Campeão da Sul-Americana

Nikão e Terans são os destaques do Athletico no Estádio Centenário. Confira as atuações

(Foto: Franklin de Freitas)

LEIA MAIS SOBRE A PARTIDA: Com golaço de Nikão, Athletico vence o Bragantino e se iguala aos maiores campeões da Sul-Americana

ATUAÇÕES INDIVIDUAIS DO ATHLETICO

Santos (7,0)
Quando acionado, mostrou a segurança de sempre embaixo da trave.

Pedro Henrique (7,0)
Seguro nas bolas aéreas e também nas jogadas por baixo.

Thiago Heleno (7,0)
Sempre bem posicionado na defesa. Destacou-se principalmente nas bolas aéreas.

Nicolás Hernández (6,5)
Seguro na marcação e ainda foi bem na saída de bola, com 88% de precisão nos passes.

Zé Ivaldo (6,5)
Entrou aos 29-2º. Conseguiu um desarme e afastou duas bolas cruzadas na área.

Marcinho (7,5)
Acertou uma bela inversão de jogada que foi decisiva no lance do 1º gol

Erick (7,0)
Mostrou bons passes, acertou dribles (inclusive um belo chapéu) e ainda foi importante na marcação.

Fernando Canesin (6,0)
Entrou aos 36-2º. Conseguiu criar uma boa jogada e no mais se dedicou defensivamente.

Léo Cittadini (6,5)
Boa precisão nos passes e muita entrega tática. Teve a chance do 2º gol e desperdiçou.

Nicolas (S/N)
Entrou aos 49-2º. Pouco tempo em campo. Sem nota.

Abner (6,5)
Cometeu alguns erros na saída de bola, mas foi bem na marcação.

Nikão (8,0)
Acertou lindo voleio para colocar o time na frente e ajudou a controlar o jogo no 2º tempo.

Renato Kayzer (6,0)
Esforçou-se muito e criou pouco, destacando-se mais na parte tática do que na técnica.

Pedro Rocha (6,0)
Entrou aos 29-2º e teve poucas oportunidades para mostrar algo com a bola nos pés.

David Terans (7,5)
Jogador mais perigoso do Athletico no 1º tempo, com participação fundamental no gol.

Christian (6,0)
Entrou aos 29-2º e se esforçou para ajudar o time a segurar a vantagem no placar.