Publicidade

Não se fazem sorvetes como antigamente. Ainda bem

Um levantamento realizado pela empresa de pesquisa global Mintel apontou que o mercado de sorvetes no Brasil cresceu em média 33% nos últimos cinco anos e foram consumidos 452 milhões de litros de sorvetes vendidos por sorveterias e indústrias do setor. Estes números colocam o Brasil como o 4º maior mercado de sorvetes no mundo. Mas não se fazem mais sorvetes com antigamente. Ainda bem. Hoje, os sorvetes não se resumem apenas ao picolés e aos de bola. Cada vaz há mais variedades desta delícia de verão. Entre eles estão as paletas mexicanas e até cupcakes de sorvetes.

Primeira e única franquia de paletas mexicanas do país, a Los Paleteros é uma marca que nasceu em Curitiba em 2012, e se consolida como um case de sucesso em menos de um ano. O segredo foi a decisão de apostar em um produto inovador, exclusivo e de alta aceitação no país. O mercado de sorvetes cresceu 70% nos últimos cinco anos e há uma aposta de aumento de 24% nos próximos quatro anos. Hoje já contamos com uma aceitação de 95% dos nossos consumidores, o que reforça nossa expectativa em relação à expansão dos negócios, dizem os sócios Gilberto José Verona Filho e Gean Francesco Derosso Chu, que estão à frente da marca.

Além de muito mais saborosos, o produto da Los Paleteros é totalmente natural, isento de conservantes ou corantes químicos. O carro chefe de vendas da marca é o sabor Morango com Leite Condensado, da categoria de paletas Recheadas. Mas há outras opções como as Frutadas, Cremosas e Premium. Sabores conhecidos do consumidor brasileiro como Abacaxi, Banana, Coco e Limão dividem cena com outros mais exóticos como Paçoca, Hibisco com Framboesa, Abacaxi com Pimenta e Banana Caramelizada. Além do diferencial do sabor e dos ingredientes, a surpresa fica por conta do tamanho: as paletas têm peso médio de 120g, praticamente o dobro dos picolés tradicionais.

A Los Paleteros implantou o sistema de franquias após um criterioso estudo de mercado, que propicia ao franqueado uma leitura exata do investimento que irá fazer e de seu retorno. Apesar de uma empresa jovem, estamos em contínuo processo de expansão e contamos com know how necessário para assegurar aos fraqueados todo suporte necessário para instalação, operação e funcionamento das lojas, declara Gean Francesco Derosso Chu.

A Los Paleteros está investindo R$ 9,5 milhões na construção de uma fábrica, na cidade de Barracão, no sudoeste do Paraná, para suprir a demanda das franquias que estão sendo implantadas. A nova fábrica terá 4.500m2 de área construída (a primeira tem 350m2). Inicialmente a produção da Los Paleteros tem foco no mercado brasileiro, para depois expandir para os países do Mercosul.

Para se ter ideia, inicialmente, a fábrica da Los Paleteros em Curitiba começou a operar com uma capacidade de produção de 60 mil picolés ao mês, suficiente para abastecer a primeira loja. Posteriormente a produção foi ampliada para 12 mil picolés ao dia, para abastecer as primeiras franquias.


As paletas mexicanas são 100% naturais: picolé max


KOPENHAGEN TEM VERSÕES "GELADAS
A Kopenhagen, grife de chocolates finos, apresenta quatro de seus clássicos, Língua de Gato, Lajotinha, Nhá Benta e Cacau 70%, na versão picolé. De acordo com Renata Moraes Vichi, vice-presidente executiva do Grupo CRM, detentor da marca Kopenhagen, a escolha da Diletto como parceira foi estratégica porque a marca italiana é uma das únicas que atua nacionalmente no segmento de sorvetes gourmet, oferecendo produtos de altíssima qualidade, o que está alinhado com o posicionamento de marca da própria Kopenhagen.

Entre a ideia de transformar os clássicos Kopenhagen em sorvete e a sua chegada ao mercado, foram gastos aproximadamente um ano, em meio a pesquisa e desenvolvimento, pois havia uma preocupação muito grande em respeitar o sabor único do chocolate Kopenhagen. "Queríamos que o consumidor, ao experimentar o gelato, tivesse uma experiência tão especial quanto a que tem ao consumir o produto original", explica a executiva.

Nesta parceria de co-branding, a Diletto será responsável pela fabricação e distribuição dos gelatos, enquanto a Kopenhagen fará a comercialização, com exclusividade em sua rede de lojas. "Acredito muito na parceria, pois são duas marcas com foco em tradição e qualidade", afirma Leandro Scabin, fundador da Diletto.

Segundo Renata Moraes, os novos produtos não são sazonais, permanecerão nas lojas mesmo após o término do verão e contarão com uma campanha de lançamento, desenvolvida pela DM9DDB nos pontos de venda da marca. "Ter sorvetes nas lojas é importante, pois, dentro da gama do varejo, são considerados produtos de destino, ou seja, ajudam a levar mais consumidores às lojas", finaliza a executiva.


EMPRESA DE OLHO NA TENDÊNCIA
De olho no crescimento do mercado de sorvetes, a Eismann, líder no mercado europeu de alimentos ultracongelados e primeira do Brasil com atuação na venda direta de alimentos, acaba de importar novidades da Europa no setor de sorvetes. Segundo Carla Pereira, gerente de marketing do Grupo Eismann no Brasil, o mercado curitibano é promissor, principalmente para os sorvetes premium. Por isso estamos sempre buscando sorvetes diferenciados exclusivos para os curitibanos, diz.

Uma das opções que acaba de desembarcar em Curitiba é o Eva, um sorvete de groselha e framboesa, em formato ondulado, com molho de frutas em um waffer crocante, importado da França. Já o Ice in the city, da Alemanha, é um delicioso sorvete de amendoim, decorado com calda de caramelo e amendoim caramelizado. Para quem gosta de café, o sorvete de cappuccino, também trazido da Alemanha, leva gotas de chocolate com uma cobertura de café. Além disso, vale lembrar que a Eismann possui no mix de produtos aproximadamente 40 tipos de sorvetes.

A Eismann disponibiliza os sabores da Europa na porta dos clientes. Oferece produtos exclusivos e disponíveis apenas nos caminhões próprios. A venda ocorre de maneira programada junto ao cliente, sem quantidade mínima de produtos ou taxa de entrega, com a opção de pagamento via cartão de crédito, débito ou dinheiro. Mais informações pelo site www.eismann.com ou telefone (41) 3364-3448.


SABORES DE CUPCAKE, RED BULL, WHISKY, IOGURTE
Nascida em 1988, na pequena cidade de Tempe, no Arizona, a Cold Stone Creamery é sucesso nos Estados Unidos e em todo o mundo, com mais de 1.400 lojas em 23 países. Chegou ao Brasil em 2012, trazida pela JJF Franquias, master franqueadora e responsável pela gestão e licenciamento da marca em solo brasileiro. O projeto para os primeiros cinco anos contempla mais de 30 lojas, com presença em todo país, o que fará da Cold Stone Creamey no Brasil a maior rede de sorvetes superpremium em atuação no País. A empresa acabou de lançar cupcakes de sorvetes em três versões: Doube Chocolate Devotion, Cake Batter e Sweet Cream.  Além de bolo, eles possuem sorvetes Super Premium e casquinha de chocolate belga.

A  D'Vicz, sorveteria tradicional de Curitiba,  também tem delícias dos sabores do yogurt grego com cobertura de tangerina, yogurt com amarena, ferrero rocher, mousse de chocolate,  passando pelo azul cielo - preferido das crianças (sorvete azul, sabor baunilha), chegando aa  Torta Belga, Sorbet de chocolate (zero lactose), RedBull com cobertura de whisky, creme de Baunilha e Zabaione.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES