Publicidade
Treinamento

PM que prestou os primeiros atendimentos ao torcedor do Athletico ferido fala dos cinco minutos cruciais

(Foto: PMPR)

Os cinco minutos de atendimento rápido e eficiente de um policial militar ao torcedor que teve a sua mão decepada na última terça-feira (17/09), depois da explosão de um artefato no aeroporto Internacional Afonso Pena, durante a festa para os jogadores do Athletico Paranaense, que embarcaram ao Rio Grande do Sul, palco da grande final da Copa do Brasil 2019, foram cruciais até a chegada do serviço de emergência. O policial militar manteve a calma e agiu rápido para colocar em prática os ensinamentos que a Corporação presta nos cursos de formação.

Leia mais no Blog Plantão de Polícia

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES