Notas

Global Food Security - Chamados para a Ação, reunião para discutir a segurança alimentar global - ministro da Agricultura Marcos Montes, participou

(Foto: Freepng)

SEGURANÇA ALIMENTAR

O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Marcos Montes, defendeu o livre-comércio na agricultura, de modo a promover a prosperidade e contribuir com a luta contra a fome e a má-nutrição mundial. Na reunião ministerial Global Food Security - Call to Action, realizada em Nova York (EUA), o ministro brasileiro disse que é preciso estimular um ambiente de negócios que permita um fluxo desimpedido do comércio internacional de alimentos e insumos.

ISRAEL
Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) participou de uma missão a Israel com o objetivo de estreitar os laços de cooperação governamental com empresas e instituições públicas de pesquisa e inovação do país. Israel é considerado uma referência no desenvolvimento de startups de agricultura digital. A equipe do Mapa conheceu o modelo de inovação israelense.

COOPERAÇÃO
Foi assinado um memorando de entendimento entre a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e o Agricultural Research Organization (ARO) - Volcani Center, órgão de pesquisa governamental ligado ao Ministério da Agricultura israelense, e responsável por mais de 75% da inovação do país no setor agrícola. Por meio desse acordo, espera-se o incremento da cooperação entre as instituições.

PESCADORES
A Secretaria de Aquicultura e Pesca do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SAP-Mapa) determinou a suspensão de 1.028 e o cancelamento de 4.280 Licenças de Pescadores Profissionais Artesanais inscritos no Registro Geral da Atividade Pesqueira (RGP), após uma análise sistêmica sobre possíveis inserções e reinserções de licenças de pescadores profissionais no sistema, além de indícios de fraudes e irregularidades.

PLANO SAFRA 2022/23
A Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) se reuniu para tratar do Plano Safra 2022/2023 e conhecer as 10 propostas da Confederação Nacional da Agricultura (CNA) para o Plano Agrícola e Pecuário do Brasil. Na semana passada, a bancada recebeu propostas da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB). As sugestões propostas para o Plano Safra foram montadas em conjunto entre CNA e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar).

B3
A B3, a Bolsa do Brasil, anunciou a criação de um novo índice que irá acompanhar o desempenho das empresas do agronegócio no País: o Índice Agro Free Float Setorial (IAGRO B3). A carteira do novo indicador, estreou em 16 de maio, valerá até 2 de setembro de 2022, e será composta por ações e units de companhias listadas que foram categorizadas como Agronegócio pela nova classificação setorial criada pela B3 a pedido do mercado. A carteira do IAGRO B3 será composta por 32 ativos.

TRABALHO

No primeiro trimestre de 2022, a população ocupada (PO) no agronegócio brasileiro somou 18.74 milhões de pessoas. O resultado representa um aumento de 6,2% (ou de 1,09 milhão de pessoas) frente ao mesmo período do ano passado. A informação foi divulgada a partir de pesquisas do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Esalq/USP.
APOIO
A Cooperativa da Agricultura Familiar de Palmeira recebeu oficialmente um veículo e equipamentos para agilizar e ampliar a comercialização. Os recursos foram viabilizados por meio do programa Coopera Paraná, da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento, que destinou R$ 393.416,00 à entidade.

VACINAÇÃO
A Adapar (Agência de Defesa Agropecuária do Paraná) alerta sobre a necessidade de vacinar o rebanho bovino e bubalino contra a brucelose. A doença é causada pela bactéria B. abortus e pode ser transmitida para seres humanos. O abortamento é o principal sinal, e ocorre geralmente no último terço da gestação. Outros sinais indicativos da doença são o nascimento de bezerros fracos, retenção de placenta, corrimento vaginal, inflamação das articulações e inflamação dos testículos.

CONGRESSO
O Brasil e o Paraná precisam aproveitar o conhecimento científico e adaptar a produção agrícola aos desafios do futuro. A afirmação foi feita pelo secretário estadual da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara, que representou o governador Carlos Massa Ratinho Jr. na abertura o 9º Congresso Brasileiro de Soja, em Foz do Iguaçu. O evento, que contou com a presença do vice-presidente Hamilton Mourão, foi organizado pela Embrapa Soja e é o maior fórum técnico-científico da cadeia produtiva da soja na América do Sul.
(Com informações de assessorias)

* Mauricio Picazo Galhardo é Jornalista.
Email: mauricio.picazo.galhardo@gmail.com