Assine e navegue sem anúncios [+]
São José dos Pinhais

Veja como a fumaça e nevoeiro se formam rapidamente e interditam pista da BR-277 pelo segundo dia seguido

A BR-277, na altura do km 74, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), precisou ser novamente interditada na manhã desta quarta-feira, 5 de agosto. De acordo com as informações da Ecovia, concessionária que administra o trecho, a visibilidade no trecho está comprometida por causa da neblina e fumaça. O trecho é o mesmo onde ocorreu o acidente múltiplo de domingo, 2 de agosto, onde oito pessoas morreram. 

Nesta terça-feira, 4 de agosto, por volta das 23h30, a fumaça muito densa provocou outro acidente no mesmo local, porém neste ninguém, ficou ferido. Um caminhão e um carro bateram  no mesmo quilômetro da rodovia: o 76.

Investigações tentam descobrir se tragédia da BR-277 foi fatalidade ou homicídio culposo

Devido ao grave acidente, funcionários da concessionária que administra trecho, a Ecovia, monitoram o local. Na terça-feira, mas por volta das 23h20, a fumaça invadiu a pista rapidamente a pista, prejudicou a visibilidade e provocou a colisão. Veja como foi

Após o acidente, os dois sentidos da rodovia foram fechados e os carros passaram a ser escoltados por batedores da concessionária de forma escalonada. A área ficou interditada até as 4h30 por conta da baixa visibilidade que estava estimada em 90%. 

Porém, por volta das 7 horas desta manhã, mais uma vez a área foi interditada na altura do km78, sentido Paranaguá.  O local ficou interditado até as 8h30 desta manhã, provocando lentidão desde o km 73. Equipes da Polícia Rodoviária Federal do Paraná (PRF-PR) e da Ecovia estavam no local para fazer a sinalização.

DESTAQUES DOS EDITORES

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. OK