Tendência

Sexy ou comfy. Você pode ser os dois!

YSL mistura o sexy a roupas tradicionais de alfaiataria
YSL mistura o sexy a roupas tradicionais de alfaiataria (Foto: Divulgação)

Duas consequências fashion da pandemia foram detectadas durante os desfiles da Paris Fashion Week: a volta do sexy e a permanência do conforto. Se por um lado a gente quer tirar logo o atraso e colocar as curvas à mostra, por outro, não pode mais pensar em viver sem o abraço carinhoso de uma peça comfy.

Os dois opostos vieram em propostas solo e, abusados, convivendo em um mesmo look. Um e outro revistos, claro, por altas doses de elegância e referência da alta moda, mas com propostas capazes de ressignificar alguns conceitos do que se usa ou não em determinada ocasião. É a história do brilho que pode ser usado durante o dia com tênis e do moletom que faz bonito em companhia de um scarpin.

Vamos aos fatos e às referências para serem copiadas logo. Yves Saint Laurent voltou a desfilar para Paris e trouxe logo decotes ultragenerosos de, pasme, blazers usados como vestidos. Valentino refez tubinhos sessentistas com recortes estratégicos. A Hermès misturou couro, verão, esporte e alguma sensualidade em uma coleção de tons solares.

Mas dona da bola da vez é a Balenciaga, uma das maisons que mais cresce em popularidade entre os jovens fashionistas. Ela apresentou, antes do desfile, o episódio exclusivo do desenho animado Balenciaga e Os Simpsons, com referências de moda e muito humor. Virou sensação. Fora isso, dentro da passarela, uma coleção ultra-confortável, respeitosa com o corpo ainda inerte no pós-pandemia, e dona de uma linguagem inovadora, capaz de rever os signos tradicionais e mostrar que a moda é, sim, lugar de questionar padrões, inventar coisas novas e se atualizar. Salve, Balenciaga!

A Balenciaga faz graça quando chama Os Simpsons para estrelar um desenho com ela em plena Paris Fashion Week

Balenciaga atualiza o fashion, segundo o mundo pós-pandemia

Hermès faz moda leve com couro, referências esportivas e de luxo. Além de anunciar a volta da papete

Tubinho da Valentino ganha recortes ousados para entrar na onda. Mas opta por silhueta sessentinha pra não errar a mão