Publicidade
Caso Daniel

Edison Brittes e mais três irão a Júri Popular por homicídio do jogador

(Foto: Franklin de Freitas/Arquivo Bem Paraná)

O empresário Edison Brittes e mais três acusados no caso da morte do jogador Daniel Corrêa Freitas, devem ser julgados por homicídio qualificado no Tribunal do Júri, em São José dos Pinhais. A decisão foi divulgada hoje pela Justiça. Brittes, David Willian Vollero Silva, Eduardo Henrique Ribeiro da Silva e Ygor King serão julgados por homicídio qualificado, ocultação de cadáver e fraude processual. Contra Brittes pesa ainda a acusação de fraude processual, corrupção de menor e coação no curso do processo.

Leia mais no Blog Plantão de Polícia

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES