FC Cascavel 1x0 Paraná

Técnico do Paraná Clube critica jogadores e diz que faltou 'sangue no olho'

FC Cascavel 1x0 Paraná Clube
FC Cascavel 1x0 Paraná Clube (Foto: Reprodução/Twitter/Paraná Clube)

O técnico do Paraná Clube, Maurílio, aproveitou a entrevista coletiva após a derrota para o FC Cascavel, em Toledo, para mandar várias críticas aos jogadores. Na conversa, ele também reclamou da arbitragem.

Logo na primeira resposta, Maurílio culpou os jogadores pelo gol sofrido. “Tomamos um gol de bola parada em um lance que mostramos bastante para eles na preleção”, disse.

Em outra resposta, o ex-atacante culpou os jogadores do setor ofensivo por erros na tomada de decisão. “A gente procura a finalização errada. Tivemos dois lances que o atleta poderia ter sofrido a penalidade e o jogador preferiu ficar de pé para tentar a finalização”, comentou.

Em outras respostas, o treinador citou falta de garra por parte dos jogadores. “Vou cobrar”, disse. “Não fomos guerreiros. Erramos. Temos que errar menos, participar mais e acertar mais”, exigiu. “Tem que ter mais sangue no olho. Tem que ter mais vontade”, desabafou. “Não vou ficar protegendo. Temos que mostrar para eles onde estamos errando”, citou. Em outro momento, Maurílio foi mais ponderado. “Os jogadores estão encontrando dificuldade no nível emocional para fazer as coisas acontecerem”, analisou.

Na entrevista, o técnico também criticou a arbitragem. “Chegar duro é normal, mas muitas faltas que não foram marcadas”, disse. “Eles (FC Cascavel) usaram muita força”, declarou.

Maurílio avisou que pode mudar o time para quarta-feira, contra o Toledo. “Para ter mais qualidade técnica e finalizar mais”, explicou.