Publicidade
Funcionalismo

Governo do Estado recua e desiste de fim da licença-prêmio para atuais servidores

CCJ da Assembleia: com mudanças no projeto, deputados pediram vistas e adiaram a votação pela terceira vez (Foto: Orlando Kissner/Alep)
CCJ da Assembleia: com mudanças no projeto, deputados pediram vistas e adiaram a votação pela terceira vez (Foto: Orlando Kissner/Alep) (Foto: Orlando Kissner/Alep)

O governo do Estado recuou e desistiu de propor o fim da licença-prêmio para os atuais servidores públicos paranaenses. Vice-líder do governo e relator do projeto na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa, Tiago Amaral (PSB), afirmou na sessão de hoje que uma nova versão da proposta vai manter o benefício, com novas regras.

Atualmente, os funcionários públicos estaduais têm direito a três meses de licença remunerada a cada cinco anos trabalhados. Quando não tiram essa licença, eles podem receber o equivalente em dinheiro.

Leia mais no Blog Política em Debate

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES