Publicidade
Política

Médicos proíbem participação de Bolsonaro em debate da Globo

Médicos proíbem participação de Bolsonaro em debate da Globo

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Os médicos Antonio Macedo e Leandro Echenique, responsáveis pelo acompanhamento do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), vetaram a participação do candidato no debate que será realizado pela TV Globo na quinta-feira (4), o último antes da votação em primeiro turno, no domingo (7).

"A recuperação dele está indo muito bem. Ele é muito obediente na fisioterapia, nos cuidados médicos (...) Mas depois de nossa avaliação clínica nós contraindicamos a participação em debates ou qualquer atividade que pudesse cansá-lo ou obrigá-lo a falar por mais de dez minutos", disse Macedo na saída da casa de Bolsonaro, no Rio, nesta quarta (3).

Segundo o médico, ele ainda não tem condições de se envolver em atividades que exijam esforço físico como o debate, que poderia prejudicar o processo de recuperação.

Bolsonaro tem dito que gostaria de participar do debate, mas que não contrariaria recomendações médicas.

"Ele não irá porque é extremamente obediente", concluiu Macedo.

DESTAQUES DOS EDITORES