Fiep

Trabalhadores da indústria têm a oportunidade de voltar a estudar por meio de programa do Sesi no Paraná

(Foto: Reprodução/Portal Sesi)

Depois de ter interrompido os estudos há anos, Diego Gonçalves, de 31 anos, viu a oportunidade que precisava para retomar as aulas do Ensino Fundamental, em 2020. A empresa onde ele trabalha aderiu à primeira edição do Selo Sesi Indústria Parceira da Educação, programa do Sesi no Paraná que incentiva trabalhadores da indústria a concluir a Educação Básica. Além de contribuir para a formação desses profissionais, a iniciativa também reconhece as indústrias que incentivaram seus colaboradores a voltar a estudar, por meio de certificação e premiação. Em 2021 o Sesi promove a segunda edição do Selo, que está com inscrições abertas até 30 de setembro.

Para Diego, a oportunidade de concluir o Ensino Fundamental pela Educação de Jovens e Adultos (EJA) foi apenas o primeiro passo. “Sempre quis voltar a estudar, mas era difícil encaixar as aulas na minha rotina, por causa dos horários. Como as aulas de EJA do Sesi são na modalidade online, consigo acompanhar quando tenho intervalos no trabalho. Depois que terminar o Fundamental, quero continuar com o Ensino Médio e melhorar de posição na empresa. Quero ser um exemplo para os meus filhos”, afirma. Atualmente, Diego trabalha como líder de manutenção da Construtora Fieng, de Curitiba.

A Fieng foi a vencedora do Selo Sesi Indústria Parceira da Educação 2020, na categoria média indústria. “Aqui na Fieng acreditamos que o conhecimento abre caminhos para novas oportunidades na vida e nossa missão como empresa é também inspirar nossos colaboradores”, comenta a gestora de Desenvolvimento Humano da construtora, Márcia Garcia Rudnike. “Por isso, nós nos dedicamos em parceria com as pedagogas do Sesi para realizar um trabalho explicativo e didático do projeto e isso fez a diferença. Quando atuamos em parceria e visando o bem comum, o sucesso é garantido”, completa.

No ano passado, 34 indústrias participaram do programa, com a efetivação de 1.208 matrículas na EJA do Sesi. Neste ano, a instituição pretende superar esses números. “Em 2021, esperamos expandir os bons resultados obtidos no ano passado, com uma participação ainda maior das indústrias de todo o Paraná. Desta forma, o Sistema Fiep facilita o acesso à educação dos trabalhadores da indústria”, diz Maria Cristhina de Souza Rocha, gerente executiva de Projetos Institucionais do Sistema Fiep. “Além disso, o Selo colabora para o alcance do ODS4, que incentiva boas práticas para assegurar a educação inclusiva, equitativa e de qualidade”, destaca.

Quem pode participar

Para participar do programa, as indústrias podem indicar colaboradores, familiares e membros da comunidade que estejam interessados em retomar os estudos para efetuar suas matrículas junto ao Sesi. Aqueles que participarem dessa ação terão acesso a um curso de Qualificação Profissional, ofertado na modalidade semipresencial, além da EJA propriamente dita, com aulas na modalidade EaD. As três indústrias que indicarem um maior número de alunos, proporcionalmente ao seu número de funcionários, receberão a premiação, além da certificação.

As aulas de EJA oferecidas pelo Sesi são ministradas no formato EaD. O programa é aberto a homens e mulheres (trabalhadores de indústria ou não), acima de 18 anos, e é ofertado gratuitamente, com turmas de Ensino Fundamental II e Ensino Médio. O curso é organizado por disciplinas (módulos), cursadas uma de cada vez, com duração variada, de 2 semanas a três meses. Desta forma, os novos alunos podem ingressar quando um novo módulo/disciplina estiver iniciando, ou seja, há várias oportunidades de entrada ao longo do ano.

As inscrições devem ser feitas pelo site www.portalods.com.br até 30 de setembro.

Assuntos