As maravilhas, neuras e dúvidas da maternidade

Boa pedida

Produção de tinta a partir de alimentos e dança flamenca são algumas das atrações do IC para Crianças

(Foto: Divulgação)

O IC para Crianças segue nesta semana com a programação composta de vivencias musicais, quinzenalmente, sempre às segundas-feiras, aulas de criação, às terças-feiras, de dança, aos domingos, e Expedição Brasiliana toda sexta-feira. Elas podem ser acessadas tanto pelo site www.itaucultural.org.br quanto no Youtube https://www.youtube.com/user/itaucultural do Itaú Cultural. Todos os conteúdos, desde o início do projeto, em maio deste ano, estão disponíveis na integra, para serem acessados a qualquer momento nestes endereços eletrônicos. Segue abaixo a grade entre os dias 6 e 10 de novembro.

Expedição Brasiliana
Fazendo Tintas e Materiais Artísticos é o nome do sexto episódio da segunda temporada de Expedição Brasiliana, que vai ao ar no dia 6 de novembro (sexta-feira). Nele, os educadores do Itaú Cultural mostram que o ateliê tem muito em comum com a cozinha, pois a criação artística se cruza, em vários aspectos, com as produções gastronômicas. Partindo desse pressuposto, como criar tintas e outros materiais artísticos a partir de coisas da natureza ou encontradas em casa, como alimentos e produtos recicláveis, serão explorados. O episódio resgata o desenvolvimento das técnicas artísticas, muito presentes na Coleção Brasiliana, na qual a série é inspirada. Ela reúne um dos mais completos acervos da produção artística sobre o país, desde a chegada dos colonizadores até o início do século XX, mostrando diferentes histórias do Brasil.

Cada vídeo é acompanhado de material complementar, publicado no site do Itaú Cultural, que aprofunda e expande as temáticas apresentadas, além de três ilustrações que têm a ver com a temática do episódio. Ficam disponíveis, também, páginas para baixar, como, no caso deste episódio, uma tabela com espaço para anotar a receitas e fazer testes com as tintas produzidas. Cada vídeo tem em média 15 minutos de duração, com transmissão em Libras e com legendas. Todo o conteúdo é produzido pelos educadores da organização.

Vivências Musicais
Em sua segunda aula, no dia 9 (segunda-feira), o diretor, ator, músico, compositor, pesquisador da cultura brasileira e fundador da Trupe Trupé, Felipe Edmo, explora os diversos timbres que podem ser produzidos por grãos quando colocados em diferentes recipientes, como potes e garrafas PET. Ele propõe brincar de peneirar e batucar utilizando a cantiga tradicional Macaco Pisa o Milho.

Dança
Dom Quixote é a inspiração da educadora e bailarina Viviane Fontes, no dia 8 de novembro (domingo). O consagrado personagem levará o público até sua terra natal, a Espanha. Lá Viviane explora um pouco a cultura musical e dançante do país, trabalhando a percepção de ritmo e lateralidade. A coreografia final terá inspiração na música flamenca e nas touradas.
Criação
A designer Estéfi Machado, no dia 10 (terça-feira), encerra sua participação no projeto fazendo cada uma das fases da lua a partir de uma caixa de fósforos. Na próxima semana, quem assume as aulas de criação é o artista visual e educador Gustavo de Magalhães. Ele explorará possibilidades de se trabalhar o movimento a partir de dobras, cortes e colagens com papel.

Sobre os professores
Estéfi Machado é designer, crafiteira, cenógrafa, fotógrafa e escritora. Há oito anos criou um blog que compartilha ideias de brincadeiras entre adultos e crianças para inspirar os pais a se conectarem com seus filhos. É também autora de O Livro da Estéfi, publicado pela Cia das Letrinhas.

Filipe Edmo é diretor, ator, músico, compositor e pesquisador da cultura brasileira. Atou como professor de música, dança e teatro em diversas escolas e instituições pela capital paulista e grande São Paulo. Fundador da Trupe Trupé, grupo de música infantil, já compôs e gravou com diversos nomes da música brasileira, como Ney Matogrosso, Zeca Baleiro, Filipe Catto, Tião Carvalho, Fortuna e Palavra Cantada. Integrou a equipe do Instituto Brincante como artista e educador e fundou a Fervo Produções, uma produtora especializada na pesquisa e difusão das manifestações populares brasileiras. Junto a Paulo Tatit (Palavra Cantada) criou o projeto Siricutico, uma série de oficinas que em 2020 transformou-se em shows, vídeos e muitas músicas e brincadeiras inéditas de autoria da dupla.

Viviane Fontes é arte educadora, atriz e bailarina. Através do teatro e da dança constrói suas aulas inspirada por estes universos. Antes de mergulhar na licenciatura, trabalhou dançando em companhias e viajou por diversas cidades do Brasil conhecendo diferentes modalidades e estilos. Isso fez com que ela enxergasse a vontade das pessoas em se relacionar e respeitar as naturalidades corporais e suas expressões. Assim, uniu seu conhecimento técnico e as necessidades individuais resultando no prazer pelo movimento. Tornar a dança uma experiência prazerosa é o principal foco de Viviane.

SERVIÇO:
IC para crianças
https://www.itaucultural.org.br/
https://www.youtube.com/user/itaucultural
Com vídeos postados sempre às 11h
Dia 6 de novembro (sexta-feira)
Expedição Brasiliana
Com os educadores do Itaú Cultural
Classificação Indicativa: Livre