Campeonato Paranaense

Paraná joga pouco, mas consegue empate contra o Azuriz e está no mata-mata do Estadual

Gustavinho enfrenta o Azuriz
Gustavinho enfrenta o Azuriz (Foto: Divulgação/Paraná Clube/Gabriel Thá)

O Paraná jogou pouco na tarde desta quarta-feira (12 de maio), mas conseguiu pontuar. Jogando no Estádio Os Pioneiros, em Pato Branco, a equipe de Maurílio Silva teve até um bom início de jogo contra o Azuriz, mas depois cansou e ainda foi castigada com três lesões (de Juninho, Gustavinho e Hurtado, os dois primeiros ainda na etapa inicial), o que permitiu ao time do interior controlar com facilidade as ações da partida. Ainda assim, o 0 a 0 persistiu no placar, com repartição equânime dos pontos em disputa, o que bastou para o time da capital garantir um lugar antecipadamente no mata-mata do Estadual.

LEIA MAIS: Maurílio exalta recuperação do Paraná Clube, mas ressalta que reconstrução ‘vai ser devagar’

LEIA MAIS: Setor defensivo do Paraná foi o destaque contra o Azuriz. Confira as atuações

Agora com 15 pontos em 10 jogos (quatro vitórias e três empates), o Paraná permanece na terceira colocação do Campeonato Paranaense, sem perder há quatro jogos (antes, havia vencido o Cianorte por 1 a 0, o Rio Branco por 2 a 0 e o Cascavel CR por 2 a 1). O Azuriz, por sua vez, aparece na quinta posição, também com quinze pontos, mas perde uma colocação para o Londrina, que venceu o Athletico nesta rodada e tem maior saldo de gols do que a equipe de Pato Branco (seis contra quatro).

Na próxima, rodada, a última da primeira fase do Paranaense 2021, o Paraná Clube volta a campo para encarar o Operário, na Vila Capanema. O Azuris, por sua vez, enfrenta o Cianorte no Albino Turbay. As duas partidas estão marcadas para o próximo sábado (15), às 11h30.

ESCALAÇÃO

Embora contasse com a volta do meia/extremo Thiago Alves, que vinha de dois jogos de suspensão, o técnico Maurílio optou por manter o time que venceu as últimas partidas. Com isso, Maxi Rodríguez (centro), Juninho (esquerda) e Gustavo França (direita) seguiram formando a linha de três meias no esquema tático 4-2-3-1.

No Azuriz, o técnico Fabiano Daitx realixou duas mudanças no time titular em relação ao empate em 0 a 0 contra o Rio Branco, na última sexta-feira: o lateral-direito Igor Bosel entrou no lugar de Josué e o atacante JP substituiu Vieira, lesionado.

O JOGO

Quem começou melhor na partida foi o time visitante, que ficou mais tempo no campo de ataque e também criou as primeiras oportunidades de gol, com três finalizações em 15 minutos e boas jogadas, principalmente, pelo lado esquerdo do ataque, em tramas envolvendo Bryan e Juninho. No melhor lance, aos 13, inclusive, o meia-atacante obrigou grande defesa de Dida, enquanto o lateral levou perigo dois minutos depois.

Aos poucos, no entanto, o Azuriz foi encaixando melhor sua marcação e aproveitando também a lentidão paranista na transição de jogadas (a partir da segunda etapa, inclusive, o cansaço do time da capital ficaria nítido). Quando recuperava a bola, a equipe de Pato Branco buscava ser rápida, incisiva, insistindo nas jogadas com Hélio, que tinha espaço para jogar nas costas de Bryan e deu muito trabalho a Hurtado.

Ainda no final do primeiro tempo, duas substituições forçadas no Paraná, com Juninho (aos 42) e Gustavinho (já nos acréscimos) pedindo para deixar o campo após sentirem lesões na coxa. Entraram Thiago Alves e Pedro. Já na etapa final, Jeferson Santos substituiu Hurtado aos 13, em mais uma mudança por problemas físicos. Por fim, aos 36, Mazinho e Gabriel Pires entraram nos lugares de Ramires e Maxi Rodríguez.

No Azuriz, os volantes Giba e Natan substituíram Fábio e Rezende aos 22. Aos 38, foi vez de Patrick e Kendy ganharem as vagas de Juan e JP e, aos 44, Ednei substituiu Hélio.

Ao longo de toda a etapa complementar, o time de Pato Branco controlou a partida: não foi ameaçado em sua defesa e ainda conseguiu levar perigo contra a meta defendida por Bruno Grassi. Ao todo, foram três boas oportunidades para o Azuriz, que não teve pontaria para conseguir abrir o placar.

FICHA TÉCNICA

AZURIZ 0 x 0 PARANÁ

Azuriz: Renan Dida; Igor Bosel, Salazar, Guarapuava e Mateus; Rezende (Natan), Fábio (Giba) e Edson; Hélio (Ednei), Juan (Patrick) e JP (Kendy). Técnico: Fabiano Daitx
Paraná: Bruno Grassi; Jailson, Micael, Hurtado (Jeferson Santos) e Bryan; Moisés Gaúcho e Ramires (Mazinho); Juninho (Thiago Alves), Maxi Rodriguez (Gabriel Pires) e Gustavo França; Gustavinho (Pedro). Técnico: Maurílio
Gols:
Cartões amarelos: Fábio, Rezende (A); Juninho, Hurtado, Ramires, Gustavo França, Thiago Alves (P)
Árbitro: Amauri Carvalho Pahins
Local: Os Pioneiros, em Pato Branco, quarta-feira às 15h30

PRINCIPAIS LANCES

Primeiro tempo

4 – Maxi Rodríguez recebe na intermediária e, com liberdade, ajeita o corpo e chuta de longe. A bola vai em cima de Dida, que segura.

13 – Lançamento da defesa para Bryan disparar nas costas da zaga pela esquerda. Ele invade a área e toca para Juninho, que aparece livre no meio da área para chutar. Grande defesa de Dida!

16 – Mais uma descida pela esquerda. Juninho recebe perto da lateral, avança para próximo da área e bate cruzado, forte. A bola passa rente à trave.

21 – Cobrança de falta de Igor Basel, a bola viaja até a segunda trave e Rezende cabeceia na pequena área. A bola desvia nas costas de Jaílson e sai em escanteio.

37 – Inversão de bola encontra Ruan na direita, dentro da área. O atacante domina, encara o marcador, dribla e chuta. A bola desvia na defesa e sai em escanteio.

Segundo tempo

8 – Cobrança de escanteio do Azuriz, a bola é desviada na primeira trave e a bola sobra com Edson, que finaliza. A bola passa próximo da linha da meta, mas ninguém aparece para empurrar pra rede.

24 - Bosel cobra lateral rápido para Hélio, que dá um lençou em Jeferson, invade a área e finaliza por cima do travessão. Quase um golaço!

26 – Hélio escapa pela direita, invade a área, se aproxima da linha de fundo e cruza. JP cabeceia, mas sem direção e a bola vai por cima do gol.