Coluna

Guatemala na América Central poderá incluir 10% de etanol na gasolina

(Foto: Reprodução)

GUATEMALA
O evento, promovido pela União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA), em parceria com o Ministério das Relações Exteriores (MRE), Arranjo Produtivo Local do Álcool (APLA) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil), reuniu dia (03), na Cidade da Guatemala, especialistas, autoridades e pesquisadores, do Brasil e da Guatemala, para discutir os benefícios e os desafios relacionados à implementação de uma mistura de 10% de etanol na gasolina.

COOPERAÇÃO
“A Guatemala está pronta para aderir a um programa de etanol e se juntar a mais de 60 países no mundo que já utilizam o biocombustível em sua matriz de transportes. Criaremos, assim, um mercado mundial para o etanol e transformarmos o biocombustível em commodity com valor global”, destacou a embaixadora do Brasil na Guatemala, Vera Cíntia Álvarez, na abertura da primeira edição do Sustainable Mobility: Ethanol Talks Guatemala.

FERTILIZANTES
Uma comitiva do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento está numa missão para Jordânia, Egito e Marrocos. Liderado pelo ministro Marcos Montes, o grupo irá se reunir com representantes de empresas privadas e de governos desses três países para tratar sobre o fornecimento de fertilizantes e a ampliação de investimentos no Brasil.

DEBATE
A produção nacional de fertilizantes e seus impactos econômicos, ambientais e sociais são tema de reunião de trabalho promovida pelo Ministério Público Federal (MPF). O ministro da Agricultura, Marcos Montes, esteve na abertura do encontro e destacou a potencialidade nacional para a produção de alimentos para o mundo e a importância de reduzir a dependência dos fertilizantes importados.

AUTOCONTROLE
Foi aprovado, na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania da Câmara dos Deputados, o relatório do deputado federal Pedro Lupion (PP-PR) ao Projeto de Lei, que estabelece a fiscalização agropecuária por autocontrole. Na prática, produtor e indústria se responsabilizam pelo cumprimento das normas determinadas pelo Estado nas atividades agropecuárias, em forma de autorregulação, aos moldes da Declaração de Imposto de Renda.

COMISSÕES
A Frente Parlamentar da Agropecuária recebeu, os presidentes das Comissões Permanentes da Câmara dos Deputados, deputado Giacobo (PL-PR) (Agricultura), deputado Covatti Filho (PP-RS) (Meio Ambiente), deputado Arthur Maia (União-BA) (Constituição e Justiça), deputado Pinheirinho (PP-MG) (Seguridade Social e Família) e o deputado Kim Kataguiri (União-SP) (Educação). O propósito é manter um diálogo constante para avançar com os temas relativos ao setor produtivo nas Comissões.

SUIÇA
O coordenador de Inovação do Sistema CNA/Senar, Matheus Ferreira, integrou a delegação brasileira que fez uma visita técnica à Suíça nesta semana para conhecer sistemas produtivos sustentáveis; processos de fabricação artesanais de queijos e centros de inovações tecnológicas. A viagem, que ocorreu do dia 1º a 6 de maio, foi promovida pela Embaixada da Suíça no Brasil e pelo Departamento Federal de Assuntos Estrangeiros Suíço.

CARAVANA
Pesquisadores e analistas da Embrapa começarão no dia 10 de maio a percorrer 48 polos produtivos agropecuários, levando informações e conhecimento a técnicos, cooperativas, associações, sindicatos, consultores e produtores rurais sobre como promover o aumento da eficiência de uso dos fertilizantes e insumos no campo, diminuir custos de produção e estimular a adoção de novas tecnologias e de boas práticas de manejo de solo, água e plantas.

ÍNDIA
Durante a missão do governo brasileiro à Índia, entre os dias 19 e 22 de abril, a União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA) e a Associação dos Fabricantes dos Automóveis Indianos (SIAM) assinaram memorando de entendimento para construir uma agenda integrada para redução de emissões na matriz de transporte veicular na Índia. A missão, foi liderada pelo ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque.

RECEITA
O Paraná apresentou crescimento de 240% no volume de pescados exportados no primeiro trimestre deste ano em comparação com o mesmo período de 2021, e elevou em 468% as receitas provenientes desse setor. Esse é um dos assuntos analisados pelo Departamento de Economia Rural (Deral), da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento (Seab), no Boletim Semanal de Conjuntura Agropecuária referente à semana de 29 de abril a 5 de maio.

CADASTRO
A obrigatoriedade da atualização cadastral de rebanho foi reforçada pelas principais lideranças do setor agropecuário do Paraná, durante evento online promovido pela Agência de Defesa Agropecuária do Estado (Adapar). A campanha começou em 1º de maio e se estenderá até 30 de junho. Todos os detentores de animais de interesse econômico de qualquer espécie precisam declarar o número que possuem em suas propriedades para que a Adapar planeje todas as ações emergenciais no caso de aparecimento de alguma doença.

PERDAS
A Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar), em parceria com o Ministério da Agricultura, monitora uma das pragas que provocam grandes perdas na cultura do milho: o enfezamento. O objetivo é compreender melhor o avanço da doença no Estado e fornecer mais informações para que a pesquisa possa orientar os produtores rurais quanto ao manejo correto do problema fitossanitário, reduzindo assim o uso de inseticidas para o controle do inseto vetor, a cigarrinha Dalbulus maidis. (Com informações de assessorias)

* Mauricio Picazo Galhardo é Jornalista.