Relíquia do Sul

30/01/13 às 00:00 Por Rodrigo Browne - naesquinadomundo@gmail.com

 

Relíquia do Sul
Há apenas 200 quilômetros de Curitiba é possível conhecer um pequeno pedaço da história do Brasil: a simpática cidade catarinense de São Francisco do Sul é um local que deve ser visitado, apesar da maldição do padre. Antes de contar essa lenda, é bom esclarecer para quem não conhece “São Chico”, como é chamada na intimidade, é a terceira cidade mais antiga do país – os franceses aportaram por lá em 1504.
Outro detalhe: o local fica numa ilha – que na verdade não dá nem para notar, pois a estrada de asfalto que sai de Joinville passa por cima de um Canal que a separa do continente. Quando você menos espera, já chegou.
Curiosamente o centro comercial de São Francisco do Sul, onde está localizado o Porto (um dos mais importantes de SC), o belíssimo casario histórico colonial (algumas construções ainda com tijolos ligados por óleo de baleia), a prefeitura, a igreja da Matriz, o simpático Mercado Municipal, o fantástico Museu Nacional do Mar entre outras atrações... não tem nenhuma praia limpa para o turista.
Quem quiser aproveitar o calor do verão tem que percorrer mais 18 quilômetros para o balneário da Enseada, um dos mais bonitos do Sul do país com praias que atendem a todas as tribos: das famílias que preferem a maré mansa da praia da Enseada, aos surfistas que buscam ondas perfeitas (e encontram) na Prainha, ou pela quase deserta Praia Grande, com mar aberto que se estende até a Praia do Ervino. Mas atenção! Aproveite a temporada de verão que praia mesmo só até março e depois – quem sabe – no veranico de maio.
Quanto a maldição do padre... desta vez não deu para contar mas será revelado na próxima coluna – junto com algumas dicas do que fazer em São Chico.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *


Ilha da Baia da Babitonga

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *


Museu Nacional do Mar

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *


Balneário da Enseada

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *******
Rodrigo Browne
naesquinadomundo@gmail.com

2 Comentários

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

paulo guilherme hostin sämy
Viva S. Chico!!! Com o turismo crescente sua história começa a ser contada e a servir de orgulho aos catarinenses. Aí vivi infância e juventude, cenário de sonho. Na 1ª foto, vista da cidade a partir da baía, vejo a casa onde morei. Saudades, muitas.
maria emilia murray samy
A reportagem está belissima,as fotos fazem justiça a altiva s chico que resiste solitária num cantinho esquecido do mundo.Parabens!
Últimas de Na esquina do mundo
Na Esquina do Mundo Pulmão carioca
Na Esquina do Mundo Turismo, arte e meio-ambiente
Na Esquina do Mundo O Rei Leão na Terra da Garoa
Blogs
Ver na versão Desktop