• Pandemia

    Especialista dá dicas sobre ensino remoto para crianças de 3 a 5 anos

    Especialista dá dicas sobre ensino remoto para crianças de 3 a 5 anos
    (Foto: Freepik)


    Em todo o país, alunos das redes pública e privada, da Educação Infantil ao Ensino Superior, estão tendo aulas e atividades remotas para seguir as recomendações de distanciamento social causada pela pandemia da Covid-19. Diante este cenário, o segmento de Educação Infantil e as demandas das escolas que possuem este segmento, tem demandado esforço dos docentes/gestores para encontrar alternativas às aulas presenciais.

    Com a proposta de auxiliar os pais nesse período e apresentar um formato mais adequado para manter as disciplinas escolares dessas crianças, o Professor Douglas Lopes, Assessor Pedagógico do SAE Digital, apresenta algumas dicas e ferramentas que podem ser úteis para assegurar os alunos e ceder a assistência essencial durante as aulas, os exercícios e as atividades extracurriculares que os educadores recomendam.

    Antes de qualquer coisa, é importante entender que isolamento social não é sinônimo de férias, as crianças necessitam ter a rotina e cumprir a carga horária apresentada pelas escolas. “Ter esse primeiro ponto em mente é ideal para evitar frustrações de pais e filhos, nada de sobrecarregar as crianças, é importante balancear as atividades com brincadeiras lúdicas e interativas, já que nessa faixa etária as escolas costumam apresentar tarefas educativas nestes formatos”, explica o Professor Douglas.

    Outro ponto a se frisar é: casa não é escola. É importante explicar às crianças que nesse momento o aprendizado será de forma on-line, contando de forma educativa a atual situação ligada a pandemia. Exigir que a criança se comporte da mesma maneira que estaria na escola não é o ideal, isso pode causar irritabilidade aos pequenos e afetar a paciência dos pais. Não é necessário se cobrar tanto quanto ao ensino e resultados, pais não são professores, a proposta é apenas apoiar e ajudar durante esse processo. E a rotina de aprendizado é imprescindível para as crianças, é adequado que seja considerado o espaço e as possibilidades do ambiente domiciliar a partir dos direcionamentos feitos pelas escolas em seus programas.

    Para deixar a criança mais a vontade é interessante preparar um ambiente adequado para o momento das aulas. “Não precisa mudar a decoração da casa, mas trazer um cantinho com colagens, atividades realizadas pelas crianças, até mesmo, porque esse momento é válido a partir das experiências, das interações e das brincadeiras sobre os objetivos de aprendizagem e desenvolvimento determinados pelos direcionamentos das escolas, sobretudo, propiciar um ambiente pedagógico ainda que seja em casa estimula o aprendizado”, comenta o professor.



    Além dessas, o profissional apresenta mais dicas essenciais que podem auxiliar nesse período, são elas:

    Respeite a vontade da criança - é necessário levar em consideração a vontade das crianças, elas estão em um período de aprendizagem, tudo tem seu tempo mesmo que seja durante as brincadeiras educativas. Respeitar o tempo da criança e evitar comparações é um ponto conveniente para o desenvolvimento.

    Mantenha contato com a escola - essa dica é especialmente útil para tempos de ensino à distância. A primeira infância é uma faixa etária muito delicada para acompanhar aulas on-line e o ensino remoto pode não trazer os mesmos resultados. Para além das atividades extras desenvolvidas em família, se a criança não estiver conseguindo acompanhar as aulas ou tarefas escolares, vale pedir ajuda da escola;

    Acompanhamento de um adulto – estar junto da criança nesse momento é ideal para ajudar no processo de aprendizagem. A criança precisa ter alguém ao seu lado para tirar dúvidas e também para acompanhá-la nas atividades, mas também é importante dar liberdade para que os pequenos realizem as atividades sozinhos. O aluno protagonista é o que queremos.

    Utilize de jogos e brincadeiras - durante esse processo durante o processo usar ferramentas lúdicas e criativas ajudam no aprendizagem e desenvolvimento das crianças. É adequado que essas ferramentas sejam monitoradas e acompanhadas por um adulto e essa ludicidade compõe inúmeras possibilidades, contação de histórias, construção de jogos e brinquedos com materiais recicláveis, construção de fantoches, experiências científicas, experiências culinárias, etc.

  • Boa pedida

    Nova série infantil 'Ovinhos'  chega para alegrar as crianças isoladas

    Nova série infantil 'Ovinhos'  chega para alegrar as crianças isoladas
    (Foto: Reprodução)

    A apresentadora Sabrina Sato, mãe da pequena Zoe, sabe bem a importância de oferecer conteúdos de qualidade às crianças, principalmente nesse duro momento de isolamento social. Por isso, a sua produtora Sato Rahal e o Studio Ovinhos se engajaram na criação de uma animação especialmente voltada ao projeto Viva Personas, da Associação Viva e Deixe Viver. O resultado do trabalho, com participação dos cinco personagens do desenho infantil Turma do Ovinhos, pode ser conferido por todas as crianças e famílias a partir desta sexta-feira (14) no site Bisbilhoteca Viva (http://www.bisbilhotecaviva.org.br). 

    Impedidos de entrar nos 86 hospitais que frequentam regularmente, os 1,3 mil voluntários da Viva agora contam com apoio de personalidades para narrar histórias às crianças e jovens isolados nos quartos de hospitais ou de suas casas. Os Ovinhos escolheram a história "Ser Feliz", de Ricardo Valverde, para abordar temas como amor, felicidade, carinho e amizade. No desenho, a Turma do Ovinhos é composta pelo robozinho Senhor Valente e quatro bichinhos recém-nascidos e inseparáveis, que ainda não saíram totalmente de suas cascas: o patinho amarelo Bimbi, a peixinha roxa Lica, o jacarezinho verde Cecéu e a pintinha rosa Titi.
    Além da Turma do Ovinhos, as crianças ainda poderão se divertir com histórias contadas por personalidades como Antonio Fagundes, Giovanna Antonelli, Cláudia Raia, Jarbas Homem de Mello, Emicida, Sophia Abrahão, entre muitos outros.

    Clique aqui para ler esse post completo.

  • Crise

    Pesquisa mostra que 36% das mães paranaenses perderam o emprego durante a pandemia

    Pesquisa mostra que  36% das mães paranaenses perderam o emprego durante a pandemia
    (Foto: Freepik)

    A pandemia por coronavírus provocou um embate no Brasil, manter uma quarentena rígida, ou adotar medidas mais flexíveis para limitar o impacto econômico da crise? O impacto já está sendo sentido; E a Famivita, em seu mais recente estudo constatou que 52% das mães com filhos pequenos perderam renda, de forma direta ou indireta, desde que a quarentena começou.

    Não bastasse a perda de renda, o estudo também constatou que 39% das mães perderam seus empregos durante a pandemia, incluindo as trabalhadoras informais. Para referência, antes da pandemia, pelo menos 53% das entrevistadas tinham um trabalho. Segundo a pesquisa, 36% das mães paranaenses perderam o emprego. 

    As grávidas também estão sofrendo com a crise, e 34% delas perderam seus empregos, desde que a pandemia começou. Até mesmo mulheres que não trabalhavam antes, acabaram perdendo renda de forma indireta, com a perda por parte de membros da família. E, outro ponto a ser considerado, é que até mesmo as participantes que ainda possuem emprego, acabaram perdendo renda.

    O estudo ainda aponta que, embora em Santa Catarina, somente 28% das mulheres tenham perdido o emprego, metade delas perdeu renda. A mesma coisa acontece no Rio Grande do Sul, 31% das participantes perderam o emprego, e 51% sofrem com perda de renda. Já no Amazonas os números são balanceados e 61% das entrevistadas perderam o emprego, e 58% renda. Em São Paulo, 33% das participantes perderam seus empregos, sendo que 49%, quase metade, perdeu renda. E no Rio de Janeiro, 35% perderam seus empregos, sendo que 45% perderam renda.

  • Para os pequenos

    Galinha Pintadinha anuncia nova live. Saiba todos os detalhes

    Galinha Pintadinha anuncia nova live. Saiba todos os detalhes
    (Foto: Divulgação)

    Os pequenos fãs pediram e a Galinha faz sua segunda apresentação em 2 de julho, mantendo o formato inovador, que mistura teatro, fantoches, músicas de sucesso de seu repertório e ainda haverá uma festa surpresa para comemorar o aniversário do Pintinho Amarelinho

    A Galinha Pintadinha, fenômeno da internet e uma das marcas infantis mais queridas pela criançada, entrou na onda das lives, e o sucesso da sua primeira experiência levou seus pequenos fãs a pedirem mais. Ela prontamente os atendeu e fará sua segunda live no dia 2 de julho, quinta-feira, às 19 horas, no canal da Galinha Pintadinha Mini no YouTube.

    A personagem conta que vai novamente usar um formato inovador em relação ao que é normalmente apresentado em lives infantis, misturando teatro, arte de fantoches e audiovisual da Popó. “O público pode esperar, como no primeiro evento, muita diversão e músicas do repertório clássico da Galinha Pintadinha”, afirma Marcos Luporini.

    Clique aqui para ler esse post completo.

  • Pandemia

    Dia Mundial do Brincar: veja dicas para essa atividade que nunca foi tão necessária

    Dia Mundial do Brincar: veja dicas para essa atividade que nunca foi tão necessária
    (Foto: Divulgação)

    No Dia Mundial do Brincar, celebrado em 28 de maio, o Hospital Pequeno Príncipe reforça a importância desse hábito. “Toda brincadeira, seja individual, coletiva, com o próprio brinquedo ou com materiais que tenham outras funções, permite que a criança possa, por meio da representação simbólica, criar situações imaginárias das quais podem surgir elaborações importantes para o seu desenvolvimento. O corpo está nessa dinâmica permitindo à criança a reflexão a partir do que é sentido no movimento, levando a descobertas de potencialidades até então nem imaginadas”, explica a coordenadora do Setor de Voluntariado da instituição, Rita Lous.

    Neste momento de prevenção e cuidados com a saúde, brincar é uma importante oportunidade de conexão também. Para estimular a criatividade em casa e reforçar os laços, a equipe do Setor de Educação e Cultura do Hospital Pequeno Príncipe preparou dicas de atividades e passatempos para os dias de isolamento social. Para conferir, basta acessar a página do Educ no Facebook (https://www.facebook.com/hppeduc).

    Clique aqui para ler esse post completo.

  • Dia Mundial do Brincar

    Iniciativa “Brincar é o melhor remédio” realiza semana de lives com recreação infantil

    Iniciativa “Brincar é o melhor remédio” realiza semana de lives com recreação infantil
    (Foto: Divulgação/Assessoria de imprensa)

    Em meio à pandemia e ao isolamento social, realizar atividades educativas e recreativas para crianças ganhou um incentivo diferente. Com o objetivo de levar alegria para toda a família, até o dia 26 de maio, animadores e recreadores infantis de todo o País promovem uma semana de brincadeiras e atividades pedagógicas online. Contação de histórias, shows de personagens para os pequenos, gincanas temáticas e shows de mágica, são algumas das atividades da programação. Elas serão disponibilizadas gratuitamente, durante uma semana, e tem recreação para todas as idades.

    O presidente da Associação Brasileira de Recreação (ABRE) e diretor de recreação da plataforma de recreação Kiids Live, Cléber Junior, conta que as empresas do setor de todo Brasil se uniram e criaram o Movimento “Brincar é o melhor remédio”, sendo a Semana de Lives Infantis uma das ações promovidas pelo grupo.

    A ação foi organizada em comemoração ao Dia Mundial do Brincar (28/05) e também em homenagem aos profissionais da Saúde devido ao Dia Internacional da Enfermagem (12/05).

    “Nós vivemos um momento delicado para o mundo da recreação com muitos eventos cancelados e com uma visão de futuro ainda incerta. Mas também sabemos que os profissionais da Saúde, pela necessidade de trabalhar, também têm deixado suas crianças em casa, muitas vezes sem saber o que estão assistindo ou como estão se distraindo”, destaca Junior.

    Segundo ele, com o uso da hashtag #brincareomelhorremedio, os profissionais participantes criaram juntos um cardápio de atividades recreativas, que ficarão disponíveis e poderão ser encontradas futuramente pelos pais no Instagram. “Nossa missão é conectar a vontade à necessidade de brincar”, complementa.

    Com organização da plataforma de recreação Kiids Live, primeira e maior plataforma nacional de vídeo recreação com sede no Brasil, a Semana de Lives Infantis conta com apoio da Província Marista Brasil Centro-Sul (PMBCS), unidade administrativa do Instituto Marista que busca a formação de cidadãos éticos e solidários para a transformação da sociedade, com foco nos direitos de crianças e jovens.

    O diretor executivo da PMBCS, June Cruz, destaca que além de ser uma atividade recreativa, as atividades também são pedagógicas e de qualidade. “E a Missão Marista é justamente essa, educar, por isso, estamos apoiando a iniciativa. Especialmente neste momento nossos valores estão sendo colocados em prática sempre com o objetivo minimizar os efeitos da pandemia e do isolamento social em toda a sociedade, principalmente para profissionais da saúde e seus familiares, pessoas em situação de vulnerabilidade, e as crianças e jovens. Entendemos que a promoção de momentos como esses para as crianças e suas famílias é uma forma de realizar nossa Missão”, destacou.

    Iniciativas como SOS Vila Torres, Sangue Marista e Solidariedade que Aquece são algumas das ações que foram idealizadas pela Província Marista Brasil Centro-Sul com esse foco.


    Onde acompanhar a semana de brincadeiras online
    As lives estão sendo realizadas no perfil dos recreadores e as informações podem ser encontradas no perfil do Instagram da Kiids Live (@kiidslive). Pelo perfil é possível conferir a agenda de atividades por dias, horários e faixa etária indicada.


    Sobre a Província Marista Brasil Centro-Sul
    A Província Marista Brasil Centro-Sul (PMBCS) foi formada no ano de 2002, quando houve a junção da Província de Santa Catarina e a Província de São Paulo. A instituição atua em prol da missão Marista, que é ser farol que orienta e promove a vivência dos valores do Evangelho, do jeito de Maria, contribuindo para a formação de cidadãos éticos e solidários para a transformação da sociedade, com foco nos direitos de crianças e jovens. Saiba mais no site: marista.org.br.

  • Ajudinha

    5 links na internet para entreter crianças em tempo de isolamento



    Aliar o trabalho em casa e a atenção que as crianças exigem é uma das tarefas mais difíceis para os pais durante a pandemia do novo coronavírus. Apesar de muitas escolas e redes públicas de ensino realizarem aulas e enviarem tarefas on-line, o restante do tempo livre exige ainda muita atenção e criatividade dos adultos para passar um tempo de qualidade com as crianças, dentro de casa.

    A internet, nesse caso, tem sido uma excelente aliada. Mas diante de tantas opções disponíveis, não é tão fácil encontrar materiais apropriados para crianças. Por isso, com o auxílio de psicólogos e pedagogos do Sistema de Ensino Aprende Brasil, listamos cinco links recomendados para entreter crianças de todas as idades:

    1 - Desenhos para colorir
    No link http://www.jogosdecolorir.com.br/, é possível encontrar centenas de desenhos para imprimir e colorir. As imagens são divididas por categorias, como carros, natureza, personagens e outros temas. Além de colorir, também são disponibilizadas atividades de ligar os pontos. Para imprimir, é necessário possuir o programa Adobe Flash Player e uma impressora simples.

    2 - Livros digitais para crianças
    Uma série de livros infantis disponibilizada gratuitamente pelo Itaú que cabe na bolsa, no bolso e até na palma da mão: fica dentro do celular. Assim, dá para ler para uma criança em qualquer momento e em qualquer lugar. https://www.euleioparaumacrianca.com.br/livros/

    3 - Aprende em casa Brasil - Descobertas em tempo de quarentena
    E-book gratuito do Sistema de Ensino Aprende Brasil, com conteúdo inédito e foco pedagógico, indicado para crianças entre 6 e 10 anos de idade. Traz uma seleção de atividades lúdicas e pedagógicas, com ideias para manter crianças aprendendo e brincando no período de isolamento. Dentro do e-book é possível encontrar leituras, desafios, vídeos, receitas, atividades práticas, entre outros, todos priorizando o que se tem em casa. https://bit.ly/3bJARmC

    4 - Senninha
    O personagem Senninha, idealizado e lançado por Ayrton Senna em 1994, está cada vez mais forte nos meios digitais para se aproximar das novas gerações. Para fortalecer esse laço com o público infantil, o Instituto Ayrton Senna criou o site https://senninha.com.br/, com atividades para colorir, jogos e vídeos com histórias que divertem e ensinam ao mesmo tempo. Senninha é um menino de seis anos que sonha em ser piloto. Com o personagem, o tricampeão mundial de F-1 pretendia passar para as crianças alguns de seus valores. Além do carisma de Senninha, a marca é preferida por muitos pais por contribuir não somente com a educação dos seus pequenos, como também a de crianças de todo Brasil, uma vez que os royalties do personagem são revertidos para o Instituto Ayrton Senna. A instituição beneficia anualmente 1,8 milhão de alunos da rede pública no Brasil.

    5 - Divertudo
    Site infantil criado em 1999 por Evelyn Heine e Liliana Akstein, é um dos mais completos do país para a garotada, com conteúdo muito diversificado: jogos virtuais, brincadeiras, histórias, ilusões de ótica, quadrinhos, e-books, entrevistas com escritores, vídeos, adivinhas e charadas. A seção de jogos é a mais acessada. São mais de 80, dos mais diferentes estilos. Em segundo e terceiro lugar vêm as seções de ilusões de ótica (Será ilusão?) e brincadeiras (Baú de Brincadeiras). Além do site https://www.divertudo.com.br/, existe também o Blog Divertudo (http://blogdivertudo.blogspot.com), com dicas de redação, criação de cartazes e uma seção chamada “Como fazer”, com dicas variadas.

  • Ajuda

    5 atividades para fazer com as crianças na quarentena

    5 atividades para fazer com as crianças na quarentena
    (Foto: Divulgação)

     Em um longo período com as crianças 100% do tempo dentro de casa, os pais têm que se reinventar para usar e abusar da criatividade a fim de oferecer atividades que não apenas entretenham os pequenos, mas que desenvolvam também suas habilidades psicomotoras. “Estamos enfrentando um momento delicado tanto para os pais, como para os filhos, que não entendem todo o cenário que estamos vivendo. Por isso, paciência e criatividade são algumas das chaves para ter sucesso nesta situação”, explica a psicóloga e criadora do canal TotoyKids, Isa Vaal.

    Para auxiliar os pais nessa tarefa, a psicóloga indica cinco atividades que podem ser feitas dentro de casa, com foco em crianças até 7 anos, para que junto das mamães, papais, todos possam se divertir juntos.

    Acompanhe:

    1 – Continue a história

    Esta atividade une o universo online ao offline. Para isso, separe alguns dos brinquedos favoritos do seu filho e algum trecho de filme, desenho ou história que ele goste. No canal TotoyKids, por exemplo, é possível encontrar diversos vídeos com diferentes enfoques. Dê o play, deixe que a criança assista, e em determinado ponto pause. Em seguida, peça para que a história seja continuada a partir dali com os próprios brinquedos. “Essa é uma atividade que desenvolve a imaginação e o pensamento lógico da criança, apontada como algumas das principais habilidades para este século”, afirma Isa Vaal.

    2 – Vista o personagem

    Para esta atividade, papelão, recortes de personagens, cola, papel sulfite, tesoura e lápis de cor são os materiais necessários.
    • 1º passo: Cole os personagens escolhidos sobre o papelão.
    • 2º passo: Recorte o papelão para que ele tenha a forma do personagem.
    • 3º passo: Coloque o personagem de papelão sobre a folha de sulfite e desenhe o contorno do corpo. Faça este contorno em quantas folhas achar necessário.
    • 4º passo: Deixe que a criança desenhe diferentes trajes para o personagem.
    • 5º passo: Recorte o desenho do papel sulfite, lembrando de deixar dois “ganchinhos” em cima para encaixar no papelão.

    “Esta atividade permite que os pais façam uma viagem ao passado e relembrem sua infância, ao mesmo tempo que se divertem e investem um tempo de qualidade com os filhos, estimulam a criatividade de modo lúdico”, conta a psicóloga.

    3 – Bateria de panela
    A ideia desta atividade é transformar itens básicos que já estão presentes nas casas em algo divertido. Separe uma panela para você e uma para a criança, assim como uma colher de pau para cada um. Faça sons e peça para que a criança os imite. Para deixar a brincadeira ainda mais divertida, utilize este vídeo como inspiração: https://www.youtube.com/watch?v=T1q3SJJTRf8. “Esta brincadeira desenvolve a coordenação motora dos pequenos e permite a integração entre pais e filhos”, revela Isa.

    4 – Artesanato de reciclagem
    Passando mais tempo em casa, a tendência é que mais lixo seja produzido. Com isso, uma saída para reutilizar esses itens é dar asas à imaginação dos pequenos e transformar esses materiais em arte. Separe caixas, garrafas e outros materiais que estejam destinados ao lixo, mas que possam ser utilizados. Junte a cola, tesoura, tinta, barbante, lápis de cor, canetas coloridas e outras ferramentas e deixe que os pequenos construam verdadeiras obras de arte. “Além de ganharem consciência ambiental sobre a questão da reciclagem, manusear estes materiais desenvolve a motricidade da criança”, explica a especialista.

    5 – Cante e dance em diferentes línguas
    Aproveite este tempo com os pequenos para aprender e ensinar em outras línguas. Use a internet para ouvir músicas e ver vídeos em diferentes idiomas com os pequenos, estimulando o aprendizado. Por exemplo, a música “Vírus Aqui Não”, da turma do TotoyKids, está disponível em português, inglês e espanhol. “Esta é uma ótima forma de ensinar as crianças, que principalmente até os 10 anos, têm mais facilidade para aprender, reter e desenvolver o conhecimento em novas línguas”, finaliza Isa Vaal.

    A coleção de vídeos do Totoykids pode ser acessada no link: https://www.youtube.com/channel/UCy7whoHQXzhYxp9AQmrPFVw

  • Elas merecem

    Projeto 'Você Importa' tem programação especial para as mães. Veja calendário

    Projeto 'Você Importa' tem programação especial para as mães. Veja calendário
    (Foto: Reprodução)

    Em homenagem ao Dia das Mães, o projeto “Você Importa: cuidando de si e do outro” tem uma programação especial para todos os públicos com o objetivo de aproximar famílias e valorizar as mulheres. As lives e bate-papos serão realizadas às 14h e às 15h de terça (5) a sexta-feira (8). Na sexta também haverá um bate-papo entre alunos às 10h30.

    Clique aqui para ler esse post completo.

  • Baixe aqui

    Cartilha ajuda famílias na adaptação da rotina das crianças durante a pandemia

    Cartilha ajuda famílias na adaptação da rotina das crianças durante a pandemia
    (Foto: Divulgação)

    Da rotina familiar estabelecida ao caos. Será esta a nova realidade das famílias, frente a todas as mudanças tomadas para conter o contágio do novo coronavírus? Com este questionamento começa a cartilha desenvolvida por professores do curso de graduação e do Mestrado em Psicologia da Universidade do Vale do Itajaí (Univali), para auxiliar famílias a ajustarem a rotina durante o período de confinamento social.

    Os doutores Carina Nunes Bossardi, professora do curso de Psicologia e coordenadora do Mestrado em Psicologia da Univali; João Rodrigo Maciel Portes, coordenador do curso de Psicologia (Campus Itajaí) e do Mestrado em Psicologia da Univali; e Marina Menezes, docente do curso e do Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) elaboraram a cartilha.
    No material, os autores propõem o diálogo e adequações que vão além das regras de sobrevivência e bem-estar físico. São novos acordos relacionados ao convívio familiar, com definição de funções, atividades e tarefas. Os psicólogos falam que a ideia de montar a cartilha surgiu a partir de relatos de mães, pais e de outros familiares, com o estresse e conflitos gerados a partir de situações como o aumento das atividades no home office e no home school.
    Em meio a este cenário, os pesquisadores sugerem o diálogo entre os membros da família, principalmente com as crianças, para ajudá-las a compreender e a significar os sentimentos diante das situações.Somente assim, será possível nomear e valorizar sentimentos e pensamentos, e reconhecer as próprias expectativas.

    “A Dona Quarentena veio e inventou uma nova forma para se jogar o jogo. Para jogar em família é preciso ter combinados, respeito e cooperação. Estacione na rigidez e avance dez casas na flexibilidade. Temos que ter muita atenção com todas as partes desse jogo para não cairmos no caos", alerta a professora Carina.
    Os autores acreditam que as tecnologias podem e devem ser utilizadas, com equilíbrio, em favor do acesso à informação, aprendizagem, comunicação e proximidade entre pessoas. Da mesma forma, outros recursos lúdicos e criativos auxiliarão no processo. Para eles, o momento pode, ainda, ampliar a relação e os vínculos entre a família e a escola.

    Na cartilha, os psicólogos indicam um instrumento para planejamento da rotina familiar, além de incluírem dica de livro e de filme. Sobre o conteúdo da cartilha, o professor João Rodrigo explica: “Podemos até chamar de dicas, mas gostaríamos que sempre considerassem que não existe um modelo que se encaixa da mesma forma em todas as famílias. Por isso, é importante refletir a partir da sua realidade e do que acredita, que faz sentido para você e para a sua família".

    A cartilha está disponível para baixar de forma gratuita AQUI.

  • Supimpa

    Crítico de cinema e confeiteira se juntam para lançar ebook gratuito com receitas da Disney para preparar na quarentena

    Crítico de cinema e confeiteira se juntam para lançar ebook gratuito com receitas da Disney para preparar na quarentena
    (Foto: Divulgação)

    Diz aí, quantas vezes você se pegou assistindo a um filme e pensou “eu queria comer aquilo ali que eles estão comendo”? Várias né? Ainda mais nas produções infantis, isso acontece com bastante frequência.

    Não são poucas as animações que trazem comidas em suas histórias. Algumas, como Ratatouille, têm a comida como tema principal, inclusive. Pois foi assistindo, gostando e sendo fã das animações da Disney que o crítico de cinema Flávio Jayme e a confeiteira Mariana Belão Gigliotti se uniram para criar o Disney’s Cookbook, um ebook com 15 receitas de produções da Disney.


    Entre inspirações e adaptações, algumas das receitas são originais e foram traduzidas do canal de receitas oficial da Disney.
    No ebook, distribuído gratuitamente em português e em inglês, pais e filhos poderão aprender a fazer receitas famosas das animações, como os beignets de Tiana em A Princesa e o Sapo, os cookies da Rapunzel em Enrolados, os bolinhos de espinafre do Kronk em A Nova Onda do Imperador, o espaguete com almôndegas de A Dama e o Vagabundo e até a “coisa cinza” de A Bela e a Fera e, claro, o Ratatouille que o ratinho Remy prepara no filme de mesmo nome. Ainda tem uma receita bônus vinda direto de um dos hotéis da Walt Disney World na Florida.


    Flávio Jayme é crítico de cinema há mais de 10 anos e Mariana Belão Gigliotti é confeiteira na cidade de Sarasota nos Estados Unidos. Ambos são curitibanos e fãs do universo Disney e uniram suas paixões para criar um ebook para pais e filhos se divertirem e se deliciarem neste período de isolamento social.


    Para baixar o ebook em português CLIQUE AQUI. 

  • Ainda dá bem

    Páscoa: seis brincadeiras para fazer com as crianças em casa

    Páscoa: seis brincadeiras para fazer com as crianças em casa
    (Foto: Divulgação)


    A Páscoa sempre foi um motivo para reunir a família e este ano não pode ser diferente. Devido ao isolamento social, as famílias vão precisar se reinventar e criar novas atividades para passarem o tempo juntos. A decoração da casa, brincadeiras temáticas e entrega dos ovos vão depender da inovação dos adultos, para que sejam momentos únicos.
    Pensando nisso, o Ventura Shopping reuniu diversas brincadeiras e oficinas infantis já praticadas em eventos do empreendimento, que podem ser feitas em casa com a família reunida, para exercitar a criatividade, coordenação e diversão.
    Para a gerente de marketing do empreendimento, Daniela Leal, “este é um momento de divertirmos os adultos e crianças de jeitos diferentes. Como não estamos promovendo nossos eventos em virtude da pandemia, queremos dar opções de entretenimento para serem feitas em casa e esta é uma forma de estarmos juntos”, explica.



    1- Chapéu de coelho
    Pedaços de cartolina podem ser transformados em coelhinhos para decorar a casa ou servir como um chapéu para divertir as crianças.
    Para montar o acessório, é preciso contar a cartolina em pedaços retangulares, dobrar em formato de cone e colar; e finalizar com olhos, boca, bigodes e as orelhas de coelho.

    2- Copo decorado
    Um simples copo descartável, quando bem decorado, pode transformar o ambiente nesta data comemorativa. Posicione o copo, pinte da cor que preferir e use a criatividade para colar os olhos, boca e orelhinhas de coelho. Para isso, os materiais utilizados podem ser algodão, barbante, cartolina ou até tinta guache.

    3- Ovos de barbante
    Seja para presentear com chocolate dentro ou servir como decoração para a casa, os ovos de barbante são ótimas opções lúdicas para brincar com a família. Misture pedaços de barbante com um pouco de cola e enrole nos balões, criando um emaranhado de fios. Deixe secar completamente e depois estoure os balões. Isso fará com que os barbantes fiquem colados e em formato de ovos de Páscoa.

    4- Varal de coelhos
    Para decorar qualquer ambiente, criar um varal com diversos desenhos de coelhos pode deixar o ambiente ainda mais animado. Imprima os desenhos em papel sulfite e chame as crianças para pintarem com lápis de cor. Depois cole os desenhos em pedaços de barbante e pendure em ambientes para decorar.

    5- Vídeos educativos
    Não tem como negar: crianças adoram ficar em frente à TV. Utilize o tempo em casa para passar vídeos educativos e temáticos para os pequenos. Canais infantis que contam histórias de forma lúdica e divertida, como Fafá Conta, Casa Cantante e Varal de História são ótimas opções.

    6- Entrega de ovos
    Por conta de quarentena, o comércio de muitas cidades está fechado. Não deixe que esse motivo desanime a entrega de ovos. Lojas como Chocolates Brasil Cacau e Cacau Show do Ventura Shopping estão fazendo entregas via delivery.

  • Pandemia

    Psicopedagoga dá dicas de como entreter as crianças durante o isolamento social

    Psicopedagoga dá dicas de como entreter as crianças durante o isolamento social
    (Foto: Divulgação)

    Neste momento pandêmico em decorrência do Covid-19, pais/ responsáveis se perguntam o que fazer com as crianças durante esse período de isolamento social. Entreter os pequenos nem sempre é tarefa fácil, afinal eles geralmente se movimentam bastante e cansam rapidamente dos brinquedos que têm em casa. Pensando nisso, a mestre em educação e psicopedagoga Ana Regina Caminha Braga traz dicas de como lidar com as crianças em casa nesta época.

    A psicopedagoga reforça que apesar do tempo livre, é importante frisar que esse momento não é férias e explicar, de forma lúdica, o que é o vírus e o porquê de as pessoas ficarem em casa e seguirem as regras de higiene e rotina de limpeza. Ela reforça ainda que é uma boa oportunidade para estimular a criatividade das crianças, criando novas atividades ou até mesmo resgatando as brincadeiras antigas. “Os pais/responsáveis devem aproveitar esse momento para passar mais tempo com seus filhos e estreitar os laços entre eles. E somando isso as atividades, terão um tempo de qualidade juntos, que além de entretê-los serão importantes para, desenvolvê-los social, cognitiva e emocionalmente."

    Ana Regina reforça que os responsáveis devem sugerir opções que vão além dos eletrônicos, “Uma boa recomendação são jogos interativos, de tabuleiro e livros. Atividades lúdicas que auxiliam na coordenação motora com recorte, colagens e pinturas também são alternativas. Ou para quem tem um quintal as atividades ao ar livre também são interessantes, como por exemplo, pular corda, pular elástico, brincar com tinta, gesso. Os pais devem usar a criatividade”.

    Além disso, os responsáveis também podem ensiná-los desde cedo a participar dos afazeres domésticos, dessa maneira, ninguém fica sobrecarregado. “Ensine o seu filho a tirar o lixo, guardar a louça e os brinquedos assim que terminar de brincar. As crianças também podem ajudar nos serviços de casa.”

     

    Crianças versus Home Office

     

    Uma das maiores dificuldades na quarentena é conciliar o home office com os filhos. O ideal é que os pais deixem claro o momento de trabalho, definindo um espaço exclusivo para ele. Outra dica da psicopedagoga Ana Regina é criar uma rotina igual quando se trabalhava fora, inclusive se vestindo como se fosse sair. “Dessa forma, fica mais claro na cabeça da criança que os pais/responsáveis estão realmente em horário de expediente. Se vestir com as roupas que costumavam usar no cotidiano, pois, por exemplo, se o adulto estiver em casa no home office trabalhando de pijama, pode ser que a criança não compreenda a mensagem ou o momento”.

    A psicopedagoga reforça ainda a importância de organizar uma rotina diária para as crianças, com horário de acordar, hora do café da manhã, das atividades matinais, almoço, descanso, hora do lanche, hora de estudo, hora da brincadeira em família, a hora de brincar sozinha e o momento de dormir. “Com uma rotina delimitada, o dia se torna mais produtivo e o tempo menos ocioso,” finaliza. 

     

  • Dicas

    Desfralde? Qual o momento certo?. Tudo que você precisa saber

    Desfralde? Qual o momento certo?. Tudo que você precisa saber
    (Foto: Divulgação)

    O desfralde é um marco fundamental no desenvolvimento do bebê, pois, é o começo de suas ações sozinho. Por volta dos dois anos, a maioria das crianças já está pronta para iniciar este processo.

    Com esta idade, ela já começa a ter o controle dos esfíncteres (músculos responsáveis pela micção). O importante é respeitar o ritmo de cada um, pois, cada criança tem uma maturação neurológica, emocional e motora.
    A fisioterapeuta formada em Uropediatria e Disfunção Miccional na Infância, Dra. Viviane Sobania, explica que “inicialmente, a micção é reflexa, ou seja, quando a bexiga enche, ela se contrai e o esfíncter relaxa, para que aconteça a micção. Próximo dos dois anos, a criança começa a ter controle, e a micção passa a ser voluntária – momento que deve ocorrer o desfralde. Cada criança é única e tem seu tempo, mas o controle diurno da micção deve acontecer entre os dois e os quatro anos”.
    A melhor estação para iniciar este processo é o verão, pois é quando a criança usa menos roupa. Uma dica para estimulá-los, é deixá-los brincarem pelados pela casa, sem reprimir caso um xixi ou outro escape. Durante todo o processo, os pais precisam ter bastante paciência e evitar mostrar frustações.
    Confira alguns sinais de que a criança está preparada para o desfralde:
    1. A criança já expressa vontade de fazer xixi e cocô;
    2. Fica mais tempo com a fralda seca (2-3 horas);
    3. Acorda seca do soninho diurno;
    4. Consegue diferenciar cores e tamanhos de objetos;
    5. Fica tirando a fralda;
    6. Pede para trocar a fralda depois que fez xixi e cocô;
    7. Mostra incômodo com a fralda molhada ou cheia;
    8. Começa a acompanhá-la no banheiro;
    9. Mostra interesse pelo pinico, cueca ou calcinha;
    10. Sabe a diferença entre xixi e cocô;
    11. Consegue abaixar e subir as calças sozinho;
    12. Segue comandos básicos.
    É muito importante avaliar o tempo do seu filho, pois um processo iniciado antes da hora pode prejudicar o funcionamento do intestino e também pode tornar o desfralde muito mais difícil e demorado. O desfralde é um processo trabalhoso e PACIÊNCIA é a chave para o sucesso.
    “Nesta fase, esteja pronto para limpar muito xixi, lembrar toda hora a criança de ir ao banheiro (veja o que funciona melhor para seu filho, 30 em 30 minutos, hora em hora, etc), controlar o impulso de brigar quando ocorrer um escape, não apressar seu filho quando ele está no vaso sanitário ou penico (às vezes eles ficam muito tempo), perder a privacidade no banheiro, em prol de ensinar pelo exemplo, e, se desdobrar para inventar formas de valorizar cada conquista,” enfatiza a Dra. Viviane.

    Chegou a hora! E agora?
    A Dra. Viviane dá dicas para você ter sucesso no desfralde do pequeno:
    1. Alguns dias antes de iniciar o treino para o desfralde, converse com o seu filho sobre a importância do penico;
    2. Apresente o processo como algo divertido e excitante;
    3. Comece em um fim de semana, cancele as atividades regulares e passe o sábado e o domingo dedicado ao treinamento;
    4. Prefira iniciar em dias quentes, assim poderá deixar o pequeno só de shorts, calcinha ou cueca. Prefira roupas mais folgadas, que facilitem na hora do baixar e da micção;
    5. Fique atenta aos sinais de que a criança precisa fazer xixi ou cocô, muitas vezes, eles cruzam as pernas, pegam no órgão genital, fazem "aquela forcinha", etc. Ao perceber, leve-o rápido ao banheiro ou ao penico mais próximo;
    6. Espalhe dois ou três penicos pela casa;
    7. Tenha paciência e não brigue com a criança quando ocorrer escapes.
    8. Tenha sempre perto materiais de limpeza para acidentes iniciais, além de forro para carro e para a cama. Inicialmente, a fralda durante o soninho diurno pode ser mantida, sendo retirada quando ele começar a acordar sequinho;
    9. Lembre seu filho de fazer xixi, principalmente, antes de dormir, ao acordar e para o treino diurno. Inicialmente, poder ser de 30 em 30 min. Depois, vá espaçando.
    10. Comemore cada vez que ele conseguir usar o penico com alegria e entusiasmo para incentivá-lo. Pode ser com dança, uma música ou algo criativo, para que ele entenda que está fazendo o certo. Pode haver pequenas recompensas no final do dia, como adesivos, carimbos, etc.
    Vale ressaltar, que o desfralde precoce bem como o tardio, pode levar a disfunção miccional. Se estiver com dúvida ou com dificuldade no desfralde do pequeno, marque um horário com a Dra. Viviane Sobania pelo 41 99914-4477.

    Sobre a Dra. Viviane Sobania

    A Dra. Viviane Sobania, fisioterapeuta formada pela Universidade Tuiuti do Paraná, é especialista em Pediatria e em Saúde da Mulher – Uroginecologia. Além de ser formada em Uropediatria e Disfunção Miccional na Infância e em Saúde Estética, Laser e Intradermoterapia Pressurizada.

  • Volta às aulas

    Veja dicas de montar uma lancheira saudável

    Veja dicas de montar uma lancheira saudável
    (Foto: Divulgação)

    Uma rotina alimentar saudável é primordial para que as crianças possam se manter ativas e atentas às aulas e atividades escolares. Para orientar pais e cuidadores sobre os cuidados na montagem de lancheiras saudáveis, a Sociedade Brasileira de Diabetes organizou uma série de dicas para alimentação nutritiva de crianças com e sem diabetes.

    Segundo Dra. Silvia Ramos, coordenadora do Departamento de Nutrição, Exercício e Esportes em Diabetes da Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD), é que: “É fundamental lembrar que as crianças, independente de terem ou não diabetes, necessitam de uma boa alimentação”. A quantidade de alimentos ofertados deve variar conforme a faixa etária. O Ministério da Saúde possui guias orientativos com informações sobre as quantidades indicadas para cada idade e níveis de atividade física. Em casos especiais em que a criança precise de contagem de carboidratos, a orientação nutricional passa a ser baseada na recomendação diária para aquela refeição.

    Autonomia Infantil

    Além da importância de planejar os itens escolhidos, a interação entre adultos e crianças na montagem pode auxiliar não só na aceitação para com os alimentos, mas, também na socialização dos pequenos e autonomia para o futuro.

    Erros comuns
    De acordo com a nutricionista, um erro comum na montagem de lancheiras é ter excesso de um grupo de nutrientes e falta de outros importantes para o desenvolvimento da criança. Para as crianças, é importante destacar a importância de que a refeição deve ser feita a mesa, junto com os demais colegas e que o momento seja focado na alimentação sem outras distrações.
    Ela aponta ainda a necessidade de cuidados com alimentos que parecem saudáveis, mas podem ser pouco nutritivos. Alimentos industrializados e ultraprocessados, por exemplo, devem ser evitados. É o caso dos bolinhos prontos, biscoitos com ou sem recheio, achocolatados prontos, refrigerantes, sucos de caixinha e salgadinhos. Suas formulações, na maior parte dos casos, são ricas em açúcares, gorduras saturadas e aditivos químicos. Por isso, a busca por alimentos naturais deve ser o primeiro passo.

    Grupos de Nutrientes
    A Dra. Silvia aponta que a melhor forma de organização é dividir os alimentos em três grupos:
    -Grupo de Carboidratos: fornecem energia e disposição para as atividades rotineiras. Exemplos: pães, torradas, bolos simples, cereais integrais, tapioca, panqueca, biscoitos integrais, tortas, pipoca, dentre outros;
    - Grupo de Proteínas: responsáveis pela formação de tecido e músculos fundamentais para o crescimento. E o caso do leite, iogurte, coalhada, queijos e ovos.
    - Grupo das frutas e hortaliças: possuem alto teor nutricional e ajudam na de saciedade. Além disso, são práticos para transportar e consumir. Ex.: Frutas frescas ou secas, tomate, cenoura e pepino.

    Para completar montagem da lancheira, há os líquidos/ bebidas, assunto que ainda causa muitas dúvidas. “O ato de comer e beber ao mesmo tempo pode trazer problemas digestivos e, por isso, recomenda-se a ingestão de água apenas após do termino da refeição”.
    Passo a Passo
    1. Planeje uma semana de lancheira e tenha todos os alimentos em casa.
    2. Coloque a criança para montar a lancheira junto e vá explicando para que serve cada alimento.
    3. Tenha os três grupos principais de alimentos em todos os dias da semana, mas varie a proporção. Exemplos:
    a) Pão francês, queijo branco e kiwi;
    b) Iogurte, cereal (aveia), morango;
    c) Tomatinho, pão de forma com requeijão.
    4. A água é a melhor fonte de hidratação. Evite sucos.
    5. A qualidade do lanche depende tanto da temperatura quanto da higiene da lancheira, verifique sempre isto. Gelo rígido ou em gel pode ser usado para garantir que o alimento fique na temperatura certa por mais tempo.

    Sobre a SBD
    Filiada à International Diabetes Federation (IDF), a Sociedade Brasileira de Diabetes é uma associação civil sem fins lucrativos, fundada em dezembro de 1970, que trabalha para disseminar conhecimento técnico-científico sobre prevenção e tratamento adequado do diabetes, conscientizando a população a respeito da doença e melhorando a qualidade de vida dos pacientes. Também colabora com o Estado na formulação e execução de políticas públicas voltadas à atenção correta dos pacientes, visando a redução significativa da doença no Brasil. Conheça nosso trabalho: www.diabetes.org.br.

  • Programação de carnaval

    14 opções de bailinhos para não deixar a criançada fora da folia

    14 opções de bailinhos para não deixar a criançada fora da folia
    A Bibliteca Pública do Paraná realizará o seu Carnaval para crianças no dia 22, às 10 horas (Foto: Divulgação)

    Se Curitiba virou uma cidade carnavelesca para jovens e adultos, não é diferente para as crianças. A cada ano, aumentam as opções de folia para a criançada.
    O Bem Paraná separou três opções de programação e o melhor, boa parte de delas é gratuita no shoppings e na programação da Prefeitura de Curitiba.


    OPÇÕES DE BAILINHOS PARA CRIANÇAS

    SHOPPINGS
    Ventura
    Aguardado por muitas famílias, o Bailinho de Carnaval do Ventura Shopping já tem data marcada: dias 22 e 23 de fevereiro. O evento gratuito terá um espaço montado e decorado exclusivamente para os participantes, embalado pelo som da banda Casa Cantante. Marchinhas clássicas, como “Mamãe Eu Quero”, “Sassaricando” e “Ô Abre Alas” prometem animar os clientes de todas as idades que passarem pelo shopping. Além disso, as crianças receberão um “kit folião”, com serpentina, confetes e adereços para brincar. Os clientes podem usar a criatividade e ir ao evento com fantasias de carnaval. O Bailinho de Carnaval do Ventura Shopping vai acontecer das 16 às 18h no setor verde, ao lado da loja Secret Shoes. Gratuito.
    São José
    O Shopping São José promove mais uma edição do seu famoso Bailinho de Carnaval, nos dias 22 e 23 de fevereiro. O evento é gratuito e acontece das 15h às 18h. Serão diversas atrações para todas as idades, com banda musical, camarim de pintura e animadores. Além disso, o Bailinho de Carnaval vai contar com oficinas especiais do Colégio Elite, patrocinador do evento, e kit folião da Brincabelo Cabelereiro Infantil, com confete, serpentina e máscara. Será na Praça de Eventos do Shopping São José. Gratuito.
    Estação
    Nos dias 22 e 23 de fevereiro, a partir das 14h, traga as crianças e aproveite a folia com as bandas Garibaldis e Sacis (22) e Siricubloco (23). Além de aproveitar o camarim de maquiagem e cabelo maluco, os primeiros 200 festeiros ganharão um “kit folia”, com confetes e serpentinas, para entrar ainda mais no clima carnavalesco. E claro, dançar e se divertir muito no cortejo com as marchinhas mais animadas por todos os corredores do Shopping.

    CULTURAIS
    Biblioteca Pública
    A Bibliteca Pública do Paraná realizará o seu Carnaval para crianças no dia 22, às 10 horas, na Seção Infantil. Vai ter muita música, serpentina, confetes e brincadeiras. É Gratuito.
    Museu da Vida
    O Museu da Vida orgulhosamente apresenta: 2° Edição do Baile Infantil de Carnaval do Museu da Vida nos dias 23, 24 e 25 de Fevereiro. Haverá estande de fotos, desfile de fantasias, rei e rainha do baile, músicas, brincadeiras, promoções e é claro muita diversão. O Museu da Vida fica na R. Jacarezinho, 1691 - Mercês.
    Ópera de Arame
    O CarnaVale, na Ópera de Arame, tem uma programação extensa para a criançada de sábado (22) a terça (25), sempre a partir das 10 horas. No dia 22, por exemplo, vai ter oficina de máscaras e baile de máscaras para as crianças e no dia 24, Garibaldinhos no palco da Ópera. Valor para entrada no Vale da Música: R$ 10,00 inteira e R$ 5,00 meia-entrada. O benefício é válido para pessoas que estejam dentro da lei da meia-entrada, crianças de até 12 anos e para moradores de Curitiba e região metropolitana, que precisam levar um comprovante de residência para obter o desconto.
    Crossroads
    O Crossroads encerra a programação especial de Carnaval com um dia dedicado aos pequenos. A criançada tem programa marcado no dia 24 de fevereiro, segunda-feira, a partir das 14h, com o “Carnakids”. O evento, que conta com entrada gratuita, contará com Espaço Kids com brincadeiras desplugadas, em parceria com o Pintando na Calçada e Criança na Plateia, e muito rock n’roll para pequenos e adultos, com os grupos Rockids e Válvula Vapor, no Palco Thunder, e a banda F4T, no Palco Cross. Na gastronomia, opções para todos os gostos, com a ThunderPizza, fritas e doces especiais, disponíveis com valores a partir de R$15.

    DE RUA
    Carnaval na Marechal
    No sábado (22), será a vez do baile público carnavalesco infantil (matinê), das 15 às 17 horas, na Avenida Marechal Deodoro, no Centro da cidade. Os pequenos vão tomar a avenida com muita música e brincadeiras.
    Carnaval Nerd
    Em parceria com a Prefeitura de Curitiba, Fundação Cultural de Curitiba, Gibiteca de Curitiba vem aí o primeiro Carnaval Nerd de Rua. Será no dia 22, com saída às 11 horas da Praça Santos Andrade. Vai ter desfile de blocos de Cosplay Star Wars, Harry Potter, super heróis, games, animes e muito mais.
    Zombie Walk
    A mais tradicional marcha zumbi do Brasil acontece no domingo (23), saindo da Praça Osório 13 horas. Um evento que atrai cada vez mais crianças. O legal é ir fantasiado e quanto mais macabro, melhor.

    CLUBES
    Três Marias
    O Clube Três Marias oferecerá o tradicional Carnaval Infantil, com direito a Concurso de Fantasia do Clube. Os bailinhos infantis vão acontecer no domingo (23) e na terça (25), a partir das 15 horas. As crianças até 4 anos não pagam, de 5 a 12 anos: R$ 15, acima de 13 anos e adultos: R$ 20, idosos: R$ 10 e sócios não pagam.
    Curitibano
    O baile infantil de carnaval do Clube Curitiba vai acontecer na terça (25), das 15 às 19 horas no Salão Rubens Arles Bettega para crianças acima de 7 anos e Salão Verde para crianças até 6 anos). O evento é gratuito, mas exclusivo para sócios.
    Santa Mônica
    O Baile Infantil e Concurso de Fantasia do Clube Santa Mônica acontecerá no domingo e na terça, das 16h às 23. O concurso de fantasia será no dominho, das 15 às 16 horas e é exclusivo para crianças de 1 a 12 anos. Para o associado, a entrada e gratuita e para o associado de Clube Co-Irmão, R$ 30. Convidados de 13 a 59 anos pagarão R$35.
    Duque de Caxias
    No Clube Duque de Caxias , o carnaval infantil vai acontecer na Sede Social, dias 23 e 25 de fevereiro, das 15h às 20h, com a temática “Bailinho Infantil”. Neste ano, o evento vai contarvárias opções de food trucks e bebidas, que estarão dispostos em frente à piscina, com uma super estrutura. Os ingressos são gratuitos para sócios da Duque e seus dependentes. Para convidados, os ingressos estão à venda no site Eventbrite por R$ 40,00 (adulto) e R$ 20,00 (criança de 6 a 14 anos)

  • Boas pedidas

    Nove opções de´bailinhos´ de carnaval gratuitos para crianças em Curitiba

    Nove opções de´bailinhos´ de carnaval gratuitos para crianças em Curitiba
    (Foto: BBP)

    Shopping Mueller


    Neste sábado (15), o Shopping Mueller vai se transformar em um grande palco de diversão para adultos e crianças. Vem aí o 6º Bailinho de Carnaval do Shopping Mueller. No sábado, dia 15 de fevereiro, a tradicional festa para os baixinhos vai receber a banda Garibaldinhos e Sacizinhos, para animar o baile, além de diversas atrações e recreações.  O evento acontece das 14h às 18h, no piso L4. No início do evento, serão distribuídos 500 mapas para a caça ao Kit Folião, que conterá serpentina, confete e outros itens para deixar a festa ainda mais colorida e divertida. Para ganhar um mapa, que dará direito ao kit, é importante chegar cedo. E tem mais: durante a festa haverá o Camarim de Pintura, para as crianças ficarem ainda mais caracterizadas com os seus personagens favoritos, e o Desfile de Fantasia. Todas as atrações são gratuitas e os responsáveis devem supervisionar as crianças durante todo o evento.

    Shopping Crystal

    3º Gritinho de Carnaval do Shopping Crystal acontece neste sábado (15), a partir das 15 horas. Os corredores vão ganhar tom de folia com o 3º Gritinho de Carnaval! Com direito a show da banda Baquetá, oficinas gratuitas de máscaras e pintura facial, a festa ainda terá um concurso de fantasia Kids com muitas premiações.

    Ventura Shopping 


    Aguardado por muitas famílias, o Bailinho de Carnaval do Ventura Shopping já tem data marcada: dias 22 e 23 de fevereiro. O evento gratuito terá um espaço montado e decorado exclusivamente para os participantes, embalado pelo som da banda Casa Cantante. Marchinhas clássicas, como “Mamãe Eu Quero”, “Sassaricando” e “Ô Abre Alas” prometem animar os clientes de todas as idades que passarem pelo shopping. Além disso, as crianças receberão um “kit folião”, com serpentina, confetes e adereços para brincar. Os clientes podem usar a criatividade e ir ao evento com fantasias de carnaval. O Bailinho de Carnaval do Ventura Shopping vai acontecer das 16 às 18h no setor verde, ao lado da loja Secret Shoes.


    Shopping São José 


    O  Shopping São José promove mais uma edição do seu famoso Bailinho de Carnaval, nos dias 22 e 23 de fevereiro. O evento é gratuito e acontece das 15h às 18h. Serão diversas atrações para todas as idades, com banda musical, camarim de pintura e animadores. Além disso, o Bailinho de Carnaval vai contar com oficinas especiais do Colégio Elite, patrocinador do evento, e kit folião da Brincabelo Cabelereiro Infantil, com confete, serpentina e máscara. Será na Praça de Eventos do Shopping São José
    Evento gratuito

    Shopping Estação

    Nos dias 22 e 23 de fevereiro, a partir das 14h, traga as crianças e aproveite a folia com as bandas Garibaldis e Sacis (22) e Siricubloco (23). Além de aproveitar o camarim de maquiagem e cabelo maluco, os primeiros 200 festeiros ganharão um “kit folia”, com confetes e serpentinas, para entrar ainda mais no clima carnavalesco. E claro, dançar e se divertir muito no cortejo com as marchinhas mais animadas por todos os corredores do Shopping.

    Biblioteca Pública

    A Bibliteca Pública do Paraná realizará o seu Carnaval para crianças no dia 22, às 10 horas, na Seção Infantil. Vai ter muita música, serpentina, confetes e brincadeiras. É Gratuito.

    Carnaval na Marechal

    No sábado (22), será a vez do baile público carnavalesco infantil (matinê), das 15 às 17 horas, na Avenida Marechal Deodoro, no Centro da cidade. Os pequenos vão tomar a avenida com muita música e brincadeiras.

    Carnaval Nerd

    Em parceria com a Prefeitura de Curitiba, Fundação Cultural de Curitiba, Gibiteca de Curitiba vem aí o primeiro Carnaval Nerd de Rua. Será no dia 22, com saída às 11 horas da Praça Santos Andrade. Vai ter desfile de blocos de Cosplay Star Wars, Harry Potter, super heróis, games, animes e muito mais. 

    Museu da Vida

    O Museu da Vida orgulhosamente apresenta: 2° Edição do Baile Infantil de Carnaval do Museu da Vida nos dias 23, 24 e 25 de Fevereiro. Haverá estande de fotos, desfile de fantasias, rei e rainha do baile, músicas, brincadeiras, promoções e é claro muita diversão. O Museu da Vida fica na R. Jacarezinho, 1691 - Mercês.

  • Dicas

    Marcos Mion lança em Curitiba livro com atividades com os filhos

    Marcos Mion lança em Curitiba livro com atividades com os filhos
    (Foto: Divulgação)

    O apresentador, ator e empresário Marcos Mion lança a obra “Detone este livro com seu filho” (ed. Fontanar, 168 pág., R$ 44,90), participa de um bate-papo com o público e assina o livro.

    O evento será na Livrarias Curitiba do Shopping Palladium [Av. Pres. Kennedy, 4121, Portão, tel.41-3330-6749, Curitiba-PR], no dia 10 de fevereiro (segunda-feira), às 19h. A entrada é franca e no local já estão sendo distribuídas 200 senhas numéricas para os autógrafos e fotos.

    Diversão em conjunto

    Na obra, o autor lança um desafio aos pais: passar mais tempo de qualidade com os filhos, apenas brincando e curtindo. Para ajudar na tarefa, ele reuniu 46 atividades lúdicas e 20 adivinhas que vão levar todos a se divertirem com corridas, origamis, desenhos, cartas e jogos, tudo regado com muito ketchup!

    “Deixem o celular e as preocupações de lado e dê o melhor presente para seus filhos: tempo de qualidade para passarem juntos”, ressalta Mion.

    O livro explora diversos pontos que vão aproximar os pais e seus pequenos, tais como as histórias das famílias, a criação de desenhos com materiais inusitados, a diversão por fazer bagunça junto com as crianças. Por fim, os adultos vão descobrir que não precisam de tela para que as crianças fiquem entretidas e criem memórias cheias de afeto.

    Um livro para cada filho

    Esse é o terceiro livro de Marcos Mion. O primeiro foi A escova de dentes azul, dedicado ao filho Romeo. Em seguida escreveu Pai de Menina em que narra sua experiência com a filha Donatella. 

    Essa obra tornou-se um best seller nacional porque milhares de pais descobriram novas formas de se aproximar de suas filhas - seja com pequenos gestos, atitudes e falas que podem passar despercebidos para alguns, mas que foram a chave para ser um bom pai todos os dias.

    Agora chegou a vez do caçula Stefano ganhar um livro só para ele. “Ainda quebrava a cabeça sobre o quê e como escrever, até o dia em que o próprio Stefano, durante uma caminhada comigo, disse: ‘Eu já sei como vai ser meu livro”! A ideia principal, de atividades para pais e filhos fazerem juntos, foi dele. A capa foi feita por ele, ele aprovou os adivinhas e as caricaturas… Teve envolvimento total!”.

    Marcos Mion ficou conhecido por sua irreverência e capacidade de comunicação com uma geração inteira. O que nem todo mundo sabia é que, por trás deste profissional, existe também um grande pai.

    Dedicação à causa autista

    Outra grande conquista do apresentador foi a Lei nº 13977, de 8 de janeiro de 2020. Batizada de Lei Romeo Mion, em referência ao filho mais velho e que é portador de autismo, ela estabelece a criação da Carteira de Identificação da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista (Ciptea) com vistas a garantir atenção integral, pronto atendimento e prioridade no atendimento e no acesso aos serviços públicos e privados, em especial nas áreas de saúde, educação e assistência social.

    “Mais uma vez Romeo vai impactar positivamente a vida de milhares de pessoas que ele nem vai conhecer. E já teve gente que olhou pra ele com desprezo, como um incapaz”, comentou Mion num vídeo na web.

    Com mais de 12 milhões de seguidores no Instagram, mais de 13 milhões no Twitter e mais de 7 milhões no Facebook, os fãs do apresentador acompanham diariamente a dedicação aos filhos e esposa. Como ele coloca de fato, “a família em primeiro lugar”.

    Serviço

    O que: Lançamento do livro “Detone este livro com seu filho”, bate-papo e sessão de autógrafos e fotos com Marcos Mion.

    Quando: Dia 10 de fevereiro (segunda-feira), às 19h.

    Onde: Livrarias Curitiba do Shopping Palladium [Av. Pres. Kennedy, 4121, Portão, tel.41-3330-6749, Curitiba-PR].

    Quanto: A entrada é franca e no local já estão sendo distribuídas 200 senhas numéricas para os autógrafos e fotos.

    Sugestão de legenda

    Marcos Mion e o filho Stefano Mion; O pequeno foi o idealizador do livro que estimula as brincadeiras com os pais

    Crédito das fotos

    Gy Alvez

  • Dicas

    Volta às aulas: quais cuidados os pais precisam ter na adaptação das crianças


    Exames em dia, materiais escolares ideais, roupas e sapatos confortáveis são alguns fatores que merecem atenção
    Com as férias escolares quase no fim e a volta às aulas cada vez mais próxima, começam as preocupações com a adaptação dos pequenos. Mas, antes de a criança retornar para a classe escolar, alguns detalhes precisam de atenção, principalmente relacionados à saúde como, por exemplo, o peso ideal da mochila ou o sapato mais confortável – e onde encontrá-los – ou quando fazer os exames de rotina?


    De acordo com a pediatra da Paraná Clínicas Dra. Maria Gabriela de Aguiar Moreira Garbelini Galerani esse período é ideal para colocar as consultas médicas em dia. “Toda criança deve e merece ter um pediatra para chamar de seu, independentemente da idade e ausência de doença. Assim, é possível acompanhar seu crescimento e desenvolvimento, checar as vacinas, tirar dúvidas, entre outros”, explica.


    Outro fator que também facilita a volta às aulas é retornar de maneira suave e progressiva. “É natural e benéfico que nas férias os horários e a alimentação sejam um pouco mais flexíveis, mas aos poucos a rotina da casa pode ser restabelecida. Dormir mais cedo e evitar o uso de qualquer eletrônico pelo menos uma hora antes de ir para a cama é essencial”, comenta a pediatra.


    A médica ainda afirma: para lidar com o choro e a rejeição ao novo ambiente, o mais importante é que os pais estejam tranquilos. “A criança precisa entender que aquela foi a melhor opção da família e que todos estão pensando no melhor para ela. Não é um castigo ou abandono. Os pais precisam estar confiantes na sua decisão e passar essa calma para seus filhos”, comenta Maria Gabriela.

  • Fevereiro

    Coral, cinema e baile de Carnaval para crianças: tudo na Biblioteca

    Coral, cinema e baile de Carnaval para crianças: tudo na Biblioteca
    (Foto: Divulgação)


    A Biblioteca Pública do Paraná (BPP) divulgou nesta segunda-feira (3) a programação cultural para o mês de fevereiro. As atividades incluem exposições, oficinas, sessões de cinema e contação de histórias, além de mais uma edição do Baile de Carnaval da Seção Infantil. A agenda do mês ainda conta com a retomada dos ensaios do Cantateca — o coral infantojuvenil da BPP —, que está com inscrições abertas para novos integrantes. Todas as atividades são gratuitas.

    Diariamente, a Biblioteca promove três edições da Hora do Conto e duas da Oficina de Trabalhos Manuais, esta última com atividades baseadas nos livros apresentados pelo grupo de contação de histórias Era Uma Vez. No dia 7, o projeto Cine Pipoca & Picolé exibe Castelo Rá-Tim-Bum, O Filme (1999), de Cao Hamburguer. A sessão acontece no auditório, às 14h30, com distribuição de pipoca e picolé para o público. A agenda cultural da Seção Infantil também inclui uma exposição com trabalhos produzidos pela turma de 2019 do Ateliê de Artes Visuais Para Crianças (a partir do dia 15) e o já tradicional Baile de Carnaval, com muita música e brincadeiras (no dia 22, das 10h às 12h).

    Coral infantojuvenil
    Criado em 2013, o Cantateca é coordenado pelas professoras Júlia Saggin (pianista) e Paula Harada (violinista). Os participantes têm de 7 a 17 anos e ensaiam semanalmente aos sábados, das 10h às 12h. Os interessados em preencher as novas vagas disponíveis devem comparecer ao auditório, durante os ensaios, para conversar diretamente com as responsáveis. Mais informações: (41) 3221-4962.


    PROGRAMAÇÃO CULTURAL — FEVEREIRO

    GERAL
    Informações: (41) 3221-4974

    Exposição “Paul McCartney in Curitiba Forever”
    Ilustrações de Doralice Araújo
    De 7 a 29, na seção Multimeios

    Lançamento de livro
    Minha Vida com as Divas, de Heloisa Antunes
    Dia 8, às 10h, no hall térreo

    INFANTIL
    Informações: (41) 3221-4962

    Hora do Conto
    De segunda a sexta, às 11h, 15h e 17h (aos sábados, somente às 11h)

    Oficinas de Trabalhos Manuais
    De segunda a sexta, às 11h15 e 15h15 (aos sábados, somente às 11h15)

    Cine Pipoca & Picolé
    Castelo Rá-Tim-Bum, O Filme
    Dia 7, às 14h30, no auditório
    * A Hora do Conto das 15h e a Oficina de Trabalhos Manuais das 15h15 não acontecem neste dia

    Coral infantojuvenil da BPP — Cantateca
    Inscrições abertas
    Todos os sábados, das 10h às 12h, no auditório
    Faixa etária: 7 a 17 anos
    Informações: (41) 3221-4962

    Exposição “Narrativas Espaciais: Cartografias Afetivas”
    Mostra de encerramento do Ateliê de Artes Visuais Para Crianças 2019
    De 15 de fevereiro a 14 de março, no hall do 2º andar

    Carnaval para crianças
    Dia 22, das 10h às 12h, na Seção Infantil

DESTAQUES DOS EDITORES