Vila Capanema

Torcida organizada do Paraná acusa Polícia Militar de agir com truculência e covardia

Torcida comemora a vitória do Paraná Clube no sábado
Torcida comemora a vitória do Paraná Clube no sábado (Foto: Robson Mafra)

A torcida Organizada Fúria Independente, do Paraná Clube, postou texto no Instagram nesse domingo (dia 31) acusando o Regimento de Polícia Montada da Polícia Militar do Paraná de agir de forma truculenta e covarde.

Veja o texto da Fúria Independente, íntegra:

“Jogo decisivo. Classificação heróica. A noite que era pra ser de alegria e comemoração, se transformou em pesadelo para todos nós. A data de ontem, infelizmente, também ficou marcada pela violência e despreparo da Polícia Militar.

Sem qualquer necessidade, de forma truculenta e COVARDE a Polícia Militar, com o seu Regimento de Polícia Montada, pisoteou o nosso presidente Mauro Machado Urbim, que encontra-se hospitalizado em estado gravíssimo.

Em momento algum houve confusão. Ou seja, NADA justifica a ação violenta e criminosa da Polícia Militar.

Além de que, nada justificaria atropelar com um CAVALO e pisotear a cabeça de qualquer cidadão.

Neste momento, até que seja possível identificar e responsabilizar TODOS os criminosos por mais um episódio que é fruto da incompetência da PM, nossa prioridade é com a saúde do Maurinho.

Aos que são de fé, pedimos orações e energias positivas ao Mauro. A situação é muito crítica e toda ajuda é bem-vinda.

Confiamos que você sairá dessa situação, presidente.

Estamos ao seu lado!

FORÇA MAURINHO!

#TFI1993
#PMCovarde
#ForçaMaurinho”

Em nota, a Polícia Militar avisou que vai investigar o caso e explicou o ocorrido. Clique aqui para saber mais.