Câmara gasta mais de R$ 2 milhões por mês com assessores de vereadores

7 fevereiro, 2018 às 15:13  |  por Ivan Santos

camara Foto: Chico Camargo/CMC

A Câmara Municipal de Curitiba têm 289 servidores contratados em cargos comissionados – aqueles preenchidos por indicações políticas, sem concurso público – para assessorar vereadores e lideranças partidárias da Casa. O número consta de projeto de resolução protocolado pela Comissão Executiva da Casa neste início de ano Legislativo. O gasto total mensal com esses cargos chega a R$ 2.261.188,53.

Segundo a direção da Câmara, o número é o mesmo do ano passado, e inferior a 2016 e 2015, quando a estrutura parlamentar chegou a ter 295 comissionados.

Neste início do segundo ano da atual legislatura, todos os vereadores ocupam as sete vagas disponíveis por mandato – com um total 266 cargos comissionados, com salários que vão de R$ 2.754,11 a R$ 12.393,86. A soma dos sete cargos escolhidos não pode ultrapassar o limite mensal de R$ 57.838.

Além disso, existem outros 19 comissionados contratados para assessorar as lideranças dos partidos, com salário de R$ 2.754,11. E outros quatro comissionados com o mesmo salário à serviço das lideranças do prefeito, da oposição e dos dois blocos parlamentares atualmente formados.

A Casa mantém ainda mais 23 servidores comissionados à serviço da Mesa Diretora, contratados para auxiliar os vereadores nessas funções administrativas que não estão nessa conta. São quatro cargos para a presidência, três para a primeira secretaria e três para a segunda secretaria. Os demais cargos da Mesa têm direito a mais dois assessores: 1ª vice-presidência, 2ª vice-presidência e 3ª e 4ª secretarias.

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>