O universo dos leilões de forma descomplicada

Leilão por WhatsApp ganha público com a pandemia

Leilão por WhatsApp ganha público com a pandemia

Leilão por Whatsapp
Leilão por Whatsapp (Foto: Divulgação)

Na última semana, eu realizei pelo Whatsapp um leilão em parceria com o Grupo Madero que arrecadou R$ 1,242 milhão para as obras do primeiro hospital oncopediátrico do Sul do país, o Erasto Gaertner, em Curitiba, no Paraná. Mais de 240 pessoas participaram via WhatsApp dando lances.

Foi uma experiência diferente e inovadora. A ideia surgiu quando fui procurado pelo Grupo Madero para conduzir o leilão e a decisão era não realizar no formato tradicional, com os interessados fazendo os lances presencialmente. A saída foi criar uma lista de transmissão com todos os interessados e adaptar o formato presencial para o aplicativo. Todos os objetos do leilão foram apresentados via aplicativo com os respectivos valores para lance. Os interessados ofertavam os seus lances em tempo real, garantindo a lisura do processo.