Irrigação: Brasil tem capacidade para triplicar a área irrigada

IRRIGAÇÃO
Em live em comemoração ao Dia Nacional da Agricultura Irrigada, que foi celebrado no dia 15 de junho, o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Marcos Montes, destacou a importância da irrigação na agricultura como inovação tecnológica para garantir a segurança alimentar e promover a sustentabilidade.

LEITE
A Comissão Nacional de Bovinocultura de Leite da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) se reuniu, para discutir, entre outros temas, a importância dos programas de bonificação pela qualidade do leite para os produtores rurais. Nesses programas, as cooperativas e indústrias de laticínios remuneram o produtor pela qualidade do litro de leite considerando alguns critérios, como o teor de gordura e de proteína e a contagem de células somáticas (CCS) e bacteriana total (CBT).

ESCOLAS
Representantes da Conab debatem destinação de produtos da agricultura familiar para alimentação escolar. Atualmente, um dos principais obstáculos para que mais entidades ligadas à agricultura familiar (cooperativas, associações) e agricultores familiares participem do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) é ter todos os documentos necessários para participar já disponíveis.

ARGENTINA
Quase metade do território projetado já foi plantado, mas tem um atraso de 10% em relação ao ano passado até esta data. Se não chover haverá um ajuste da estimativa de superfície. O plantio de trigo na Argentina já atingiu 47,4% da área estimada de 6.400.000 hectares projetados e teve um avanço semanal de 17,1%. No entanto, a Bolsa de Cereais de Buenos Aires alertou que "o clima seco que prevalece em toda a área agrícola e dificulta a entrada dos plantadores, causando um atraso ano a ano em escala nacional de 10%".

CAPACITAÇÃO
Servidores da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento (Seab) participam, até o dia 8 de julho, de uma capacitação do Programa Nacional de Crédito Fundiário – PNCF Terra Brasil, em Londrina, na sede do Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná Iapar-Emater (IDR-Paraná). A ideia é promover uma atualização para os técnicos sobre as normas e procedimentos de fiscalização dos imóveis financiados, já que o programa foi modernizado.

AMPLIAÇÃO
Dois Termos de Cooperação Técnico-Financeira vão garantir a ampliação dos projetos Renda Agricultor Familiar e Inclusão Produtiva Solidária, ambos do Programa Nossa Gente Paraná. Eles foram assinados pelas secretarias de Estado da Justiça, Família e Trabalho (Sejuf) e da Agricultura e Abastecimento (Seab), gestoras das ideias.

ATUALIZAÇÃO
Faltam apenas 10 dias para encerrar o prazo de atualização cadastral do rebanho paranaense. A declaração possibilita que o Estado planeje as ações de vigilância sanitária com vistas a conter rapidamente surtos de doenças nos animais, particularmente eventual foco de febre aftosa, que é possível, ainda que haja certificação internacional de área livre da doença sem vacinação.

CAMPANHA
A Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento (Seab) está contribuindo com a campanha Aquece Paraná 2022, promovida pelo Governo do Estado por meio da Superintendência Geral de Ação Solidária. Além de disponibilizar um ponto de coleta de doações na própria sede, no bairro Cabral, em Curitiba, a equipe da Seab arrecadou 129 cobertores. As doações foram encaminhadas ao Corpo de Bombeiros, na avenida Munhoz da Rocha, pelo secretário da pasta, Norberto Ortigara, com apoio da equipe da Direção Geral.

MILHO
A colheita da segunda safra de milho começou no Paraná. Ainda não alcançou o ritmo desejado, mas a expectativa é que, a partir da segunda quinzena do mês, haja aceleração. O assunto está no Boletim de Conjuntura Agropecuária referente ao período de 10 a 15 de junho. O documento é preparado por técnicos do Departamento de Economia Rural (Deral), da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento (Seab).

FEIJÃO
A Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar) está trabalhando para coibir a prática do uso abusivo de agrotóxicos e orientar os produtores sobre o manejo correto, com vistas a evitar a contaminação nas principais áreas produtoras de feijão no Paraná. A ação decorre da fiscalização que apontou índices irregulares de contaminação em 26% das amostras coletadas no Estado no segundo semestre do ano passado.
(Com informações de assessorias)

* Mauricio Picazo Galhardo é Jornalista.
Email: mauricio.picazo.galhardo@gmail.com