Publicidade
Coritiba 2 x 3 Paraná

Umberto Louzer admite pressão: “Estamos em débito com a torcida”

(Foto: Franklin de Freitas)

Abatido pela derrota de virada por 3 a 2 no clássico Paratiba, que encerrou a invencibilidade do Coritiba dentro de seus domínios na temporada 2019, o técnico Umberto Louzer admitiu estar pressionado no cargo. Em entrevista coletiva depois do clássico disputado no Couto Pereira na tarde deste sábado (08 de junho), o treinador tentou esconder o abatimento, mas admitiu haver um “sangramento” no Alto da Glória.

Confira o relato completo do Paratiba 102 e a galeria de fotos da partida no Couto Pereira

Juan Alano foi o destaque do Coxa no Paratiba. Welinton Júnior, a decepção. Confira as atuações

Bruno Rodrigues, Eder Sciola e Luiz Otávio comandam a virada paranista no Couto Pereira. Confira as atuações.

Matheus Costa comemora tranquilidade pós-vitória: “Estávamos vivendo uma pequena crise”

No nosso domínio não podemos ser batidos como fomos no jogo de hoje. Fomos frágeis nos momentos em que estávamos à frente”, comentou o técnico coxa-branca. “O futebol é detalhe. E hoje o detalhe fez com que a gente pagasse muito caro. É um sentimento de muita insatisfação, mas temos que estancar esse sangramento porque na terça-feira precisamos de uma vitória.”

Segundo o treinador, a equipe está em débito com a torcida neste início de Série B. Nos últimos três jogos, apesar da casa cheia, a equipe conseguiu apenas uma vitória dentro de casa.

Estamos em débito, a torcida está fazendo sua parte. O objetivo era abuscar o G4, hoje não fomos eficientes e distanciamos do pelotão da frente. Mas a partir do momento em que estamos nesse cargo.. Temos muito para nos ocupar para melhorar essa equipe. Uma derrota traz um sentimento amargo, ruim, mas é preciso sabedoria, lucidez, para poder analisar, contextualizar corretamente e a gente reencontrar o caminho das vitórias e conseguir recolocar o Coritiba na Primeira Divisão. Mas para isso vamos precisar fazer alguns ajustes. Temos de resolver muita coisa internamente para resolver com nossos torcedores”, declarou Louzer.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES