Em Brasília

Ministro do Turismo manda advogado desistir de recurso no Supremo

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ministro Marcelo Álvaro Antonio (Turismo) determinou que seu advogado desista do recurso que levou ao STF para tentar manter as investigações sobre o esquema de candidaturas laranjas do PSL em Minas no qual ele é citado na corte superior.

Em nota, a equipe do ministro afirma que a defesa foi ao Supremo sem sua anuência, “com o objetivo de cumprir prazos processuais”.

“A defesa do Ministro do Turismo informa que irá protocolar no STF a desistência do recurso interposto sobre a decisão do ministro Luiz Fux“, diz o texto.

“Em uma decisão unilateral, sem a anuência ou concordância do Ministro, com o objetivo de cumprir os prazos processuais, a defesa havia protocolado o agravo perante a Suprema Corte, mas atenderá à determinação do Ministro do Turismo de desistência da reclamação”, conclui.