Publicidade
Campeões

Jardim Botânico e Ópera de Arame são os pontos mais visitados por passageiros

Jardim Botânico e Ópera de Arame são os pontos mais visitados por passageiros

Uma pesquisa feita com passageiros da Linha Turismo mostra que as paradas mais visitadas em 2017 foram os clássicos atrativos turísticos de Curitiba. Jardim Botânico e Ópera de Arame ficaram no topo da lista, junto com o Museu Oscar Niemeyer e o Parque Tanguá. A pesquisa foi feita pelo Instituto Municipal de Turismo no ano passado, nos períodos de alta e baixa temporada.

Cartão-postal da capital do Paraná, o Jardim Botânico foi a parada mais visitada pelos entrevistados, com 16,8% do total. A família Berlando veio de Guaçuí, no Espírito Santo, e aproveitou a praticidade da Linha Turismo.

Com certeza facilitou nossa viagem porque permite conhecer tudo, disse o avô José Pedro Berlando. Fizemos todo o itinerário da Linha e o roteiro é muito bonito, completou. Além do Jardim Botânico a família elegeu como preferidos os parques Tanguá e Barigui.

A visita de seis dias foi motivada pela filha, Cintya Berlando, que já conhecia Curitiba e quis trazer a família. Dessa vez, vieram em 11 pessoas, entre avós, filhas, genros e netos. O Jardim Botânico está lindo, muito bem organizado e amplo, disse Cintya, que avisou que a próxima visita vai incluir no roteiro o bairro de Santa Felicidade. Queremos voltar em breve, ressaltou.

O Botânico também foi uma das paradas do roteiro dos namorados Júlia Beatriz de Oliveira e Northon de Souza, de Concórdia, Santa Catarina. Pela primeira vez na Linha Turismo, Júlia elogiou o passeio. É muito bom porque se pode ver toda a cidade, explicou. O casal parou ainda no Museu Oscar Niemeyer e no Parque Tanguá.

Entre fotos e a admiração da paisagem, a mineira Rozires Salomé conheceu outros passageiros da Linha Turismo, que a indicaram algumas paradas. A princípio eu só ia dar uma volta, mas me disseram para descer na Ópera de Arame e eu não me decepcionei, comentou. Com uma estadia de 10 dias na cidade, Rozires afirma que vai recomendar o passeio às amigas. Vou avisar para elas não perderem essa oportunidade.

A Ópera de Arame foi a segunda parada mais visitada pelos entrevistados, com 12,3% do total. Foi também uma das escolhas da família de Heloísa Cristiane Pereira Ramos, que veio com o marido, Jorge Luiz Tesch Santos, e as filhas Eduarda e Caroline, do Rio de Janeiro.

Curitiba é muito bonita e tudo está muito bem cuidado, disse Heloísa. Ao comparar os atrativos, sua preferência ficou com o Jardim Botânico. Como eu gosto muito de flores, adorei o lugar, afirmou. A visita da família à Curitiba faz parte de um roteiro pelo Paraná, que inclui Morretes, Londrina e Foz do Iguaçu.

Atrativos

Para a coordenadora da pesquisa, Carla Männich, os atrativos tradicionais se destacaram porque as pessoas costumam buscar referências antes da viagem. As indicações de amigos e parentes, assim como as buscas na internet, fazem com que os atrativos mais conhecidos continuem a ser os mais procurados, explicou.

A Praça Tiradentes aparece em terceiro lugar na pesquisa. Carla lembra que a praça é ponto referência de embarque na Linha, além de estar próxima de grande parte da rede hoteleira da cidade. Outro diferencial da Praça Tiradentes é que faz parte do setor histórico, uma área que as pessoas costumam visitar a pé, disse.

Pesquisas

A última pesquisa feita com passageiros da Linha Turismo foi em 2014. Já a última pesquisa de demanda – que reflete o cotidiano turístico da cidade – foi feita em 2012. A retomada das pesquisas é uma das ações prioritárias do Instituto Municipal de Turismo de Curitiba e muito importante para definição de estratégias. Em 2017, a Linha Turismo teve 578.433 embarques.

Atrativos mais visitados

1º Jardim Botânico 16,8%

2º Ópera de Arame / Pedreira Paulo Leminski 12,3%

3º Praça Tiradentes 10,5%

4º Museu Oscar Niemeyer 10,1%

5º Parque Tanguá 9,9%

6º Torre Panorâmica 6,8%

7º Santa Felicidade 5,9%

8º Bosque Alemão 4,3%

Publicidade

DESTAQUES DOS EDITORES