Instituições

PT e OAB repudiam prisão do vereador Renato Freitas em Curitiba

Renato Freitas (de vermelho) é levado ao camburão
Renato Freitas (de vermelho) é levado ao camburão (Foto: Reprodução de vídeo)

O PT e a A Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Paraná (OAB) saíram nesta sexta-feira (23) em defesa do vereador Renato Freitas, que foi preso nesta sexta à noite em Curitiba. Freitas é filiado ao partido e é advogado. Ele foi levado pela Guarda Municipal à central de Flagrantes no bairro Portão e posteriormente foi liberado.

Em nota, o PT repudiou a prisão de Renato Freitas. “Um absurdo! A perseguição com lideranças de esquerda precisa parar. Não podemos mais aceitar esses casos de violência, justiça para Renato Freitas já!”, diz a nota, nas redes sociais.

A OAB também se posicionou. “A OAB Paraná vem a público repudiar veementemente o emprego abusivo e injustificado de força por agentes do Estado. As imagens feitas nos locais das ocorrências demonstram o despreparo policial envolvido, impondo, para ambas as situações, medidas imediatas de controle pelas autoridades competentes, apuração de desvios de conduta e a devida aplicação das sanções cabíveis”, disse a ordem, em seu perfil no Instagram. “A OAB Paraná espera dos órgãos responsáveis, além da punição das arbitrariedades e excessos, a adoção de medidas preventivas para coibir o uso excessivo da força e evitar a sistemática ofensa às leis, princípios e valores do Estado de Direito, assegurando a manutenção das liberdades democráticas”.