Publicidade
Disputa

PSL de Bolsonaro confirma candidatura de Francischini ao Senado

"Francischini: \u201cVamos lavar a roupa suja dos \u00faltimos anos da pol\u00edtica do Paran\u00e1 em p\u00fablico\""
"Francischini: \u201cVamos lavar a roupa suja dos \u00faltimos anos da pol\u00edtica do Paran\u00e1 em p\u00fablico\"" (Foto: Narley Resende)

 O deputado federal Fernando Francischini confirmou há pouco durante a convenção do PSL a candidatura ao Senado Federal. Neste momento ele está reunido com dirigentes de cinco partidos que darão sustentação à candidatura.  “Vamos lavar a roupa suja dos últimos anos da política do Paraná em público durante esta campanha. Os eleitores precisam saber quem é quem”, afirmou Francischini diante de uma platéia de correlegionários. "Sou candidato à Senado Federal a pedido do Jair Bolsonaro", completou. 

O mega empresário Wilson Picler, dono do Grupo Educacional Uninter, será o primeiro suplente. Expoente na área de Educação e referência no país, Picler abriu mão da candidatura para ajudar o Delegado Francischini. "É com muito orgulho que me coloco à disposição do PSL e do Francishini para rodar todo este Paraná e juntos teremos êxito em eleger Francishini senador da República", disse.   

Valdinei Silva, que é empresário da região Oeste do Estado, presidente do Cascavel Futebol Clube e diretor de uma das maiores Apaes do Paraná, ficará na segunda suplência. "Chego agora na chapa, mas com muita energia e disposição para levar o nome do Francischini a todos os cantos do Paraná", afirmou Silva.     

Sobre a disputa ao Governo do Estado do Paraná, o PSL manterá as conversas com os pré-candidatos até o fim do prazo previsto na legislação eleitoral.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES