Publicidade
Mercado da bola

Paraná Clube vende 'fatia' de jogador e recebe R$ 300 mil, diz rádio

Rodrigo Carioca
Rodrigo Carioca (Foto: Franklin de Freitas)

O Paraná Clube vendeu uma 'fatia', uma porcentagem dos direitos econômicos do atacante Rodrigo Carioca, 19 anos, para o Tombense Futebol Clube. A informação foi confirmada pelo clube, mas os detalhes da negociação não foram divulgados. A rádio Transamérica, de Curitiba, informou que o clube recebeu R$ 300 mil pela venda da 'fatia', mas explicou não ter informações sobre a porcentagem vendida.

Depois da transação, Rodrigo Carioca foi registrado no Tombense. Ou seja, os direitos federativos do jogador passam a pertencer integralmente ao clube mineiro. Apenas os direitos econômicos ficarão divididos entre as duas equipes. Logo depois da venda, o atacante foi emprestado ao Paraná Clube e vai disputar a Série B pelo clube da Vila Capanema.

O lateral-esquerdo Guilherme Santos, que chegou ao Paraná em janeiro de 2019, também pertence ao Tombense e está no clube paranaense por empréstimo.

FINANÇAS
A ideia do Paraná em vender uma parte do jogador é ter dinheiro para pagar as despesas e evitar atrasos de salários em 2019. A principal aposta para a temporada era vender o volante Jhonny Lucas por cerca de R$ 17 milhões. No entanto, a negociação ainda não foi concluída.

EMPRESÁRIO
O Tombense é um clube de futebol ligado ao empresário Eduardo Uram. Nos últimos anos, ele vendeu os zagueiros Vitor Hugo e Antonio Carlos, o goleiro Vagner e o volante Marcio Araújo para o Palmeiras, o lateral-direito Mariano e o meia Cícero para o Fluminense, o volante Andrei Girotto para o Nantes-FRA, o atacante Aloísio para o São Paulo e o meia Renê Junior para o Evergrande (China).

HISTÓRICO
Rodrigo Carioca foi promovido as categorias de base para o profissional em 2018. Disputou duas partidas no ano passado. Começou bem a temporada 2019, atuando em cinco partidas, mas sofreu uma lesão em 3 de fevereiro e ainda não retornou aos campos. O jogador atua como ponta, principalmente pelo lado esquerdo, e também como centroavante.

DESTAQUES DOS EDITORES