º

Itaipu bate recorde no quadrimestre e tem o melhor abril de todos os tempos

Se for mantida a mesma média de produção de maio a dezembro de 2008, a Itaipu estabelecerá em 2012 um novo recorde histórico mundial

02/05/12 às 17:22   |  Redação Bem Paraná

A Itaipu Binacional alcançou duas novas marcas históricas em 2012. A usina bateu o recorde no quadrimestre e teve o melhor mês de abril de todos os tempos em geração de energia elétrica.
De janeiro até o último mês, a hidrelétrica produziu um total de 32.913.663 milhões de megawatts-hora (MWh). No mês passado, a produção foi de 8.193.226 MWh, superando o recorde de abril de 2009 (8.142.752 MWh).
Se a partir de agora for mantida a mesma média de produção de maio a dezembro de 2008, a Itaipu estabelecerá em 2012 um novo recorde histórico mundial. A produção atual já é 2% maior do que a registrada daquele ano, quando a usina gerou 94.684.781 MWh.

Mês de abril
Comparado com os meses de abril de anos anteriores, o crescimento foi de 17% em relação a 2011; 31% em comparação ao mesmo período de 2010; 0,6% a mais do que em abril de 2009 (recorde anterior do mês); e 2% acima da produção de abril de 2008.
  
32.913.663 milhões de MWh
Os 32.913.663 milhões de MWh produzidos somente nos quatro primeiros meses de 2012 seriam suficientes para suprir as necessidades de consumo de energia elétrica do estado do Paraná por um ano e três meses; do estado do São Paulo por três meses e seis dias; dos estados da Região Sul por cinco meses e meio; da cidade de São Paulo por um ano e dois meses; ou de todo o Paraguai por três anos.
  
Demanda e produção
Os principais aspectos que contribuíram para o recorde do quadrimestre e do mês de abril foram a crescente demanda dos sistemas brasileiro e paraguaio e a ampliação dos limites de geração de Itaipu em 60 hertz (Hz), que possibilitou à usina, a partir da segunda semana de abril, mandar mais energia para suprir a demanda da Região Sul, que passa por um longo período de estiagem.
Itaipu teve ainda uma mãozinha de São Pedro. Na última semana de abril choveu bastante na área do entorno do reservatório: cerca de 200 milímetros. Em apenas quatro dias de chuva, a vazão na bacia incremental passou de 1,8 mil metros cúbicos de água por segundo (m³/s) para 6,1 mil m³/s.
  
Geração recorde do dia
No sábado e domingo normalmente a carga é menor do que em dias úteis, mas nesse último fim de semana Itaipu manteve a geração em patamares elevados para aproveitar a vazão afluente ao reservatório e evitar vertimentos. No sábado (28), a produção chegou a 12.229 MW médios, superando em muito a média dos demais sábados de abril, que teve como geração média 10.761 MW. Inclusive, foi estabelecido, nesse dia, um novo recorde de geração diária na ciclagem de 60 Hz da Itaipu: 6.354 MW.
No domingo (29), a geração chegou a 11.690 MW médios. A média dos demais domingos de abril foi de 10.639 MW.
  
A maior do mundo
A usina de Itaipu é, atualmente, a maior usina hidrelétrica do mundo em geração de energia limpa e renovável. Com 20 unidades geradoras e 14.000 MW de potência instalada, em 2011 forneceu 16,99% da energia consumida no Brasil e abasteceu 72,91% do consumo paraguaio.

Publicidade
0 Comentário