Publicidade
Série B

Paraná Clube enfrenta adversário em crise e frágil como mandante

Rodolfo: zagueiro retorna ao time para enfrentar o Brasil, em Pelotas
Rodolfo: zagueiro retorna ao time para enfrentar o Brasil, em Pelotas (Foto: Divulgação/Paraná Clube/Rodrigo Sanches)

O Paraná Clube enfrenta nesta quinta-feira (dia 18) às 21h30, em Pelotas (RS), o Grêmio Esportivo Brasil, pela 10ª rodada da Série B. O adversário vive uma crise, com saída de treinador, salários atrasados e resultados negativos dentro de campo.

Durante a pausa para a Copa América, em 9 de julho, o técnico Rogério Zimmermann pediu demissão, denunciando falta de pagamentos dos salários de jogadores. Ele revelou ainda que os atletas fizeram uma 'greve', se recusando a treinar. Em seguida, o clube contratou Bolívar, ex-zagueiro do Internacional, para comandar a equipe.

CURRÍCULO
Zimmermann não é apenas mais um técnico na história do clube. Entre 2012 e 2017, ele ficou mais de cinco anos no comando do Brasil-RS e, nesse período, conquistou dois acessos dentro do Campeonato Brasileiro, garantiu o retorno à primeira divisão do Gauchão e faturou dois títulos de campeão do interior.

BAIXAS NO ELENCO
Ainda durante a pausa para a Copa América, o meia-atacante Marcinho, 23 anos, ex-Londrina, deixou o Brasil-RS e acertou com o Aves, de Portugal. Ele era o melhor jogador do clube gaúcho na Série B, segundo o ranking de desempenho do Sofascore, com nota média de 7,05.

NÚMEROS PÍFIOS
Além da turbulência fora de campo, o Brasil precisa lidar com os fracos resultados. Como mandante, o time só conseguiu três vitórias em 2019. Amargou três empates e seis derrotas em casa na temporada. Nessas 11 partidas no Bento Freitas, a equipe teve pífio desempenho ofensivo, com apenas sete gols marcados. Para se ter uma ideia, o Paraná marcou 15 gols nos 11 jogos como visitante em 2019. Como mandante, o time paranaense tem 17 gols em 12 partidas.

ARTILHEIRO
O artilheiro do Brasil em 2019 é o atacante Branquinho, com três gols em 20 jogos. O jogador tem 29 anos e veio do São Bento-SP. Não confundir com o meia Branquinho, 36 anos, que está no Taubaté e defendeu o Athletico Paranaense em 2010 e 2011.

VELHOS CONHECIDOS
O meia Murilo Rangel, 27 anos, que jogou no Paraná Clube em 2016 e 2017, é um dos nomes conhecidos do clube gaúcho. O centroavante da equipe é Rafael Grampola, 31 anos, que atuou pelo Paraná Clube em 2018. Outro velho conhecido é o lateral-esquerdo Pará, 31 anos, que jogou pelo clube da Vila Capanema em 2010.

ESCALAÇÃO DO PARANÁ
O técnico Matheus Costa não confirmou a escalação do Paraná Clube, mas tudo indica que o time terá quatro mudanças. Clique aqui para saber mais sobre a próvavel equipe do Tricolor da Vila Capanema.

BRASIL-RS x PARANÁ
Brasil: Carlos Eduardo; Ricardo Luz, Leandro Camilo, Heverton e Sousa; Leandro Leite e Carlos Jatobá; Bruno Paulo, Murilo Rangel e Branquinho; Grampola. Técnico: Bolívar
Paraná: Thiago Rodrigues; Éder Sciola, Eduardo Bauermann, Rodolfo e Guilherme Santos; Luiz Otávio e Itaqui; João Pedro, Alesson (Fernando Neto ou Ramon) e Bruno Rodrigues; Jenison. Técnico: Matheus Costa
Árbitro: Pablo Ramon Goncalves Pinheiro (RN)
Local: Bento Freitas, em Pelotas (RS), às 21h30

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES