Inacreditável FC

Treinos da seleção de base tiram quatro jogadores do Athletico, que luta contra a ZR

Khellven foi um dos heróis do Athletico na final do Paranaense, contra o Coritiba, e agora desfalca o time para treinar com a seleção de base
Khellven foi um dos heróis do Athletico na final do Paranaense, contra o Coritiba, e agora desfalca o time para treinar com a seleção de base (Foto: Franklin de Freitas)

Dentro da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, com apenas 16 pontos somados em 16 rodadas disputadas (quatro vitórias, quatro empates e oito derrotas), o Athletico Paranaense terá importantes desfalques para o jogo de domingo, na Arena da Baixada, contra o Grêmio. E um dos motivos para os desfalques, inacreditavelmente, é um período de treinos da seleção de base do Brasil. Isso mesmo que você leu: um período de treinos da seleção de base desfalcará times principais de clubes que disputam o Brasileirão.

O que acontece é que em fevereiro a Seleção Brasileira sub-20 disputa o Torneio Sul-Americano, na Colômbia. Por conta disso, a CBF teve a brilhante ideia de convocar alguns jovens atletas para um período de treinos. No caso do Athletico, foram convocados quatro nomes: o lateral-direito Khellven, o goleiro Léo Linck, o zagueiro Luan Patrick e o meia-atacante Jajá.

Acontece, no entanto, que o lateral, em especial, seria uma opção importante para o elenco atleticano no confronto contra os gaúchos. O  experiente Jonathan, titular da posição, está em fase final de recuperação e é dúvida para o jogo de domingo (assim como o meia Jorginho). Khellven seria o substituto imediato, mas como está treinando com a seleção, não poderá ser utilizado por seu clube.

Dessa forma, Paulo Autuori, diretor-técnico do Athletico, deverá ser obrigado a improvisar, escalando o volante Léo Gomes ou o também volante Erick na lateral.

A boa notícia para os torcedores, por outro lado, são os retornos dos zagueiros Thiago Heleno e Pedro Henrique, do lateral-esquerdo Abner e dos volantes Christian e Wellington, poupados na derrota contra o Peñarol, pela COpa Libertadores. Já o meia Léo Cittadini, que tomou o terceiro cartão amarelo, cumpre suspensão automática.

Dessa forma, o Athletico deve entrar em campo contra os gaúchos com a seguinte escalação: Santos; Léo Gomes (Ravanelli), Thiago Heleno, Pedro Henrique e Abner; Wellington, Erick e Christian; Nikão, Fabinho (Geuvânio) e Renato Kayzer.