Linha Verde

Caminhoneiros, motoboys e motoristas de aplicativo protestam contra preço de combustíveis

(Foto: Franklin de Freitas)

Caminhoneiros, motoristas de aplicativos e motoboys realizaram nesta manhã de sexta-feira, 5, uma manifestação na BR-116, na Linha Verde, em Curitiba, contra o aumento do preço dos combustíveis. 

Quem transitou pelo local pela manhã enfrentou congestionamento por conta do bloqueio do tráfego. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) chegou ao local, dispersou o grupo e liberou a pista sentido Fazenda Rio Grande – Curitiba. Segundo as informações da PRF-PR, não há interrupção do trânsito no local. 

No final da tarde desta quinta-feira, 4, chegou a circular em um grupo de whatsapp de caminhoneiros que haveria bloqueio de estadas no entorno de Curitiba.  A ideia era fazer um protesto contra os seguidos aumentos dos combustíveis – principalmente o óleo diesel – promovidos pela Petrobras.

Segundo informações dos próprios caminhoneiros, as estradas a serem bloqueadas são a BR-476, a Linha Verde; a avenida Comendador Franco (antiga Avenida das Torres); e a BR-277, após o Parque Barigui.

Na última terça-feira (2), as categorias haviam feito um protesto na Repar, em Araucária, contra os aumentos do diesel e da gasolina. Um dia antes, a Petrobras havia reajustado o preço dos dois combustíveis, pela 5ª vez no ano. Somente em fevereiro, o diesel acumulou altas de 11% e a gasonina, de 8%, segundo o Levantamento de Preços da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).