Publicidade

Monstros do longa 'Birdbox' serão melhor explorados em próximo livro de Josh Malerman

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Os monstros que não apareceram no filme "Bird Box", da Netflix, podem ser melhor explorados no novo livro de Josh Malerman. Ao ver o sucesso do filme inspirado em sua obra "Caixa de Pássaros" (727 págs., Intrínseca, R$ 31,90), o escritor americano  decidiu escrever a continuação da história.

Em entrevista à revista americana Esquire, Malerman disse que seu novo livro "Malorie" vai retratar oito anos depois dos acontecimentos mostrados no filme. Sua intenção é explorar a personagem Marlorie (Sandra Bullock), por isso o título da obra. 

Questionado sobre os monstros que não aparecem nos filmes, mas que chegaram a ser projetados por uma equipe de efeitos especiais, o autor deu pouca informação: "Só posso dizer que saberemos mais sobre Malorie e sobre os monstros no próximo livro", afirmou na entrevista. 

Marleman disse que é muito questionado sobre o futuro das crianças, mas ele crê que Malorie seja a personagem central de toda a história e, por isso, merece ser explorada. "O livro saiu em 2014, e este filme sai e entra em erupção", disse Malerman à publicação. "Então, do meu ponto de vista, é especialmente quase fantástico ver esses personagens que eu tenho desde 2006 na tela, nos memes e na capa do livro. É lisonjeiro, é uma honra, é surreal."

O livro será lançado nos Estados Unidos em 1º de outubro neste ano.  Ainda não há data confirmada para o lançamento no Brasil. 

SUCESSO NO STREAMING

Em janeiro deste ano, a Netflix afirmou que mais de 80 milhões de assinantes assistiram ao thriller "Bird Box" em suas quatro primeiras semanas.

A atriz Sandra Bullock veio ao Brasil, no ano passado, para promover o filme que foi lançado em 21 de dezembro de 2018. O longa conta a história de Mallory, uma mulher grávida, que tenta se salvar em um cenário pós-apocalíptico junto a um grupo de desconhecidos.

Para sobreviverem, eles precisam usar vendas fora de casa e evitar a entidade que circula pelo mundo exterior e que tem provocado uma onda de suicídios.

DESTAQUES DOS EDITORES