3 Coritiba

'Fomos uma equipe ousada', diz técnico do Coritiba, após vitória. VEJA VIDEO

Jogadores e comissão técnica do Coritiba comemoram vitória sobre o Palmeiras
Jogadores e comissão técnica do Coritiba comemoram vitória sobre o Palmeiras (Foto: Divulgação/Coritiba)

O técnico do Coritiba, Jorginho, fez vários elogios e algumas críticas construtivas ao desempenho da equipe na vitória sobre o Palmeiras, nessa quarta-feira. “Quando a gente ganha não está tudo bem. E quando a gente perde não está tudo errado. A equipe melhorou na intensidade e na organização. Conseguiu no primeiro tempo quebrar as linhas do Palmeiras. Estávamos ligando os laterais do lado oposto. Foi uma equipe muito equilibrada. E fomos uma equipe ousada. Isso é muito importante no futebol. Fomos muito agudos, verticais. Tomamos o gol com erro nosso. A gente precisa melhorar”, declarou o treinador, em entrevista coletiva.

“Jogamos num 4-2-3-1 extremamente ofensivo, marcando em cima, jogando em profundidade. Até certo ponto com facilidade para jogar entrelinhas. O Giovanni e o Yan Sasse jogaram entre a última linha e a segunda linha. Além de organizada, a equipe foi guerreira, não perdeu o foco em nenhum momento”, afirmou Jorginho

O treinador também elogiou Giovanni Augusto. “Já havia falado no outro jogo, como ele foi importante. Por pouco a gente não ganha o jogo. Ele estava chamando a responsabilidade. Hoje ele não apenas conseguiu construir o jogo, mas se entregou completamente. Não deixou o Felipe (Melo) jogar”, disse.

Jorginho destacou ainda o zagueiro Henrique Vermudt e o meia Yan Sasse. “Quero dar os parabéns ao Vermudt, que entrou com personalidade”, disse. “E o Sasse entrou bem”, completou.