Campanha

Ratinho Jr tira licença da Assembleia para se dedicar à campanha

(Foto: Pedro de Oliveira/Alep)

O deputado estadual Ratinho Júnior (PSD) encaminhou à Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Paraná nesta segunda-feira (13) um pedido de licença das atividades parlamentares. O pedido está baseado no artigo 60,II, da Constituição Estadual e no artigo 104,II.  do Regimento Interno e prevê licença, sem remuneração, até o dia 12 de novembro. No período, ficam suspensas também todas as verbas de ressarcimento. 

A licença, sem vencimentos, poderia durar 70 ou 90 dias, dependendo de a eleição ter ou não segundo turno. Ratinho Junior não votou nesta segunda na decisão sobre a derrubada dos vetos sobre o reajuste salarial do funcionalismo. Os deputados da base dele, que reúne parlamentares do PSD e PSC, votaram pela derrubada dos cinco vetos.

Os deputados analisaram nesta segunda os vetos do Poder Executivo aos projetos de lei que concedem reajustes aos servidores do Legislativo, Tribunal de Justiça, Ministério Público, Tribunal de Contas e Defensoria Pública. Nos vetos, a governadora Cida Borghetti (PP) afirmou que a correção dos valores colocaria em risco o limite do orçamento do Estado, tornando a implementação insustentável. A proposta é de revisão geral de 2,76% nos vencimentos dos cargos e das funções dos servidores, todos os anos. Cida é candidata à reeleição e concorrente de Ratinho Junior.