16º

Saúde apreende 350 quilos de alimentos no Litoral

Vigilância já inspecionou 160 estabelecimentos e interditou dez unidades em sete municípios

14/01/12 às 16:25   |  AEN

Desde o início da Operação Verão 2011/2012, do dia 16 de dezembro até 11 de janeiro, a equipe de Vigilância Sanitária do Paraná já inspecionou cerca de 160 estabelecimentos comerciais e interditou 10 unidades nos sete municípios do Litoral. O objetivo do governo estadual é monitorar as condições sanitárias das localidades, bem como os serviços e produtos oferecidos aos moradores e turistas.

 

Nas vistorias foram encontrados diversos produtos de alimentação e higiene que estavam com os prazos de validades espirados ou fora das normas de vigilância sanitária. Foram cerca de 350 quilos de produtos inutilizados, entre os alimentos estavam 75 quilos de carne bovina, 1700 pães, 235 pacotes de biscoito e 34 garrafas de suco de maracujá.

 

As ações fazem parte do Programa de Monitoramento de Agravos do Litoral do Paraná (Promar). As equipes de saúde também lavraram 26 termos de intimação e 17 termos de apreensão e inutilização. Para o diretor da primeira Regional de Saúde em Paranaguá, José Renato Pinheiro, os bons números da vigilância sanitária na região litorânea é resultado do compromisso e qualidade da equipe funcional.

 

Ele disse que durante a alta temporada algumas pessoas aproveitam para comercializar produtos estragados e com a validade espirada. “Temos que preservar a saúde da população. Trabalhamos com rigor para cumprir essa determinação”, afirmou o diretor, destacando ainda que a área epidemiológica é uma das prioridade da Secretaria de Saúde.

 

Temos muitos casos de animais peçonhentos na região. Estamos fazendo um trabalho forte de prevenção e tratamento”, concluiu. As fiscalizações a bares, restaurantes, lanchonetes e supermercados são diárias e tem a intenção de evitar que produtos irregulares ou em más condições cheguem à população.

 

Outra ação que o governo estadual está intensificando no litoral é a fiscalização da Lei Anti Fumo, na temporada já foram 78 estabelecimentos vistoriados em Matinhos e Guaratuba. Somente um foi autuado por desrespeitar a legislação, que exige que os proprietários mantenham cartazes informativos sobre a proibição de fumar.

 

Orientação – A orientação é que a população esteja atenta as condições sanitárias dos estabelecimentos antes de consumir algum produto. É importante verificar a data de validade, a aparência e o local de armazenagem do produto, assim como a higiene da cozinha e dos atendentes. A Secretaria estadual da Saúde orienta que o consumidor denuncie à Vigilância Sanitária municipal caso suspeite irregularidades em algum estabelecimento. Outro meio de denunciar é através da Ouvidoria do SUS no Paraná, o telefone é o 0800 644 4414.

Publicidade
0 Comentário