Turismo, arte e meio-ambiente

05/06/13 às 00:00 Por Rodrigo Browne - naesquinadomundo@gmail.com

Fotos: Divulgação

Já que hoje é o Dia Mundial do Meio Ambiente a Coluna tem como tema um paraíso brasileiro, cravado em Minas Gerais, um lugar ideal para quem gosta de arte e natureza: o Inhotim, uma mistura de jardim botânico com galeria de arte que fica na cidade de Brumadinho, a uma hora de carro de Belo Horizonte. O Instituto Inhotim foi idealizado pelo empresário Bernardo Paz em meados da década de 1980. Em 1984, o local recebeu a visita do renomado paisagista Roberto Burle Marx, que apresentou algumas sugestões e colaborações para os jardins. Desde então, o projeto paisagístico cresceu e passou por várias modificações.

A propriedade particular foi se transformando com o tempo. Começava a nascer um grande espaço cultural, com a construção das primeiras edificações destinadas a receber obras de arte contemporânea. Ganhava vida também o rico acervo botânico, consolidado a partir de 2005 com o resgate e a introdução de coleções botânicas de diferentes partes do Brasil e com foco nas espécies nativas.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

Hoje, o acervo artístico do Inhotim compreende cerca de 500 obras de mais de 100 artistas de 30 diferentes nacionalidades. Com foco na arte contemporânea produzida a partir dos anos 1960 até os nossos dias, o acervo abrange escultura, instalação, pintura, desenho, fotografia, filme e vídeo.

Em permanente expansão, o acervo vem sendo formado desde fins dos anos 1990 e possui relevância mundial, reunindo obras realizadas por algumas das vozes artísticas mais potentes da atualidade. Para o Inhotim, é importante trabalhar com artistas de diversos contextos culturais para criar a única coleção de arte contemporânea verdadeiramente internacional com acesso ao público no Brasil.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *



Visitação: O Inhotim fica na cidade de Brumadinho, localizada a 65 km de Belo Horizonte. As melhores opções de acesso ao local podem ser encontradas no site do instituto (www.inhotim.org.br/index.php/p/v/209-255), que fornece mapas rodoviários para quem for de carro e informações para quem preferir ir de ônibus. O Horário de visitação pública acontece às terças, quartas, quintas e sextas-feiras, das 9h30 às 16h30 (última entrada às 16h00), e aos sábados, domingos e feriados, das 9h30 às 17h30 (última entrada às 17h00). O valor da entrada é de R$ 20. Meia-entrada para maiores de 60 anos e estudantes. Entrada gratuita para menores de seis anos. No local existe o serviço de transporte interno (carrinhos elétricos) para facilitar o acesso às obras mais distantes. O serviço pode ser adquirido na recepção e em outros pontos do parque e o custo é de R$10,00 por pessoa e tem validade durante toda a estada no parque. Portadores de necessidades especiais e crianças menores de seis anos de idade não pagam.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *******
Rodrigo Browne
naesquinadomundo@gmail.com

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Últimas de Na esquina do mundo
Na Esquina do Mundo Pulmão carioca
Na Esquina do Mundo Turismo, arte e meio-ambiente
Na Esquina do Mundo O Rei Leão na Terra da Garoa
Blogs
Ver na versão Desktop