Coritiba 1 x 2 Goiás

Zagueiros têm 'noite para esquecer' em mais uma derrota do Coritiba. Confira as atuações

(Foto: Valquir Aureliano)

Confira o relato completo da partida: Coxa perde para o Goiás e permanência na elite vira ‘Missão (ainda mais) Impossível’

ATUAÇÕES INDIVIDUAIS

Wilson (6,5)
Não teve culpa nos gols sofridos, operou um milagre e fez outra boa defesa.

Nathan Ribeiro (4,0)
Falhou nos dois gols sofridos pelo Coxa, com especial destaque ao segundo tento.

Ricardo Oliveira (6,0)
Entrou na volta do intervalo. Arriscou boa finalização de fora da área e depois sumiu.

Rhodolfo (6,0)
Foi o jogador mais sóbrio do setor defensivo. No segundo tempo, avançou mais.

Sabino (4,5)
Assim como Nathan Ribeiro, também falhou nos dois gols do Goiás.

Maílton (6,0)
Teve boa presença ofensiva no começo do jogo, mas depois caiu de produção.

Pablo Thomaz (S/N)
Entrou aos 44-2º. Pouco tempo em campo. Sem nota.

Hugo Moura (6,0)
Teve uma boa chance para empatar, mas chutou mal. Tomou amarelo precoce.

Nathan Silva (6,5)
Participou bastante do jogo e teve um bom índice de acerto nos passes.

Martín Serrafiore (6,0)
Entrou aos 31-2º e levou perigo ao gol adversário em chute de fora da área.

Jonathan (5,5)
Tomou um amarelo no começo do jogo. Finalizou uma vez a gol, sem levar perigo.

Rafinha (6,5)
No primeiro tempo, especialmente, foi a principal válvula de criatividade do time.

Ezequiel Cerutti (5,5)
Entrou aos 38-2º e não conseguiu produzir absolutamente nada.

Robson (7,0)
Foi o jogador mais perigoso do Coxa e marcou o ‘gol de honra’ do time.

Nathan (S/N)
Entrou aos 44-2º. Pouco tempo em campo. Sem nota.

Neílton (6,0)
Carregou bastante a bola e tentou achar e criar espaços na defesa adversária.