• Gastronomia em Curitiba

    ST 444 tem promoção de pizzas de segunda a sexta

    ST 444 tem promoção de pizzas de segunda a sexta
    Pizza do St 444 (Foto: Divulgação)

    No jantar de segunda a sexta-feira, o St 444 tem promoção especial nas pizzas da casa: na compra de duas unidades grandes, a segunda sai com 50% de desconto, ou no pedido de três unidades grandes, a terceira é grátis. 

    As pizzas são feitas com farinha importada em forno especial e a receita é do chef Adriano Sadowick. Entre os sabores, estão as tradicionais marguerita, calabresa, portuguesa e mussarela, e as especiais como burrata e presunto Parma, frango com curry, Oghi de Bue (bacon, ovos e orégano), diávola 444 (molho com pimentas e orégano). 

    O Street 444 funciona diariamente na Alameda Presidente Taunay, 444, das 12h às 15h e das 19h às 23h, e os pedidos para entrega em casa ou retirada no local podem ser feitos pelo telefone (41) 3044-0444 ou pelo aplicativo iFood. 

    Serviço:

    Street 444

    Endereço: Alameda Presidente Taunay, 444 – Batel
    Horário de funcionamento: diariamente, das 12h às 15h e das 19h às 22h;
    Telefone: (41) 3044-0444 (pedidos para balcão e delivery);
    Aceita cartões de crédito e débito. 

    (fonte: Assessoria)

  • Vinho e solidariedade

    Vinícolas da VINOPAR doam dezenas de vinhos para leilão beneficente

    Vinícolas da VINOPAR doam dezenas de vinhos para leilão beneficente

    A VINOPAR, Associação dos Vitivinicultores do Paraná doará dezenas de garrafas de vinhos e espumantes para o Leilão do Bem – o Amor Contagia, que será realizado dia 30 de setembro de 2020. São rótulos premiados nacional e internacionalmente oferecidos pelas vinícolas Araucária, Bertoletti, Cave Colinas de Pedra, Família Fardo, Franco Italiano, Legado e Zanlorenzi.

    A VINOPAR, fundada em 2017, conta com a participação de doze vinícolas distribuídas na Região Metropolitana de Curitiba e interior do Paraná. Em 2019, a entidade realizou duas edições do Festival VINOPAR do Vinho Paranaense, no Museu Oscar Niemeyer, em Curitiba.

    Os objetivos da associação são fortalecer a produção e comercialização de vinhos finos, coloniais, espumantes e demais produtos da uva como sucos e grappas; estimular o consumo e a valorização de vinhos nacionais pelo consumidor brasileiro e estrangeiro; consolidar o Paraná como um novo polo vitivinicultor no cenário nacional e estimular a prática do enoturismo despertando experiências e estímulos diversos aos amantes do vinho, da gastronomia e das paisagens rurais do estado.

    Confira a relação de vinícolas associadas, vinhos produzidos e experiências de enoturismo no site: www.vinopar.com.br

    O Amor Contagia

    A maior campanha de arrecadação vigente no Estado do Paraná nasceu da união das promotorias de Justiça do Ministério Público do Paraná e Ministério Público do Trabalho que firmaram uma parceria com a UFPR (Universidade Federal do Paraná) e a Funpar (Fundação de Apoio da Universidade Federal do Paraná). Logo em seguida, uniram-se ao grupo o Grupo Marista, o Instituto Positivo, a PUCPR, a comissão do Terceiro Setor da OAB-PR e associações da sociedade civil organizadas com sede no Estado. Para saber mais detalhes sobre a campanha acesse. http://www.funpar.ufpr.br/oamorcontagia/.

    (fonte: Assessoria)

  • Gastronomia em Curitiba

    Pizzaria da Mathilda lança linha de calzones

    Pizzaria da Mathilda lança linha de calzones
    Calzone da Mathilda (Foto: Divulgação)

    No iníco de 2020, a cidade de Curitiba ganhou um endereço inspirado nos principais conceitos do modo napolitano de fazer pizza: a Pizzaria da Mathilda, comandada pelo empresário Daniel Mocellin. Agora, sete meses após a inauguração e consolidada na cidade, a casa acaba de lançar seu cardápio de calzones, com três sabores de recheios prontos e uma opção de “monte como quiser”, disponível nas quartas e quintas. 

    Assim como as já conhecidas pizzas do empreendimento, todas as receitas do novo cardápio foram desenvolvidas por Daniel Mocellin, que entrou de cabeça no processo de produção artesanal de massas. Eu sempre fui apaixonado por preparos típicos italianos, então expandir o cardápio foi como realizar um grande sonho”, conta Daniel. “Após muitos teste e estudos, vamos oferecer aos curitibanos um calzone incrível, que segue a tradição napolitana, produzido com farinha italiana 00 do Mulino Caputo, que é um dos produtores mais antigos e tradicionais de Nápoles”, complementa ele. 

    Com um cardápio exclusivo e enxuto, a Pizzaria da Mathilda oferece três sabores de calzones: “Marguerita”, com mozzarella, mozzarella de búfala, tomate cereja, manejricão, azeite e orégano; “Calabresa”, com mozzarella, calabresa fatiada, cebola roxa, mel e orégano; e “Pepperoni”, com mozzarella, pepperoni, cebola roxa e orégano. Além disso, o empreendimento disponibiliza a opção “Monte como quiser”, na qual o cliente pode escolher até cinco recheios para incrementar o calzone. Os preparos são individuais e têm o valor único de R$ 38,90. 

    Os calzones podem ser adquiridos nas quartas e quintas para consumo na pizzaria ou com retirada no balcão (take away) e entrega via delivery (aplicativo próprio, James e Rappi). Para harmonizar com os preparos, a Pizzaria da Mathilda oferece cervejas especiais, soft drinks, coquetéis e vinhos, que podem ser adquiridos em taças ou garrafas. “Seja para uma pizza ou um calzone, o que importa é a satisfação do público curitibano, celebra Daniel. 

    A Pizzaria da Mathilda fica na Avenida Vicente Machado (nº 859), no Centro de Curitiba, e funciona diariamente, das 18h30 às 23h. Mais informações na página oficial do empreendimento no Facebook (www.facebook.com/pizzariadamathilda), no perfil do Instagram (@pizzariadamathilda) ou pelo telefone (41) 3018-7878.

    (fonte: Assessoria)

     

     

  • Gastronomia em Curitiba

    Venda de pães sem glúten registra crescimento de 89,9%

    Venda de pães sem glúten registra crescimento de 89,9%
    Lançamento da Jasmine: pão sem glúten de coco (Foto: Divulgação)

    No último ano, a venda de pães tradicionais teve aumento de 9,3% no Brasil, segundo dados da Nielsen, empresa especializada na análise de comportamento dos consumidores. Dentro da categoria, o destaque foi o crescimento nas vendas dos pães sem glúten, que avançou 89,9% em 2019, totalizando R$ 26 milhões. De acordo com uma projeção realizada pela consultoria internacional Zion Market Research, o mercado de produtos sem glúten deve atingir a marca dos US$ 7,6 bilhões até 2024 em todo o mundo.

    O aumento expressivo é resultado de uma demanda crescente por alimentos sem glúten, composto de proteínas encontrado na farinha de trigo, aveia, centeio, cevada e no malte, que está presente na maioria das receitas de massas, pães e biscoitos. Segundo levantamento realizado pela consultoria Euromonitor, aponta que 53% das pessoas que passaram a consumir alimentos sem glúten, o fizeram porque os consideram mais saudáveis. Consumir menos glúten ajuda na redução de desconfortos intestinais e ainda estimula a perda de peso, de acordo com um estudo da Universidade de Copenhague, na Dinamarca.

    Referência no mercado de pães sem glúten, a Jasmine Alimentos - empresa especializada em alimentos saudáveis - lançou em agosto dois novos sabores do produto. Um deles é o pão com coco, que possui lascas da fruta, além de ser rico em minerais, fibras e antioxidantes. O outro lançamento é o pão com chia e ervas finas, que é rico em ômega-3, com ingredientes como salsinha, cebolinha e tomilho. No último ano, a Jasmine evoluiu 116% nas vendas da categoria, com domínio de 35% do mercado brasileiro neste segmento.

    Entre os principais diferenciais do produto está a conservação, já que os pães sem glúten da Jasmine possuem validade de seis meses, com embalagem altamente resistente por conta da tecnologia. “Na linha de panificação sem glúten, utilizamos uma embalagem termoformada de alta barreira, para garantir que não ocorra troca de gases de dentro da embalagem com o ambiente externo. Embalar um produto em atmosfera modificada significa substituir a atmosfera natural existente na embalagem por uma mistura de gases, que garantem vida longa ao alimento, conservando suas características sensoriais, como odor, sabor, textura e aspecto, com segurança e qualidade. Em comparação com os concorrentes, a Jasmine foi a primeira empresa a oferecer essa inovação, garantindo seis meses de validade do produto”, afirma a engenheira de processos da Jasmine, Mariane Bento.

    Outro destaque dos pães sem glúten da marca é o fato de serem elaborados em uma planta exclusiva para receitas sem glúten e sem leite, com rigorosos padrões de qualidade, utilizando matérias-primas com garantia e linha de produção especializada. “Os pães são obtidos pela fermentação biológica e massa preparada com farinha e outros ingredientes provenientes de cereais, grãos ou tubérculos selecionados, com garantia 'gluten free'. Podem ser consumidos em lanches ou como acompanhamento de saladas ou pratos quentes”, explica Bento.

    Atualmente, a linha de pães sem glúten da Jasmine representa 12% do faturamento da empresa, que conta com um portfólio variado, em formatos e sabores, como australiano, fatiado tradicional, com frutas e castanhas e ainda o pão multigrãos. Na linha sem glúten, a marca também possui bolos, biscoitos, granolas, aveias e cookies.

     

  • Vinhos e gastronomia

    Vinho e cinema são temas de live com degustação

    Vinho e cinema são temas de live com degustação

    Cinema e vinho têm muito mais em comum do que se pode imaginar, afinal essa harmonização é cada vez mais vista nas telonas e em filmes que colocam a bebida como tema central. Aliás, essa paixão não fica apenas na ficção. Atores como Brad Pitt e Drew Barrymore integram uma lista hollywoodiana recheada de produtores de vinhos. Para contextualizar esse cenário, a Talk Wine, primeira plataforma brasileira de degustação virtual de vinhos em larga escala, vai mostrar, na prática, e com muito sabor, como essa magia acontece. 

    No próximo dia 26 de setembro, às 20h, a startup paranaense promove a degustação virtual “Vinho & Cinema”, com rótulos selecionados para serem degustados durante uma live no conforto do lar. “Não somos um delivery de vinhos, entregamos uma experiência completa e surpreendente que combina rótulos selecionados com entretenimento, música, cinema e gastronomia”, destaca um dos fundadores da Talk Wine, José Roberto Mattos. 

    Produção das lives da Talk Wine (foto divulgação)

    A degustação “Vinho & Cinema” é resultado de mais de 20 anos de intensa pesquisa realizada pelo jornalista e curador da Talk Wine, Marcelo Copello, que, além de ser um dos nomes mais respeitados do mercado, é pioneiro em mesclar a bebida com arte. O autor dos livros “Vinho e Algo Mais” e “Vinho e Muito Mais” garante uma vivência divertida e interativa, regada a bons vinhos e muito conhecimento. “Faço essa combinação há muitos anos e o sucesso vem do fato de eu ter estudado muito e de me manter sempre atualizado. O evento vai muito além de filmes com cenas de vinho. O tema é abordado de várias maneiras, inclusive, mostrando a familiaridade entre movimentos históricos de ambas as artes”, ressalta o curador, que também é amante da sétima arte.

    Para essa próxima experiência foram selecionados dois vinhos: o tinto argentino Cadus Tupungato Malbec, feito com a uva Malbec, colhida manualmente na região de Tupungato, e amadurecido em barricas de carvalho francês, e o branco nacional Miolo Cuvée Giuseppe Chardonnay, com uvas de pequeno corte, selecionadas nos melhores vinhedos da família Miolo, na região do vale dos Vinhedos.

    Para participar da degustação virtual “Vinho & Cinema” o consumidor acessa o site da Talk Wine (www.talkwine.com.br); escolhe a experiência com a qual mais se identifica (há sempre datas e temáticas diferentes à venda) e compra o passaporte; recebe em casa o kit com dois vinhos, cardápio de receitas para harmonização e dicas para aproveitar ao máximo a participação. No dia e hora programados, basta acessar a live e vivenciar a experiência pela smart TV, tablet ou smartphone. Tudo no conforto e segurança do lar e na companhia dos familiares. E se quiser rever a degustação, também é possível: as transmissões são ao vivo mas permanecem gravadas, permitindo que se assista quantas vezes quiser.

    Os passaportes já estão à venda e custam R$ 349,00. “Quem provar e gostar dos vinhos também pode comprá-los separadamente para degustar de novo ou para presentear. As garrafas ficam à venda avulsamente no e-commerce da Talk Wine enquanto durarem os estoques”, concluiu Mattos. 

    Sobre a Talk Wine

    Primeira plataforma brasileira de degustação virtual de vinhos em larga escala, a Talk Wine tem como proposta de valor ir além da tão sonhada democratização do vinho e levar o melhor deste universo em um clique. A startup paranaense aproxima os já amantes da bebida e a próxima geração de apreciadores por meio de experiências surpreendentes que unem vinho, entretenimento, música, cinema e gastronomia: sommeliers, enólogos, músicos e chefs de cozinha na tela da smart tv, computador ou smartphone e você aproveitando cada minuto do evento no conforto e segurança da sua casa.

    (fonte: Assessoria)

  • Vinhos e gastronomia

    Família Fardo lança degustação de Primavera

    Família Fardo lança degustação de Primavera
    Vinhos Família Fardo (Foto: Divulgação)

    Com a primavera batendo a porta é natural que as pessoas comecem a passear com maior frequência, aproveitando os dias mais longos e tardes mais quentes. Para este período a Família Fardo Vinícola de Quatro Barras separou os rótulos que combinam com a estação das flores: Rosé Malbec, Pinot Noir, Malbec e o Encontro Fiore Rosé, que traz em sua composição 70% Malbec e 30% Malvasia.

    Embora seja possível adquiri-los pela loja virtual, muitos turistas e visitantes chegam a vinícola pedindo por degustação ou visitas. Porém, para a segurança de todos, devido a pandemia esses serviços permanecem suspensos. Contudo, para poder atender a demanda, a vinícola lançou recentemente uma degustação simples e que promete ganhar o gosto das pessoas durante os próximos meses.

    O cliente adquire uma taça de cristal personalizada e recebe 30 ml de quatro vinhos selecionados pela vinícola no dia. Os rótulos todos são apresentados por um representante da casa. Mesas foram colocadas distantes uma das outras em um amplo salão que comporta até 16 pessoas foi reservado. Ao final o cliente leva a taça personalizada para casa. Não é necessário o agendamento.

    “Aos poucos nós vamos nos adaptando a nova realidade. Sempre com segurança e no foco de bem atender o cliente, preservando a sua saúde e dispondo de alternativas de degustação e lazer”, explica Justina Fardo, sócia do empreendimento.

    Sugestões

    A Família Fardo Vinícola separou vários rótulos de Primavera que já estão disponíveis na loja virtual ou mesmo na loja física. Veja as dicas e escolha o seu.

    Rosé Malbec

    Fácil de beber, agradável e refrescante este vinho não é tão leve quanto os brancos e nem tão pesado quanto os tintos, ideal para recepcionar os convidados ou iniciar qualquer refeição, acompanhando saladas, canapés, pratos leves a base de peixes e frutos do mar, bem como pizzas e carnes assadas. Servir refrescado entre 10 a 12°C.

    Pinot Noir

    É um vinho raro e para apreciadores de um estilo de vinho particular em que a cor, o aroma e o sabor fogem ao convencional dos vinhos tintos e convidam a uma quebra de paradigmas. O requinte da uva Pinot Noir combina com os pratos leves e delicados da cozinha contemporânea, ressaltando seu sabor e evoluindo junto com a comida revelando-se mais agradável quando servido levemente refrescado entre 10 e 12°C.

    Malbec

    Vinho orientado a pratos que unem simplicidade e leveza como pizza margarita e carnes grelhadas, entradas com pães, patês, presuntos, queijos e legumes. No prato principal os risotos com cogumelos, cordeiro e carnes temperadas são uma boa proposta para acompanhar este vinho. Servir entre 14 a 16°C.

    Encontro Fiore Rosé

    A combinação inusitada de uma uva tinta – Malbec (força) com uma uva branca – Malvasia (delicadeza) deixam este vinho com caráter “gastronômico” para harmonizar com os pratos leves e delicados da cozinha contemporânea, ressaltando seu sabor e evoluindo junto com a comida. Uma ótima combinação: queijo Brie e mel. Apreciar em temperatura entre 10 e 12°C.

    Kit promocional Primavera

    1 Rosé Malbec 2018

    1 Pinot Noir 2018

    De R$ 106 por R$ 84,60

    Kit promocional Floral

    1 Malbec 2015

    1 Encontro Fiore Rosé (70% Malbec | 30% Malvasia)

    De R$ 103 por R$ 82,40

    Compra online

    Frete grátis para Curitiba e região metropolitana

    WhatsApp (41) 9 9157-6374

    Loja virtual - www.familiafardo.com.br/produtos

    E-mail: loja@familiafardo.com.br

     (fonte: Assessoria)

  • Gastronomia no Paraná

    Sebrae/PR identifica 15 novos produtos com potencial para se tornarem Indicações Geográficas

    Sebrae/PR identifica 15 novos produtos com potencial para se tornarem Indicações Geográficas
    Queijo Purungo de Palmeira (Foto: Divulgação/Daymon Grocheviski)

    O Sebrae irá realizar até o fim do ano, um levantamento de 110 regiões em todo o país, com potencial para conquistarem o reconhecimento oficial como Indicações Geográficas (IG). Até agora, foram realizados os diagnósticos em 79 regiões, a maioria delas voltadas para o agronegócio. O Paraná está entre os destaques nacionais. Apenas no estado, desde o início do ano, já foram identificados 15 novos produtos com possibilidade de registro em diferentes regiões em um trabalho realizado pelo Sebrae/PR, em parceria com o Sebrae Nacional. Outros cinco foram identificados com potencial para se tornarem marcas coletivas e outros produtos ainda estão na fase inicial de trabalho. Recentemente, também foi protocolado o pedido de IG para o Morango do Norte Pioneiro.

    Atualmente, o Brasil possui 70 IG registradas, localizadas principalmente no Sul e Sudeste, onde estão cerca de 60%. Devido à diversidade cultural e ambiental do nosso país, há potencial para que mais regiões brasileiras busquem esse reconhecimento. 

    O Paraná é o terceiro estado com mais Indicações Geográficas, com oito no total. Outros cinco pedidos já foram protocolados no INPI e aguardam aprovação. Os paranaenses com o registro de IG: a erva-mate de São Mateus do Sul, o café do Norte Pioneiro, a goiaba de Carlópolis, o mel do oeste do Paraná, o queijo de Witmarsun, o melado de Capanema, a uva de Marialva e o mel de Ortigueira. Outras cinco já foram protocoladas no INPI: a cachaça de Morretes, as balas de banana de Antonina, o barreado e a farinha de mandioca do Litoral e, recentemente, o Morango do Norte Pioneiro.

    A coordenadora estadual de agronegócios do Sebrae/PR, Maria Isabel Guimarães, explica que o Paraná tem se tornado uma referência no trabalho com as Indicações Geográficas, especialmente desde o início dos trabalhos do Fórum Origens Paraná, encabeçado pelo Sebrae/PR em parceria com outras entidades e instituições. O grupo se destina a debater o assunto, auxiliar e oferecer elementos para os produtores que ainda buscam os registros e potencializar as possibilidades de negócios, inclusive para aqueles que já possuem IG.

    “O Paraná tem uma diversidade enorme de produtos com características únicas em suas regiões. Estamos realizando um trabalho de triagem, diagnóstico e potencialização de novos produtos potenciais, a partir da demanda dos pequenos negócios”, explica.

    A consultora detalha que esse é um trabalho contínuo e que novos produtores também podem entrar em contato com o Sebrae/PR para verificar se possuem potencial para conquistar o selo de Indicação Geográfica. Para mais informações, basta acessar o site do Origens Paraná.

    Estão entre os produtos com potencial de se tornarem IGs: Queijo Purungo de Palmeira, Metais Sanitários de Loanda, Ginseng de Querência do Norte, Tortas de Carambeí, Carneiros da Cantuquiriguaçu, Queijos de Guaraniaçu, Queijo Colonial do Sudoeste do Paraná, Cracóvia de Prudentópolis, Ponkan do Vale do Ribeira, Tilápias do Iguaçu, Vinhos de Bituruna, Uvas de Rosário do Ivaí, Ostras do Litoral, Queijo de Santo Giorno e Tomates de Cantuquiriguaçu.

    Em Querência do Norte, no noroeste do Paraná, o ginseng brasileiro é um dos produtos que também apresentou potencial para obter o registro de Indicação Geográfica, através da modalidade de Denominação de Origem (DO). O ginseng brasileiro é uma planta que possui propriedades medicinais contribuindo para a prevenção de doenças como a diabetes, câncer e tumores. Em seu diagnóstico, o Sebrae avalia que a região possui as características geomorfológicas que propiciariam uma planta com formato e coloração específicas. A planta é cultivada às margens do Rio Paraná, possui uma coloração amarelada e é composto apenas raízes, onde estão as principais propriedades. Atualmente, o ginseng brasileiro é exportado mas ainda encontra pouco espaço no mercado nacional.

    Outro produto paranaense também identificado para o registro de Indicação Geográfica, mas na modalidade Indicação de Procedência, é o queijo purungo de Palmeira, região central do estado. Jiceli Vantroba Comin, é produtora do queijo há 13 anos, e afirma que o queijo é produzido de maneira totalmente familiar e artesanal e possui como um de seus diferenciais a qualidade do leite utilizado como matéria prima e que é produzido no mesmo imóvel onde está localizada a queijaria.

    O produto é vendido apenas no município de Palmeira, mas Jiceli acredita que a longo prazo, com o reconhecimento obtido, será possível ampliar as vendas.

    (fonte: Assessoria)

  • Gastronomia em Curitiba

    Após lotação em tempo recorde, L’Épicerie promove edição extra de jantar harmonizado

    Em apenas 48 horas, os 20 lugares disponíveis para o jantar harmonizado do dia 24 de setembro do L’Épicerie, se esgotaram! Com capacidade reduzida e seguindo todos os protocolos sanitários de segurança, o bistrô francês L’Épicerie vai promover no dia 01 de outubro, a partir das 19h, uma edição extra do tradicional jantar harmonizado do bistrô La Nuit du Vin. Para esta edição extra, a parceria com a importadora Rootstock se mantém, tendo como estrelas da noite os vinhos da vinícola chilena Las Veletas, uma parceria muito bem sucedida entre os enólogos Raúl Dell’Oro e Rafael Tirado, que trabalham juntos para preservar variedades ícones no Chile como País e Carignan. O projeto, que começou como uma brincadeira para amigos e familiares, rendeu vinhos pontuados pela crítica, de baixíssima produção e qualidade diferenciada. O jantar terá um custo de R$ 152 por pessoa + serviço. 

    Para iniciar o jantar, a Mise en bouche, será um Tartar de filé mignon, com tempero tradicional acompanhado de batata ¨gaufrette¨. O espumante brut rosé da Serra Gaúcha, Don Guerino, completará a harmonização. 

    Acompanhando a entrada, o Vol-au-vent de cogumelos com molho cremoso com Brie gratinado, o chileno Las Las Veletas Estate - Viognier 2018.  Essa sugestão de harmonização veio da restauratrice Fanie Delatte, proprietária do L’Épicerie, que conta que na sua terra natal, na região do Rhône, na França, a harmonização de cogumelos cremosos com Viognier é muito tradicional e bem sucedida. 

    Dois vinhos serão servidos, simultaneamente, para acompanhar o prato principal. Os tintos Las Veletas Estate País 2018 (92 pontos Guia Descorchados) e o Las Veletas Cabernet Sauvignon e Cabernet Franc 2016 (95 pontos Guia Descorchados) farão companhia ao Tournedos de mignon ao molho Poivre, servido com confit de cebola e gratin dauphinois. Uma ótima oportunidade para quem ainda não teve a oportunidade de degustar um varietal da variedade chilena País, conhecida por ser a mais emblemática uva chilena. 

    Para finalizar a noite, um clássico: Crème Brûlée de baunilha. 

    O menu harmonizado tem o custo de R$ 152,00 por pessoa + serviço. Sugere-se a reserva prévia, pelo número reduzido de lugares ofertados.  Reservas podem ser realizadas pelo telefone 41 3044 4744 e 41 9 9698 6390, após as 16h. O restaurante L’Épicerie está situado na Rua Fernando Simas, 340, no Bigorrilho. 

    SERVIÇO:

    L’Épicerie

    Rua Fernando Simas, 340 - Bigorrilho

    Fone: 41 3044 4744 / 41 9 9698-6390 (reservas após às 16h)

    www.lepicerie.com.br

    Valor: R$ 152,00 por pessoa + serviço

    Facebook: facebook.com/lepiceriecuritiba/

    Instagram: @lepiceriecuritiba

    (fonte: Assessoria)

     

  • Bares em Curitiba

    Bar Quermesse promove 2º Festival do Torresmo

    Bar Quermesse promove 2º Festival do Torresmo
    Torresmo do Quermesse (Foto: Divulgação)

    O torresmo é um preparo culinário feito de pele de porco com gordura cortado em pequenos pedaços e frito até ficar crocante. No Brasil, a iguaria passou a ser bastante utilizada como petisco ou em outros pratos como feijoada e feijão tropeiro. Após conquistar a mesa dos brasileiros, o torresmo ganha agora o segundo festival na capital paranaense. 

    Na próxima semana, entre os dias 22 e 26 de setembro, o Bar Quermesse vai sediar o 2º Festival do Torresmo de Curitiba. Durante o festival, o bar vai servir diversas opções do preparo, que serão comercializados por preços entre R$ 10 e R$ 20. “O Torresmo é um preparo muito tradicional no Brasil, mas que nunca ganhou um lugar de destaque em nossa gastronomia. Com o festival, queremos valorizar essa iguaria que faz parte da vida dos brasileiros”, comenta José Araujo Neto, sócio proprietário do Quermesse. 

    No evento, estarão disponíveis quatro receitas: torresmo em tira, torresmo tradicional, torresmo de rolo e torresmo pururuca. Para harmonizar com os preparos, o Bar Quermesse conta com dezenas de rótulos de cervejas nacionais e importadas, cachaças artesanais, caipirinhas com sabores especiais e drinks autorais. Vale lembrar que o empreendimento segue todas as recomendações dos órgãos responsáveis com relação aos cuidados de saúde.. 

    A 2º edição do Festival do Torresmo de Curitiba será realizada entre os dias 22 e 26 de setembro, no bar Quermesse (Rua Carlos Pioli, 513 - Bom Retiro), a partir das 17h. Mais informações pelo telefone (41) 3026-6676.

    (fonte: Assessoria)

     

  • Vinho e gastronomia

    Vinícola Julia Kemper Wines com novidades no Brasil

    Vinícola Julia Kemper Wines com novidades no Brasil
    Vinhos Julia Kemper (Foto: Divulgação)

    Quando foi chamada para uma conversa com o pai no ano 2000, a bem-sucedida advogada lisboeta Julia de Melo Kemper, não tinha ideia da reviravolta que daria a vida dela. António Melo queria passar à filha uma missão: a continuação do legado de mais de 400 anos da família, de tradicional história na agricultura do Dão, onde o patriarca mantinha, em Oliveira – Mangualde, a Quinta do Cruzeiro. Julia, que recusara a herança em outras oportunidades, desta vez decidiu abraçar a ideia. Em 2003, a advogada tornou-se também agricultora. E foi assim que iniciei uma grande aventura, alargando o meu horizonte até ao mundo onde tudo começou: a Natureza", diz Julia Kemper. Não à toa, os vinhos Julia Kemper Wines colecionam prêmios, caso do recente conquistado na Feira de Vinhos do Dão, onde levou o prêmio de melhor vinho branco da região.  

     A opção desde o início foi pela agricultura biológica, afinal Julia já conhecia e apreciava a filosofia biodinâmica de Rudolf Steiner. "Nem me passou pela cabeça não tratar a minha terra como o fazia com a minha família: biodinamicamente", costuma dizer Julia Kemper. "As nossas vinhas passaram a ser prados onde toda a vida labora, para me ajudar a produzir as melhores e mais saudáveis uvas para vinho", completa a produtora. 

    A primeira colheita, de 2008, chegou ao mercado dois anos depois, em 2010. E o sucesso instantâneo de crítica e público mostrou que as escolhas de Julia estavam corretas. "A imprensa portuguesa e estrangeira começou a espalhar que havia boas novas no Dão", lembra a produtora. Vieram prêmios em concursos dentro e fora de Portugal, reconhecimento da imprensa especializada e um número cada vez maior de clientes interessados em experimentar o novo vinho do Dão, do qual tão bem falava-se. 

    E apenas dez anos depois do lançamento, os vinhos elegantes, com deliciosa acidez, aromas florais e uma textura incrível de Julia Kemper chegam a praticamente metade do planeta. 

    Respeito com a natureza

    Com produção orgânica e vegan, a Julia Kemper Wines respeita o terroir do Dão, extraindo o melhor da vinha de forma natural, sem adição de compostos químicos na produção. 

    Enoturismo

    Bem mais que vinhos, Julia Kemper Wines se dedica a toda uma história na cultura vinífera de Portugal, enaltecendo a tradição de seus valores junto a modernidade em produzir vinhos. E para compartilhar dessa experiência, a vinícola oferece degustações guiadas por profissionais que explicam sobre a história de cada rótulo e sua produção. A "viagem" acontece na Adega em Oliveira - Mangualde, no Dão ou na Embaixada da vinícola no bairro de Príncipe Real, em Lisboa. 

    Vinhos no Brasil

    No Brasil, Julia Kemper Wines é representada por duas importadoras: Caves Santa Cruz (com sede em São Paulo), e a Mayer Importadora (com sede em Florianópolis). E apresenta os seguintes vinhos orgânicos e biodinâmicos:  Julia Kemper Elpenor; Julia Kemper Branco, Julia Kemper Touriga Nacional 2012 e Julia Kemper Vinhas Selecionadas 2012 e Julia Kemper Elpenor Blanc de Noir 2018. 

    Em breve a vinícola lançará por aqui o tinto da linha do excelente Julia Kemper Curiosity - Edição Limitada (previsto para início de setembro). O nome do vinho e a arte do rótulo são inspirados na saga da Nasa e da nave que usou para chegar a Marte - a demanda ancestral de alargar o conhecimento.  

    A vinícola será uma das estrelas no evento "Vinhos de Portugal", que ocorre entre os dias 23 e 25 de outubro (em formato digital esse ano). "Com as nossa ações, apresentações e comunicação dos vinhos da vinícola Julia Kemper Wines no Brasil, pretendo aproveitar o interesse crescente dos brasileiros pelo vinho e nomeadamente o vinho português. Ainda mais especificamente pelo recrudescer da região do Dão no mundo e, claro, também no Brasil. Com entrada dos vinhos da nossa vinícola e a elegância da região que os caracteriza, espero a sua entrada na restauração brasileira, como parceira ideal para apreciar os nossos vinhos", diz Julia. 

    (fonte: Divulgação)

  • Chocolate em Curitiba

    Festival das Trufas Cacau Show tem lançamento de novo sabor

    Festival das Trufas Cacau Show tem lançamento de novo sabor

    A maior rede de chocolates finos do mundo, Cacau Show, apostou em um lançamento imperdível para o tão esperado Festival de Trufas 2020. A ação acontece até dia 25 de outubro com todos os sabores de trufas disponíveis. O lançamento deste ano, que inclui um dos ingredientes mais amados pelo público, é a Trufa Artesanal de Leite Condensado 30g que não vai decepcionar os amantes de trufa, é feita artesanalmente e possui um recheio cremoso e saboroso de leite condensado, além de cobertura de chocolate ao leite.

    Único momento de promoção das trufas 30g, o Festival de Trufas é uma campanha aguardada pelos consumidores, são diversas opções das famosas trufas, além das artesanais e zero. Além dessa novidade, a marca traz também a Trufa Artesanal Chocolate e Nozes 30g, combinação imperdível. E para finalizar a composição do mix, apresenta as latas matrioskas que são colecionáveis e ótimas para organizar, guardar objetos e decorar.

    Para os Cacau Lovers (que realizam compras somente a partir do CPF) foram compostos combos promocionais: na compra de 06 trufas de 13,5g por apenas R$ 10,00 e 04 trufas de 30g por R$ 10,00, único momento do ano em que as trufas 30g estão em promoção. E comprando um dos combos de trufas acima, o consumidor da marca tem desconto também na lata matrioskas: a opção preta P de R$ 13,90 sai por R$ 6,90; a Rose M de R$ 18,90 por R$ 9,90; e, por fim, a Branca G de R$ 23,90 por R$ 14,90.

    (fponte: Assessoria)

  • Drinks e bebidas

    Aperitivo francês Lillet faz sucesso em Curitiba

    Aperitivo francês Lillet faz sucesso em Curitiba
    Lillet no brunch do Nomade (Foto: Divulgação)

    O aperitivo francês Lillet  fez parte do lançamento do novo brunch do premiado restaurante Nomade, dentro do Nomaa Hotel, no último final de semana. Distribuído pela Jigger Spirits, especializado em bebidas premium , o Lillet é um ícone nos bares europeus mais descolados. Super versátil, pode ser aproveitado em drinks criativos ou ao natural, bem gelado,

    O Lillet já faz parte da carta de bebidas do Nomade. Feito à base de vinho e licor de frutas, a bebida é produzida desde 1872 em Bordeaux, na pequena vila Podensac. Na receita, combina uvas Semmillon, Grenache e Sauvignon Blanc com licor da casca de laranja e quinino. Passa por envelhecimento durante um ano em barris de carvalho. 

    Por ser muito versátil, cai bem pura e também em drinks, mas sempre mantendo os seus clássicos: Lillet Vive (com tônica), Lille Spritz (com champagne) e Vesper (com gin). O Aperitivo Lillet possui uma graduação alcoólica de 17%.

     O aperitivo pode ser encontrado em bares, restaurantes e empórios parceiros da Jigger, e também na loja virtual (www.loja.jigger.com.br)

    (fonte: Assessoria)

  • Confeitaria em Curitiba

    Sodiê Curitiba lança kit para Dia das Crianças

    Sodiê Curitiba lança kit para Dia das Crianças

    Para deixar o Dia das Crianças ainda mais especial, a Sodiê Doces Curitiba lança um kit que vai transformar os pequenos em verdadeiros confeiteiros profissionais.

    A caixa traz duas versões dos mais que populares cupcakes, um com massa branca e outro com massa de chocolate, além de dois tubetes com confeitos coloridos, um bisnaga de leite condensado e um cone plástico de confeitar com brigadeiro.

    Cada kit custa R$ 39,90 e está a venda nas lojas de 20/9 a 12/10.

    Os contatos de cada unidade podem ser obtidos no site oficial da marca: www.sodiedoces.com.br/lojas

    (fonte: Assessoria)

     

  • Drinks e bebidas

    Negroni Week 2020 traz o conceito "Drink For A Cause"

    Negroni Week 2020 traz o conceito "Drink For A Cause"
    Versões do Negroni (Foto: Divulgação)

    A edição 2020 da clássica Negroni Week estreia com o conceito “Drink For a Cause” no qual fez uma seleção especial de estabelecimentos de todo o país para receber o evento. A iniciativa da Campari com a Imbibe vai celebrar a Negroni Week em Curitiba entre os dias 14 e 20 de setembro e a Bulldog Tabacaria foi um dos estabelecimentos convidados. Na Bulldog será possível comprar o kit Negroni Week Drink For a Cause para experimentar em casa versões do Negroni criadas por Marcelo Prantoni, bartender premiado nacionalmente, e convidado pela Bulldog para criar dois Negronis exclusivos para o evento.

    As releituras do Negroni criadas por Marcelo Prantoni refletem características da Bulldog e do bartender, que apostam em drinks saborosos e diferentes.  O primeiro deles é o Negroni Bull, para o qual Marcelo desenvolveu um ingrediente à base de gin que traz notas de tabaco e cacau, perfeito para harmonizar com charutos. O segundo é à base de Sakê, uma versão aromática, delicada e suave do Negroni, remetendo as origens orientais de Prantoni. Para quem quiser manter o sabor tradicional, o Negroni clássico com gin, Vermute Cinzano 1757 e Campari também está na carta de drinks da Bulldog.

    “Ficamos muito felizes por ser um dos espaços escolhidos para receber o evento. A Negroni Week é referência em criatividade e qualidade e agora inovando com os kits para consumo em casa”, conta Carolina Macedo, sócia da Bulldog. O kit tem valor de R$ 90 e é exclusivo para delivery e retirada.

    A Bulldog está aberta ao público, mas seguindo orientações sanitárias rígidas, como limite do número de clientes na área de degustação, uso de máscara obrigatório, umidor com acesso apenas pelos colaboradores, cardápio via QR Code e álcool em gel em todas as mesas.

    A Bulldog Tabacaria está aberta para o público e take away de segunda a sexta-feira, das 12h às 20h, e aos sábados, das 10h às 16h. Para delivery do kit da Negroni Week os pedidos devem ser realizados pelo Whatsapp (41) 987363251. A casa fica na Rua General Aristides Athayde Júnior, 254, Bigorrilho. Mais informações em www.instagram.com/bulldog_tabacaria.

    (fonte: Assessoria)

  • Bares em Curitiba

    Almoço de sábado no Wit tem duas versões de feijoada

    Almoço de sábado no Wit tem duas versões de feijoada
    Feijoada do Wit Bar (Foto: Divulgação)

    A brasileiríssima feijoada é a atração gastronômica especial do Wit Bar no almoço de sábado. A casa voltou à ativa no início de setembro, após passar seis meses fechada. O retorno é marcado por novidades gastronômicas, enquanto os shows ainda não podem acontecer por conta da prevenção ao Covid-19. A feijoada é servida das 11h30 às 16h. A casa fecha então às 17h. Volta a abrir das 18h30 às 23h com seu cardápio tradicional (petiscos, pratos e sushi bar). 

    Visando o conforto e segurança dos clientes neste momento de pandemia, o Wit apresenta a feijoada no formato à la carte, ao invés do tradicional serviço de buffet. Assim, não é preciso enfrentar filas, pois o prato é levado até a mesa. “O cliente pode vir com expectativa de ser bem servido e em segurança”, comenta o chef da casa, Vinicius Mafra. 

    Serão apresentadas duas versões. A Feijoada Completa inclui bacon, orelha, rabo, pé, carne seca, costelinha, lombo, paio e calabresa. Já a Feijoada Light apresenta apenas os cortes de paio, calabresa, lombo, costelinha e charque. Cada uma sai a R$ 39 para uma pessoa, ou a R$ 59 para duas. As duas opções contam com acompanhamentos: arroz, farofa, vinagrete, torresminho, couve, banana e laranja. 

    Chef do Wit desde a inauguração, Mafra tem grande experiência com feijoadas. Iniciou fazendo em casa, para os amigos, e há dez anos, começou a trabalhar profissionalmente com o típico prato brasileiro no bar CanaBenta. Mais tarde, assumiu a cozinha do bar Santa Marta, preparando feijoada no estilo buffet toda a semana. 

    O Wit Bar reabriu as portas com um cuidadoso planejamento de prevenção contra a Covid-19. Toda a equipe foi treinada para trabalhar com segurança e cuidado. Entre outras medidas, foram adotados: redução da capacidade de público, maior espaçamento entre as mesas, disponibilização de álcool em gel por toda a casa. 

    Wit Bar 

    Endereço: Rua Itupava, 1163 - Alto da XV, Curitiba - PR

    Funcionamento: de segunda a sábado. Terça a sexta, das 18h às 23h. Sábado das 11h30 às 16h e das 18h30 às 23h.

    Informações: (41) 3042-3979 | www.facebook.com/witbarcuritiba/ | www.witbar.com.br

    (fonte: Assessoria)

     

  • Gastronomia em Curitiba

    Primavera chega com novos pratos no Vindouro

    Primavera chega com novos pratos no Vindouro
    Brie empanado é um dos novos pratos (Foto: Divulgação)

    A primavera começa na próxima semana com novidades no cardápio no Restaurante Vindouro. São novas opções de entradas, massas, frutos do mar, carnes e sobremesas, desenvolvidas pelo chef Rafael Korioluk. As criações seguem a linha da melhor gastronomia contemporânea de Curitiba (reconhecida pelo prêmio WeSeek Food 2019). 

    Um dos destaques é o Camembert empanado, abacaxi grelhado e geléia de pimenta (R$ 54), uma entrada que tem tudo para agradar os paladares mais exigentes. Nas massas, as novidades são o Soffioti gratinado de queijo cremoso e Parma com ragu de tomate (R$ 82) e o Cappelletti ao molho de queijos (R$ 53). E nos frutos do mar, os Camarões com fonduta de queijo suíço e palmito pupunha (R$ 115) e a Lagosta com creme de castanha de caju e risoto de limão siciliano (R$ 180). 

    Nas carnes, o tradicional Mignon ao molho de mostarda Dijon ganha agora a guarnição do Soffioti gratinado de queijo cremoso e Parma com ragu de tomate (R$ 89). E nas sobremesas, as novidades são o Bolo Tres Leches, tradicional receita de bolo colombiano (R$ 24), e o Pudim de leite com cúpula de caramelo (R$ 22). 

    Bolo três leches: no Vindouro é sempre a minha escolha! (foto divulgação)

    “A melhoria contínua do nosso cardápio busca desafiar o cliente para novas experiências gastronômicas. A variação de sabores e aromas me traz muitas alegrias”, explica o chef Rafael Korioluk. 

    E todas essas novidades continuam contando com uma das melhores cartas de vinho da cidade. São mais de 400 rótulos, dos melhores produtores de todos os continentes. 

    O novo cardápio estreia já nesta sexta, dia 18. O Vindouro abre todos os dias para almoço e de segunda a sábado para jantar. 

    Serviço:

    Restaurante Vindouro. Rua Guarda-mor Lustosa, 129, Juvevê, Curitiba. Reservas: 3027-0700. www.vindouro.com.br

    (fonte: Assessoria)

  • Vinhos e gastronomia

    Semana do cliente: VinVino oferece desconto especial

    Semana do cliente: VinVino oferece desconto especial

    A VinVino loja online oferece 15% off e frete grátis para todo o Brasil em todos os rótulos nacionais e importados até domingo (20). A ação alusiva ao Dia do Cliente, comemorado terça-feira (15), é uma forma do e-commerce agradecer aos seus clientes pelo crescimento exponencial registrado nos últimos meses.  

    Para ter acesso ao desconto, basta digitar o cupom CLIENTEVV em www.vinvino.com.br

    A VinVino tem como principais diferenciais a atenção ao cliente na hora da escolha dos rótulos para a compra, trazendo possibilidades de harmonizações e combinações específicas para datas comemorativas e momentos marcantes da vida das pessoas. A loja online possui as melhores condições de armazenamento e de higiene no momento de entrega dos produtos. Além disso, é reconhecida pela agilidade e pontualidade na entrega. 

    (fonte Assessoria)

  • Gastronomia em Curitiba

    La Nuit du Vin destaca vinhos chilenos ao L'Épicerie

    La Nuit du Vin destaca vinhos chilenos ao L'Épicerie
    Fachada do L'Épicerie (Foto: Divulgação)

    Com capacidade reduzida e seguindo todos os protocolos sanitários de segurança, o bistrô francês L’Épicerie promove no dia 24 de setembro, a partir das 19h, mais uma edição da já tradicional La Nuit du Vin. Para esta edição, uma parceria com a importadora Rootstock, trás como estrela da noite os vinhos da vinícola chilena Las Veletas, uma parceria muito bem sucedida entre os enólogos Raúl Dell’Oro e Rafael Tirado, que trabalham juntos para preservar variedades ícones no Chile como País e Carignan. O projeto, que começou como uma brincadeira para amigos e familiares, rendeu vinhos pontuados pela crítica, de baixíssima produção e qualidade diferenciada. O jantar terá um custo de R$ 152 por pessoa + serviço. 

    Para iniciar o jantar, a Mise en bouche, será um Tartar de filé mignon, com tempero tradicional acompanhado de batata ¨gaufrette¨. O espumante brut rosé da Serra Gaúcha, Don Guerino, completará a harmonização. 

    Acompanhando a entrada, o Vol-au-vent de cogumelos com molho cremoso com Brie gratinado, o chileno Las Las Veletas Estate - Viognier 2018.  Essa sugestão de harmonização veio da restauratrice Fanie Delatte, proprietária do L’Épicerie, que conta que na sua terra natal, na região do Rhône, na França, a harmonização de cogumelos cremosos com Viognier é muito tradicional e bem sucedida. 

    Dois vinhos serão servidos, simultaneamente, para acompanhar o prato principal. Os tintos Las Veletas Estate País 2018 (92 pontos Guia Descorchados) e o Las Veletas Cabernet Sauvignon e Cabernet Franc 2016 (95 pontos Guia Descorchados) farão companhia ao Tournedos de mignon ao molho Poivre, servido com confit de cebola e gratin dauphinois. Uma ótima oportunidade para quem ainda não teve a oportunidade de degustar um varietal da variedade chilena País, conhecida por ser a mais emblemática uva chilena. 

    Para finalizar a noite, um clássico: Crème Brûlée de baunilha. 

    O menu harmonizado tem o custo de R$ 152,00 por pessoa + serviço. Sugere-se a reserva prévia, pelo número reduzido de lugares ofertados.  Reservas podem ser realizadas pelo telefone 41 3044 4744 e 41 9 9698 6390, após as 16h. O restaurante L’Épicerie está situado na Rua Fernando Simas, 340, no Bigorrilho. 

    SERVIÇO:

    L’Épicerie

    Rua Fernando Simas, 340 - Bigorrilho

    Fone: 41 3044 4744 / 41 9 9698-6390 (reservas após às 16h)

    www.lepicerie.com.br

    Valor: R$ 152,00 por pessoa + serviço

    Facebook: facebook.com/lepiceriecuritiba/

    Instagram: @lepiceriecuritiba

    (fonte: Assessoria)

  • Gastronomia em Curitiba

    Chefs preparam pratos sugeridos por colaboradores da Alegra

    Chefs preparam pratos sugeridos por colaboradores da Alegra
    Caldeirada suína (Foto: Divulgação)

    Uma caldeirada que ao invés de peixe, camarão e lula leva cortes de costelinha suína, calabresa e bacon. Esse foi o prato que mostrou que o médico veterinário sanitarista Marlon Vanderlei Weirich Pappen também leva jeito para a cozinha. A receita foi destaque de uma ação interna da Alegra, indústria de alimentos derivados de carne suína, que convocou seus colaboradores para uma premiação diferente. 

    Com o objetivo de reunir novas receitas e de conhecer os pratos favoritos dos colaboradores e suas famílias, a empresa propôs o envio de cardápios com carne suína para serem avaliados por três chefs de cozinha, que foram os jurados da competição. Os responsáveis por indicar as cinco melhores sugestões foram os chefs Délio Canabrava, da Cantina do Délio, Estofaria e Bar Canabenta, Maurício Fontana, do  Gordo & Magro Gastrobar e Rafael Kula, do Quitutto Gastrobar. 

    Após a seleção, as melhores receitas foram reproduzidas e provadas pelos chefs para atestar a qualidade e sabor das novidades. A receita que mais chamou atenção foi a Caldeirada Suína, por unir um prato tradicional a novos  ingredientes. “Esse prato foi o maior diferencial da ação, pois trouxe uma receita já conhecida na gastronomia, mas que costuma ser composta por outros tipos de carne e que, neste caso, funcionou muito bem com a opção suína”, explica o chef Maurício Fontana.

     

    Chefs que participaram da ação: Délio Canabrava, Rafael Kula e Maurício Fontana

    Foram premiados também os pratos: Lombo Recheado com Farofa Alegra da colaboradora Mariana Novais Bonifácio, o Feijão Mexicano, de Daniele Gabriel Oliveira, a Sobrepaleta com Molho de Mostarda e Mel, de Ariel Correia Vieira e a Lasanha de Pernil Alegra, da vovó de Karime Podolan.  

    Sobre a iniciativa, que premiou os colaboradores vencedores, o chef Délio Canabrava ressalta que é uma forma de incentivar a gastronomia e inovação na cozinha dentro dos lares. “Essa ação fomentou a criatividade e o uso de uma carne tão saborosa e tão saudável. As receitas foram muito bacanas. Foi possível perceber o gosto das pessoas pela gastronomia com ideias tão diferentes”, conta Délio.

    Abaixo você pode conferir a receita vencedora completa. Bom apetite! 

     CALDEIRADA SUÍNA

    Ingredientes:

    • 1,200kg costela suína Alegra
    • 200 gramas calabresa Alegra em rodelas
    • 0,600 kg batata cortada as rodelas grossas.
    • Páprica apimentada a gosto
    • 300 gramas de bacon Alegra em cubos
    • 4 cebolas médias cortadas as rodelas grossas
    • 6 dentes de alho
    • 4 tomates maduros sem pele e sem sementes
    • 1 unidades de pimentão verde
    • 1 pimentão vermelho
    • 1/2 ramo de salsinha
    • Azeite de 1.5º de acidez
    • 1 litro de vinho branco
    • 500 ml cerveja preta
    • 500ml de água
    • Sal a gosto

    Modo de preparo:

    1. Corte a costela suína Alegra e coloque os alhos picados, páprica e o sal, ficando assim de um dia para o outro.

    2. Coloque em uma panela de ferro camadas alternadas de cebola, os pedaços da costela suína Alegra, bacon Alegra, calabresa Alegra, batatas, tomates e assim sucessivamente, sendo a última camada de cebola e tomate. Regue com azeite e o vinho, junte a salsa e os pimentões em tiras.

    3. Leve ao fogo forte até ferver, depois deixe cozinhar em fogo brando por cerca de 1h e 30m, tendo o cuidado de conservar o tacho tapado e misturar de vez em quando sem alterar as camadas.

    NOTA: é importante que o azeite tenha este grau de acidez, isto porque ele resiste a altas temperaturas. 

    (fonte: Assessoria)

  • Vinhos e gastronomia

    Vinícola Aurora lança linha Gran Reserva

    Vinícola Aurora lança linha Gran Reserva
    Linha Gran Reserva (Foto: Eduardo Benini)

    No mês em que o Rio Grande do Sul celebra a Revolução Farroupilha, vem da região que foi palco de muitas batalhas, os dois novos rótulos da Vinícola Aurora. Em busca da expressão máxima do terroir Campanha Gaúcha, a cooperativa apresenta a linha Gran Reserva, nas variedades Tannat e Cabernet Sauvignon, ambos da histórica safra 2018.  A linha Gran Reserva faz parte do projeto da Vinícola Aurora que mostrará a diversidade do vinho brasileiro, com castas emblemáticas de diferentes regiões do país. Os dois rótulos completam o portfólio que abrange 13 marcas, com 220 itens.   
     
    Com a potência característica da variedade, o Aurora Gran Reserva Tannat 2018 tem coloração rubi intensa, aroma com intensidade média alta, lembrando frutas vermelhas como framboesa, groselha, ameixa e toque mentolado, além de notas de madeira tostada, já que o vinho tem passagem de 12 meses por barricas de carvalho francês. Apresenta boa acidez, tanino potente, agradável, com bom volume de boca, boa estrutura e tem grande potencial de guarda. 

    De coloração semelhante e mesmo potencial de guarda, o Aurora Gran Reserva Cabernet Sauvignon 2018 tem aroma que lembra frutas negras maduras, especiarias, cravo e eucalipto, notas de madeira tostada, café e chocolate. No paladar é um vinho de excelente equilíbrio álcool/acidez, com tanino maduro e aveludado, de corpo médio alto e boa estrutura.                    

    O enólogo-chefe da Aurora, Flávio Zilio, adianta que os vinhos Aurora Gran Reserva têm como característica o fato de serem elaborados com uvas de excelente maturação, sem uso de chaptalização (que é a adição de açúcar no mosto utilizada para elevar a graduação de álcool), e com as variedades que mais se adaptaram à região onde foi produzido.         

    “Estamos escrevendo mais uma página muito importante na história de quase 90 anos da vinícola, com dois grandes produtos que vão surpreender o consumidor que busca novidades e vinhos especiais, de uma grande safra”, garante.Zilio acrescenta que a cooperativa viabilizou os novos rótulos através de parceria com um produtor da Campanha Gaúcha e que também levou em conta a boa aceitação do mercado brasileiro para as variedades Tannat e Cabernet Sauvignon.                   

    Os vinhos Gran Reserva 2018 tem edição limitada de 27,5 mil garrafas de cada variedade. O preço de referência (na loja da vinícola, em Bento Gonçalves) é de R$ 59,90.       

    Para harmonizar com o Aurora Gran Reserva Tannat, as sugestões são os clássicos da região da fronteira: carré de cordeiro, entrecot grelhado e costela bovina. A potência da variedade também combina com churrasco e queijos fortes. As harmonizações sugeridas com o Aurora Gran Reserva Cabernet Sauvignon também incluem carnes vermelhas, como picanha grelhada e costela de cordeiro, e ainda massas ao molho funghi, risoto de funghi e queijos médios.   

    (fonte: Assessoria)

Quem faz o blog

DESTAQUES DOS EDITORES