Tribunal mantém prisão de ex-diretor da Petrobras Renato Duque

13 abril, 2016 às 17:36  |  por Karlos Kohlbach

Folha de São Paulo

Por dois votos a um, a Primeira Turma do TRF-RJ decidiu manter a prisão preventiva do ex-diretor de Serviços da Petrobras Renato Duque nesta terça (12).

Duque foi preso pela segunda vez em março do ano passado, durante a 10ª fase da Operação Lava Jatointitulada “Que país é esse” sob a justificativa de que estaria movimentando contas no exterior.

O ex-funcionário já teve conversas com procuradores da força-tarefa de Curitiba e da PGR (Procuradoria Geral da República), de Brasília, na tentativa de firmar um acordo de delação, mas até o momento não despertou o interesse do Ministério Público Federal.

O advogado João Francisco Neto, que entrou com o pedido de habeas corpus do ex-diretor fez duras críticas à condução da Lava Jato, às delações premiadas e até mesmo à advogada Beatriz Catta Preta, hoje fora de atividade mas que se tornou conhecida por firmar grande parte das colaborações na fase inicial da operação.

Leia reportagem completa. 

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>