• Shopping Curitiba recebe feira internacional

    Garimpar, essa é a ordem do dia para quem for ao Shopping Curitiba neste inverno. Na Feira Volta ao Mundo, que vai até o dia 13 de setembro na Plataforma de Eventos do Piso L2, estão milhares de produtos vindos diretamente do Peru, Quênia, Madagascar, Bolívia, Turquia, Tailândia, Dubai e Índia. Quem deseja comprar um produto original e exclusivo vai encontrar de objetos de decorações e utilidades domésticas a acessórios femininos e vestuário.

    Os gorros, mantas, blusas, cachecóis e ponchos são feitos artesanalmente com a mais pura lã de alpaca - um produto muito difícil de se encontrar no mercado de Curitiba - famosa pela suavidade ao toque, pelo calor que produz e por ser hipoalérgica, não provocando alergias ou irritações. As peças são importadas diretamente de Cusco e Machu Pichu, no Peru, pela artesã Yenny Equinigo Martinez.

    Da África, a queniana Abiola Diffu traz para o evento alguns dos mais tradicionais artesanatos do Quênia e de Madagascar. Do seu país natal o destaque vai para as peças feitas em madeira, como as mini esculturas de girafas e os talheres decorados, além das miniaturas de animais feitas em pedra sabão e as almofadas produzidas com tecidos e estampas da região. Da ilha de Madagascar Abiola nos brinda com inúmeros artesanatos feitos com ráfia, como cachepôs, cestas a uma exclusiva representação do baobá (exclusivo da feira), uma árvore originária do continente africano. Tudo muito colorido e alegre.

    Representando o seu país, o designer boliviano Nelson Mena Castellon apresenta na Feira Volta ao Mundo os acessórios femininos produzidos pelos artesãos da região de Cochabamba. Suas peças são exclusivas, feitas utilizando metais nobres leves e muitas pedras, vidrilhos e miçangas coloridas, cujo design trançado nos remete às formas e coloridos andinos. Já o caprichado folheado a ouro 18k garante o acabamento e a qualidade das semi-jóias que, em Curitiba, só podem ser adquiridas na Feira Volta ao Mundo (ele vende online, mas presencialmente somente nas feiras, e em Curitiba somente na Feira Volta ao Mundo do Shopping Curitiba).

    Murat Eser traz da Turquia uma grande variedade de produtos, muitos vindos de Istambul, onde a arte de trabalhar o vidro é antiga. E é de lá que vem um dos artesanatos mais representativos do país, os lustres e luminárias feitos com mosaicos de vidros multicoloridos (esse é um produto difícil de encontrar à venda em Curitiba), que proporcionam um efeito visual aconchegante ao ambiente. Cada peça é única e o preço varia de acordo com a quantidade de cúpulas que possui. Já as taças, xícaras, travessas, pratos e bombonieres são utilitários refinados, alguns com acabamento em ouro e prata. E não poderia faltar a famosa prata turca, presente nos acessórios femininos feitos artesanalmente, que têm como característica principal a aparência vintage.

    Outros produtos tradicionais encontrados na feira são as toalhas e trilhos de mesa ricamente bordados à mão com pedrarias e fitas, além das mantas para sofá feitas em tecido jacquard chenile, decoradas com estampas otomanas, tão típicas da Turquia, que estão presentes também nos tapetes produzidos na milenar técnica artesanal do kilim.

    Outro artesanato indispensável num estande turco é o Nazar Boncuk ou Olho Turco, que apesar de ser original da Turquia ficou conhecido em alguns países como Olho Grego. É um amuleto que protege contra mal olhado e olho gordo. Na Feira Volta ao Mundo é possível encontrar o olho turco em inúmeros produtos.

    A família Baba representa a Índia, trazendo da região de Kashmir as famosas pashminas indianas. Esse era originalmente o nome dado a um tecido de alta qualidade, feito a partir da lã extraída das cabras nativas do norte da Índia e do Nepal, mas que num passado recente passou a identificar todos os chales e cachecóis produzidos ali. Também em Kashmir são feitas as capas de almofadas e tapetes, cujos materiais e técnicas variam de acordo com o produto.

    Por fim, o expositor Mishkat Ravi foi buscar na Tailândia alguns dos mais lindos artesanatos daquele país, repletos de significados, como as máscaras e esculturas de animais feitos em madeira teca, que é originária das florestas asiáticas, conhecida pela leveza e durabilidade. Já de Dubai, nos Emirados Árabes, cidade famosa pela riqueza e pelo ouro, ele trouxe os acessórios femininos.

    O evento tem entrada gratuita e está aberto de segunda a sábado das 10h às 22h e aos domingos e feriados das 14h às 20h.

  • Tecpar em Ação e Eletricidadania

    Adolescentes e jovens paranaenses começaram a participar do programa de mentoria realizado pelo Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) e pela Copel. Esse programa é a segunda etapa do Projeto Ciclo de Profissões e, neste momento, profissionais das duas empresas públicas irão auxiliar estudantes do Ensino Médio no planejamento de suas carreiras.
    No total, serão cerca de 100 mentores das duas empresas que irão compartilhar sua vivência profissional com os estudantes, que são de escolas do Ensino Médio, atendidos por ONGs, e de escolas públicas inscritas no programa de voluntariado das duas empresas – o Tecpar em Ação e o Eletricidadania.
    Os profissionais foram capacitados para desenvolver atividades e tarefas, que serão realizadas até a segunda quinzena de julho de maneira remota, explica Hosana Lopes Francisco, coordenadora do programa de voluntariado do Tecpar. “Serão quatro encontros para mostrar aos estudantes a importância de ter um projeto de vida, para apoiá-los no desenvolvimento de metas para dois, cinco e dez anos”, ressalta.
    A coordenadora do programa Eletricidadania de voluntariado da Copel, Adriana de Campos Souza, destaca que na primeira fase do projeto os estudantes puderam conhecer detalhes sobre as mais diversas profissões de pessoas que atuam nas duas empresas.
    “Agora, os voluntários irão ajudar os estudantes a elaborar o planejamento de suas vidas profissionais e acadêmicas e auxiliá-los no desenvolvimento de novas habilidades", afirma.
    MENTORIA – Uma das participantes é a economista e matemática Adriana Ferrreira Sobanski, que atua com Controle de Contratos na Divisão de Compras do Tecpar. Ela já se encontrou com sua mentorada, a estudante do terceiro ano do Ensino Médio Sara Nunes de Assis Ferreira, e espera auxiliá-la na sua escolha profissional.
    Busco contribuir para que os estudantes se tornem pessoas motivadas e que tenham objetivos palpáveis para suas vidas. De forma sincera e honesta, quero falar sobre meus próprios erros e incentivá-los a tomar decisões mais assertivas”, destaca Adriana.
    Sara, por sua vez, está de saída do Colégio da Guarda Mirim do Paraná no final do ano e sonha com uma vaga no curso de Administração na Universidade Federal do Paraná (UFPR).
    “Minha expectativa no programa de mentoria é conhecer como foi a vida da Adriana na faculdade e no trabalho, conhecendo quais obstáculos ela teve que vencer no caminho e como ela conseguiu colocar em prática o aprendizado da universidade”, salienta.
    PROGRAMA – O Projeto Ciclo de Profissões visa, por meio do voluntariado empresarial no Tecpar e na Copel, auxiliar estudantes do Ensino Médio no planejamento de suas carreiras, oportunizando o conhecimento de diferentes áreas de atuação para que possam avaliar e verificar as carreiras com as quais se identificam.
  • Marketplace "Aprenda" cresce 8000%

    O setor da educação vem fortalecendo novas frentes com a chegada da tecnologia. Impactado pela pandemia da Covid-19, foi um dos que mais encontrou desafios para se reestruturar rapidamente e seguir levando conhecimento e produzindo conteúdos por meio de novas metodologias de interação e novos meios. A realidade é que o ensino online veio para ficar, e a tendência é que, mesmo com o retorno ao presencial, muitas instituições sigam ao menos de forma híbrida. Uma prova disso foi o crescimento exponencial do Aprenda, marketplace que registrou um crescimento de 8 mil porcento - devido às novas demandas do isolamento social - do primeiro trimestre de 2020 para o segundo. 

    O Grupo CERS, pioneiro no EAD do ramo jurídico no Brasil, utilizou sua expertise em tecnologia de ensino online para – antes mesmo da pandemia - lançar o marketplace Aprenda. O canal proporciona uma plataforma completa para produção e comercialização de infoprodutos. O que antes começou focado na área jurídica, com muitos conteúdos produzidos pelos professores da casa, com a pandemiase ampliou para todas as áreas do conhecimento. Em um ano, a plataforma já intermediou a venda de mais de 50 mil cursos/produtos. Ao todo, já são cerca de três mil produtores de conteúdo que, periodicamente, disponibilizam novos cursos e produtos assistidos por mais de 16 mil alunos. Há também a indicação por mais de 100 afiliados – parceiros do Aprenda, que trabalham com a divulgação e revenda dos cursos.  

    Os números foram significativos para o Grupo CERS como um todo, incluindo cursos de pós-graduação, preparatórios para concursos e Exame de Ordem, ao registrar um crescimento de 52% em 2020. É o retrato da nova era da educação e da produção de conteúdo: online, fácil, ágil e de qualidade. 

    "Na CERS, vimos que poderíamos ir muito mais além compartilhando conteúdos de valor para nosso público. Somos especialistas em tecnologia para educação. Utilizamos os recursos de nossa startup – a Videofront – que é um estúdio de produção de conteúdo online premiada nacionalmente, para facilitar a gravação dos cursos por nossos mais de três mil produtores de conteúdo. Apenas dentro da CERS temos centenas de professores que utilizam a nossa plataforma para comercializar seus produtos e milhares de alunos dispostos a adquiri-los. Agora, com o Aprenda, isso se ampliou para todos. Basta a pessoa chegar com o conhecimento, todo o resto que ela precisa para fazer uma aula online ou ao vivo está na plataforma. Deu muito certo. Estamos com uma proposta agressiva e a nossa expectativa é triplicar os números, em 2021”, comenta Francisco Penante, VP do Grupo CERS e responsável pela plataforma Aprenda. 

  • 15º Edição do CCPR homenageia Renato Cavalher

    O Head of Creative Strategy do Grupo OM Marketing & Comunicação, Renato Cavalher, foi homenageado na 15ª edição do Festival do Clube de Criação do Paraná (CCPR), realizada de forma remota na noite desta quinta-feira (08).

    Ao final da divulgação dos resultados do festival, a entidade apresentou depoimentos de familiares e de profissionais que já atuaram com o publicitário, como a dupla Renato e Roberto Fernandez, Marcos Zanatti, Victor Amorim, James Feeler, Luis Henrique Groff, Celinha Camargo, Alexandre Catarino e Laila Rotter Schmidt.

    “O fato do Clube ter resistido todo este tempo já é um motivo de muita satisfação, por teu ajudado a colocar os primeiros tijolinhos lá no começo. Fico muito feliz em ver o CCPR fazer 15 anos, uma criança que eu vi nascer e que carreguei no colo. É uma honra receber esta homenagem”, diz Cavalher, que é sócio fundador do CCPR e foi presidente da entidade de 2004 a 2008.

  • Reposicionamento do Colégio Sesi da Indústria

    A partir deste ano, o Colégio Sesi passou a se chamar Colégio Sesi da Indústria e veio com uma nova oportunidade na formação do estudante. Com foco na indústria e na preparação para o mundo do trabalho, o Colégio traz ao estudante a oportunidade de trabalhar com desafios reais da indústria, com orientação de carreira a ainda realizar oficinas, workshops e cursos de formação profissional. São diversas unidades em todo o estado que preparam os alunos para os desafios das indústrias paranaenses, para o mercado de trabalho e para a vida.

    Para informar as novidades às indústrias e ao público, o Marketing do Sistema Fiep elaborou uma campanha de reposicionamento da marca que terá lançamento em propaganda veiculada no intervalo do programa Fantástico, da Rede Globo, neste domingo, dia 14/02, em todas as praças com unidades de Colégio.

    A campanha tem um conjunto de estratégias que vão levar até a indústria, sindicatos e público final como pais e comunidade, mais informações sobre a nova proposta. Entre as ações estão veiculação de vídeo em TVs, rádio, mídia exterior, digital, assessoria de imprensa e atividades em indústrias, se estendendo ao longo do ano com iniciativas que fortalecem os diferenciais da nova entrega voltada para a indústria. Foi desenvolvida uma nova linha gráfica, que reforça a entrega associada à tecnologia e inovação, presente nas indústrias e na proposta pedagógica. 

    Um novo canal de comunicação foi lançado: o blog do Colégio Sesi da Indústria. Lá, você vai encontrar histórias de quem construiu projetos de sucesso a partir de uma educação moderna, diferenciada e em sintonia com a realidade da nossa indústria, vai também poder acompanhar nosso novo podcast Sesi Conecta e acompanhar notícias sobre o mercado de trabalho, profissão e dicas para se destacar no ramo industrial. Em breve, será lançada também uma websérie com histórias de egressos do Colégio Sesi da Indústria que tem sucesso profissional.  

  • COBRANDING no sorvete

    A Lacticínios Tirol, em parceria com a Paviloche, empresa de Santa Catarina especializada na produção de sorvetes, se prepara para lançar um produto exclusivo. A novidade, que promete fazer bastante sucesso com o público, é um picolé recheado com o tradicional Doce de Leite Tirol.

    O principal diferencial do produto é a combinação de sabor único, dulçor equilibrado, textura macia e aveludada e cremosidade. A cremosidade é obtida através da utilização de uma fórmula super premium. E o sabor inconfundível do doce de leite da Lacticínios Tirol, utilizado tanto na calda base quanto no recheio do picolé.

    “O Doce de Leite Tirol se mantém intacto no picolé. Mesmo a temperatura de armazenamento sendo abaixo de -18 graus, o recheio permanece cremoso durante o consumo e com o mesmo sabor encontrado nas famosas e tradicionais embalagens do produto”, explica Flori Vasconcellos, Mestre Sorveteiro da Paviloche.

    “Dentre outras exigências, uma fundamental para o lançamento do picolé é que ele fosse aprovado pelos Diretores e funcionários da Lacticínios Tirol. E a aprovação foi unânime”, comenta Fabrício Riquetti, Gerente Institucional da marca.

    A parceria entre as duas empresas já existe há alguns anos, com a Lacticínios Tirol fornecendo alguns insumos para a produção de picolés e sorvetes da Paviloche. O desenvolvimento para o novo produto teve início em maio de 2020 e contou com estudos de mercado e avaliações de posicionamento de marca durante a etapa de planejamento.

  • HR Tech curitibana Pontomais recebe aporte da VR Benefícios

    Visando criar novas oportunidades aos clientes de ambas as empresas e ampliar a oferta de serviços em seus portfólios, a HR Tech Pontomais, maior empresa de ponto eletrônico digital do Brasil, anuncia o recebimento de um aporte de capital da VR Benefícios, empresa que é sinônimo de categoria em vale-refeição e vale-alimentação.
     
    Com isso, a startup curitibana, que conta com mais de 120 colaboradores e inaugura um novo escritório no mês de fevereiro, pretende passar de 1 milhão para 10 milhões de pontos registrados por dia em sua plataforma nos próximos 5 anos.
     
    Na visão de Hendrik Machado, CEO da Pontomais, esse aporte permitirá alcançar resultados ainda maiores e reafirmar o posicionamento de líder de mercado no segmento de ponto eletrônico. Além disso, também ajudará a destacar o ecossistema de startups curitibanas como um dos mais promissores do mundo. 
     
    "Iniciativas como essa reforçam o bom trabalho que os empreendedores curitibanos vêm realizando ao longo dos últimos anos. Tracionar esse mercado é fundamental para obter o reconhecimento do trabalho que estamos desenvolvendo e contar com o apoio do time da VR Benefícios é fundamental para acelerarmos nosso crescimento", afirma o CEO.
  • Controle da horta pelo celular

    Uma das preocupações de quem fica fora por um longo período fora de casa, seja em férias ou viagens a trabalho, é solucionar a questão da irrigação e do monitoramento do cultivo indoor de plantas, flores ou hortas pequenas. Na maioria dos casos, os cultivadores acabam pedindo ajuda ou terceirizando para que o plantio sobreviva e não seja esquecido. Mas nem sempre há o cuidado correto na hora de molhar a terra, já que regar em excesso também pode ser um problema.               

    A tecnologia chegou para ajudar também esse crescente setor de cultivo indoor. E a solução é um sistema de irrigação para automatizar e cuidar com qualidade do cultivo mesmo à distância. A startup curitibana Favo Tecnologia, focada na agricultura urbana doméstica e cultivo indoor – que engloba flores, plantas, alimentos e hortas - criou uma linha de produtos justamente para esses tipos de situações. A tecnologia atende diferentes tipos de cultivos e tamanhos de hortas e plantações, possibilitando controle de irrigação, temperatura e umidade por um aplicativo no celular. Isto é, mesmo durante a viagem, não vai faltar cuidado correto para as plantas.  

    Os produtos desenvolvidos pela Favo Tecnologia, para atender esse público que leva suas hortas particulares e cultivos indoor bem à sério, são da linha Growin Drip. Além de controlarem a irrigação das hortas e jardins, monitoram o ambiente de cultivo e, tudo isso, por meio de um aplicativo disponível para os sistemas Android e iOS. Os clientes ainda podem fazer agendamento semanal da irrigação e deixar em modo offline, ou seja, nunca mais vão esquecer de regar ou cometer o erro de regar em excesso, por exemplo. Também conseguirá saber se está muito quente na estufa ou muito úmido. 

    "Esses produtos são voltados para pessoas que já realizam o cultivo indoor, mas ainda não automatizaram esse processo porque não conhecem a nossa tecnologia, ou ainda não sabem quais são as vantagens. E eles chegam para facilitar a vida dos cultivadores que terão suas plantas e hortas super saudáveis mesmo quando estiverem longe de casa. Sem falar que não vão mais precisar pedir aquele favorzinho para os vizinhos ou parentes molharem as hortas quando forem viajar”, explica o CEO da Favo Tecnologia, Marcelo Pinhel. 

    Controle da horta pelo celular 

    O controlador Growin Drip é ideal para quem tem área maior de horta, cultivo ou jardim. Pelo celular é possível agendar horários de irrigação, diários ou semanais, e acompanhar os dados do seu local de cultivo de onde estiver.  Os sensores capturam dados referentes à luminosidade, umidade do ar e temperatura relativa.  

    Growin Drip vem com um kit completo com controlador de irrigação, bomba de água (vazão de 240l/h e 2m de coluna de água), estacas de fixação, 15m de microtubos, distribuidor Growin com: 5, 10, 15 ou 20 saídas, módulo de sensores Growin. E é possível comprá-lo com ou sem o reservatório de água - que precisa ser enchido a cada duas ou três semanas.  

    O produto fica conectado à tomada e à Internet, assim como ao celular. Dessa forma, os comandos do aplicativo são enviados para a horta através do servidor da Favo Tecnologia. O aplicativo que controla os produtos, por sua vez, é atualizado e tem design fácil de mexer, tornando o produto mais preciso e eficiente.  

    Já é possível adquiri-lo no site https://favotecnologia.com.br/products/growing em pré-venda. As entregas dos produtos serão iniciadas a partir de 27 de janeiro. 

  • Prêmio Lusófonos de Criatividade para Curitiba

    Criado com o objetivo de distribuir gratuitamente máscaras estampadas com sorrisos feitos por artistas para trabalhadores dos serviços essenciais e população em fragilidade social, o projeto Contagiando Sorrisos foi vencedor dos Prémios Lusófonos da Criatividade, festival internacional da Lisbon Awards Group, de Portugal, que contempla boas iniciativas em publicidade, design e comunicação na língua portuguesa. O projeto brasileiro venceu na categoria Relações Públicas, na subcategoria Plano de Relações Públicas Low-Budget.

    Contagiando Sorrisos é um movimento filantrópico sem fins lucrativos iniciado na cidade de Curitiba em abril de 2020, cerca de um mês após o país entrar em quarentena devido à pandemia do novo coronavírus. Foi realizado de forma voluntária por uma equipe de 13 profissionais das agências de comunicação Remix Promo Criativa, Lide Multimídia e Hubox Marketing Digital; da consultoria Estesia Business Inovation, da Lacini Coletivo audiovisual e da B2finance Auditoria. Para divulgar o projeto e compor o plano de Relações Públicas Low-Budget que rendeu o prêmio, foram adotadas estratégias de assessoria de imprensa e marketing digital, praticadas de forma intensa, constante e prática.

    Como resultados em assessoria de imprensa, foram conquistadas 139 inserções em 106 veículos de comunicação diferentes, de 8 estados brasileiros e no Distrito Federal. Foram 10 reportagens de TV (totalizando 28:28 de duração), 9 reportagens em veículos impressos (totalizando 337 cm/col), 118 em veículos online (com 820.270 pageviews ao todo) e 2 reportagens em rádio (4:45 de duração).

    Em marketing digital, os resultados foram obtidos de forma orgânica. O perfil do Instagram (com 1.768 Seguidores) registrou 12.342 interações, 69,35% de engajamento e 112.730 de alcance. A página no Facebook (com 787 seguidores) obteve 3.968 interações, 36,48% de engajamento e 136.718 de alcance. Personalidades como os atores Reynaldo Gianecchini e Erika Januza se identificaram com o projeto e postaram fotos com máscaras em suas redes de forma espontânea e orgânica. No Instagram era possível usar filtros para inserir virtualmente uma máscara com sorriso em uma selfie. Além disso, foram realizadas campanhas em que pessoas poderiam fazer vídeos musicais sobre os temas do projeto, ou enviar sua própria arte de sorriso (a mais votada se tornou uma das máscaras do Contagiando sorrisos).

    Por meio de uma rede formada por artistas, comunicadores, empresas parceiras, apoiadores e influenciadores, neste ano de 2020 foram distribuídas 10.000 máscaras em 21 cidades de 9 estados brasileiros. Ao todo, foram beneficiadas 64 instituições e comunidades. 61 artistas (entre eles Ziraldo e Laerte) cederam 108 artes para estampar as máscaras, que foram produzidas graças ao apoio de 6 empresas parceiras e também de colaboradores via campanha de financiamento coletivo (crowdfunding). Para conhecer mais sobre o Contagiando Sorrisos, basta acessar os canais de comunicação do projeto:

    Site:

    www.contagiandosorrisos.com.br

    Redes sociais:

    https://www.instagram.com/contagiandosorrisos/

    https://www.facebook.com/projetocontagiandosorrisos

  • STF confirma liberação da venda de cervejas nos estádios de futebol do Paraná

    A liberação da comercialização de cervejas nos estádios de futebol do estado do Paraná está confirmada, de forma definitiva, pelo Superior Tribunal Federal (STF). A decisão, de acordo com Alberto Goldenstein, do escritório GPM|G&C Advogados Associados, Especialista em Direito Empresarial e Civil, vai ao encontro do disposto no Estatuto do Torcedor, que jamais vedou ou impediu o consumo de cervejas nos estádios. “Aliás, a preocupação do legislador é na proteção dos torcedores/consumidores, o que durante todo o período de consumo da bebida se demonstrou garantido”, frisa. 

    O advogado ressalta que a comercialização de cervejas nos estádios e arenas possibilita um fomento â economia local, em especial, aos microprodutores cervejeiros, bem como garante aumento na arrecadação para o estado.  “Dessa forma, a confirmação da constitucionalidade da lei estadual é um importante passo para o desenvolvimento da indústria cervejeira e um reconhecimento necessário do espetáculo desportivo”, pontua. 

    Goldenstein salienta que, por enquanto, os efeitos da decisão não serão sentidos em virtude do distanciamento social imposto pela pandemia que proibiu a presença do público torcedor nos estádios durante a realização de jogos de futebol. “As expectativas são de que para o próximo ano a situação se equilibre e a torcida poderá voltar a prestigiar as partidas de seus clubes preferidos, momento em que será possível verificar os reflexos positivos dessa decisão ”, argumenta. 

    Em março deste ano, lembra Goldenstein, o STF havia concedido a liberação da venda de cervejas nos estádios, mas a Procuradoria-Geral da República propôs recurso para a proibição. A questão retornou à Suprema Corte e o ministro Edson Fachin delimitou que, de fato, as leis estaduais que regulamentam a venda de bebidas alcoólicas em estádios e arenas desportivas são constitucionais. 

    Goldenstein salienta que, por enquanto, os efeitos da decisão não serão sentidos em virtude do distanciamento social imposto pela pandemia que proibiu a presença do público torcedor nos estádios durante a realização de jogos de futebol. “As expectativas são de que para o próximo ano a situação se equilibre e a torcida poderá voltar a prestigiar as partidas de seus clubes preferidos, momento em que será possível verificar os efeitos positivos dessa decisão ”, argumenta. 

  • Pandemia fomenta mercado de venda de créditos vencidos no Brasil

    A pouco menos de um mês para fechar o ano de 2020 o mercado continua prevendo oscilações. Em termos econômicos, a pandemia do coronavírus foi arrebatadora e de acordo com a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic) a quantidade de famílias endividadas bateu recorde histórico em agosto, com a marca de 67,5%, o maior nível desde o início de sua realização, em janeiro de 2010. Diante desse cenário, que tende a crescer ainda mais com o fim do auxílio emergencial do governo, muitas empresas veem suas receitas serem muito impactadas com a inadimplência. Aí é que, com a chegada do fechamento anual de balanço e a necessidade de melhorar o fluxo de caixa, um novo mercado tem despontado entre todos os tipos de empresa: o de cessão de créditos.  

    Para quem não tem muita familiaridade com o assunto, a cessão de créditos é uma negociação em que uma empresa vende sua carteira de dívidas vencidas para um investidor que, com experiência neste mercado de ativos problemáticos, irá buscar a recuperação através de ações de cobrança direcionadas. Já o credor, que vendeu a carteira, recupera parcialmente o valor do que lhe era devido e não precisa mais investir tempo e dinheiro em uma área que provavelmente não seja seu ponto forte, de cobrança.  

    “A Cessão de Créditos é uma ótima alternativa para que empresas ‘limpem seus balanços’ e repassem estes ativos de difícil recuperação. Existem empresas especializadas em avaliar, adquirir e cobrar créditos vencidos acima de 1, 2 ou até 5 anos, ajuizados ou não, com garantias ou não. Este mercado tende a crescer nos próximos meses pela piora na capacidade de pagamento dos devedores, principalmente devido à pandemia”, avalia Maxiuel Cerizza, especialista na área com mais de dez anos de experiência. 

    Para ele, o ano de 2021 deve crescer 20% em relação a 2019 quando se fala desde mercado. “Devemos considerar que 2020 foi ano atípico e que poucas operações foram/serão concretizadas”, complementa.  

    Startup é oportunidade para empresas realizarem cessão de créditos de forma simplificada e com assistência  

    Antes mesmo da pandemia começar, uma plataforma foi lançada por especialistas com o objetivo de fomentar esse mercado. A premissa é simples: uma ferramenta que conecta os Investidores interessados nesta modalidade de ativos com as oportunidades no mercado, e ainda a oferta do trabalho de Advisor prestando consultoria para empresas que possuam carteira de créditos vencidos, mas não sabem como funciona o processo de venda. 

    Quem teve a ideia do negócio foi Maxiuel Cerizza, que atua nesta área há mais de 18 anos e vislumbrou que este mercado poderia ter uma tramitação mais fácil e ágil. E vem dando certo. Em pouco mais de nove meses, o Portal Cessão de Créditos já tem mais de 150 investidores cadastrados e disponibiliza atualmente, para avaliação e aquisição, diversas carteiras de créditos vencidos que somam mais de 235 mil créditos e saldo de R$ 250 milhões. 

    No Portal Cessão de Créditos não há custo para se cadastrar como Investidor e avaliar as oportunidades, bem como para cadastrar carteiras de volume baixo (menores que R$ 1 milhão). Já para carteiras mais estruturadas é recomendável que o potencial cedente seja assistido pelos profissionais da plataforma. 

    A plataforma é bastante democrática, pois é possível cadastrar carteiras de créditos com saldos menores, acima de R$ 300 mil. “Até o momento os maiores players deste mercado trabalham apenas com ativos acima de R$ 50 milhões”, conta Cerizza. 

    Outra vantagem do portal é o serviço de Advisor, ou seja, a consultoria para empresas que tem carteiras de créditos não performados e desconhecem os tramites do processo de cessão. Com a expertise de quem é especialista na área, Maxiuel garante que esse tipo de serviço é importante no processo de venda para trazer mais credibilidade. Além disso, os custos são acessíveis em comparação ao que já existe hoje no mercado. 

    “Nosso objetivo é fomentar, com qualidade e responsabilidade, a cessão de créditos no Brasil e oferecer uma nova oportunidade que antes sequer era considerada por empresários por desconhecimento do processo”, finaliza.

  • RED WEEK IDEAS

    A Red Week Ideas (RWI) é um evento anual promovido pela Redhook School, um hub de criatividade voltado à indústria da comunicação, marketing e inovação, com sede física em Curitiba, no Paraná. Essa é a oitava edição do evento, realizado de 04 a 11 de dezembro, que conta com uma série de palestras e painéis sob o tema geral “Holy Creativity", sugerindo um culto à criatividade, ingrediente indispensável na solução de problemas não apenas na publicidade, mas em qualquer segmento. A RWI 2020 aborda em toda a sua programação a importância da criatividade ao longo dos tempos, especialmente em períodos de crise. 

    Com a evolução tecnológica, que já era uma realidade antes, e ganhou uma velocidade assustadora neste ano, acelerando também a fluidez cultural, incentivando a conexão virtual entre pessoas e empresas, o mundo sofreu uma grande transformação em todos os sentidos. Mudou ainda mais a forma como criamos e consumimos ideias. Mesmo com plataformas digitais já disponíveis, antes da pandemia ainda existiam barreiras relacionadas ao desconhecimento, falta de hábito de uso, insegurança ou até mesmo comodismo, que nos deixavam confortáveis no jogo criativo, garantindo que tivéssemos um volume menor de competidores. 

    Mas o cenário mudou radicalmente muito rápido, trazendo novos desafios e tirando todo mundo da zona de conforto. A combinação de tecnologia já disponível e a democratização global do acesso a novas soluções transformou ainda mais a nossa indústria, exigindo reflexão e reinvenção dos profissionais e empresas. Na Red Week Ideas 2020, todas as palestras e painéis trazem ideias globais e regionais criativas, inovadoras e relevantes que se destacaram nesse cenário  graças ao uso da criatividade e que, consequentemente, motivaram a participação das pessoas, gerando bons resultados para as marcas e para a sociedade. 

    Abaixo a lista de convidados já confirmados para as palestras e painéis virtuais da Red Week Ideas 2020, que será realizada de 04 a 11 de dezembro nos canais de comunicação da Redhook: 

    Andre Konell e convidados | Redator na MarketData e Diretor do documentário sobre a publicidade paranaense (Curitiba, Brasil)
    Andres Borja | Redactor Senior en Grey Argentina (Buenos Aires)
    Bruno Tozzini | Creative Lead at OLIVER Agency -  Danone Global Team (Amsterdã, Holanda)
    Carlos Prado e convidados | Sócio e Diretor de Criação da Sigla Comunicação (Belo Horizonte, Brasil)
    Caro Rebello | Creative Director at McCann New York (USA)
    Dan Zecchinelli | Creative Director en Filadélfia Comunicação (Belo Horizonte, Brasil)
    Douglas Mello | Global Planning Director at TBWA\HAKUHODO (Tokio, Japan)
    Fabio Fernandes | Sim, o cara! (São Paulo, Brasil)
    Fernando Pellizzaro | Global ECD en David (Miami, USA)
    Flavio Vidigal | Founder e CEO Rise ( New York, USA)
    Guilherme Pinheiro | Redator Senior na David (Madrid, España)
    Gus Machado | Redactor Senior na AKQA (São Paulo, Brasil)
    Javier Quintero | Head of Strategy and Business Development BBDO (Buenos Aires, Argentina)
    Jean Zamprogno | Global ECD na David (Miami, USA)
    João Fernando Camargo | Founder / Chairman at LEAG Group (Zurich, Switzerland)
    João Livi | CEO Talent Marcel (São Paulo, Brasil)
    Juan Pablo Manazza | ECD & Founder Agencia Viva! (Mexico City, Mexico)
    Marcos Medeiros | Partner / chief Creative Office na Crispin Porter Boguski (São Paulo, Brasil)
    Marcos Souza | Managing Partner na IC3 Capital (Curitiba, Brasil)
    Nathalia Resende | Creative Director at BBDO Minneapolis (USA)

    Paco Conde | Founder & Creative en Activista Los Angeles (USA)
    Seimi Maza Otto | Founder & ECD en The Colour Box (Barcelona, España)
    Vero Von | Directora de Film en Landia (Buenos Aires, Argentina)
    Victor Beuren | Freelance Illustrator at Victor Beuren Illustration (São Bento do Sul, Brasil)
    Vinicius Reis | Partner/CEO at CP+B (São Paulo, Brasil)

    O evento tem o objetivo inspirar os participantes a começarem o próximo ano colocando em prática novas  ideias e projetos a partir da insights gerados a partir do conteúdo compartilhado ao longo do evento. E este ano, a Redhook apostou no resgate da história da propaganda em alguns estados de diferentes regiões do país, como Amazonas,  Minas Gerais e Paraná. "A publicidade reflete e guarda características e valores de uma época, das pessoas de determinada cidade, região, país. São peças que foram úteis como publicidade na época, para comunicar e ajudar a vender algum produto ou serviço, mas que tem também um valor histórico por conta dessa simbologia que registrou. São inspiradoras e merecem ser resgatadas", comenta Celinha Camargos, diretora de marketing da Redhook School.

    A programação completa está no site da RWI 2010: 

    https://www.redhookschool.com/red-week-ideas-2020/

  • Pilar Hospital com nova marca

    Na comemoração dos seus 56 anos de fundação, o Hospital Pilar, um dos mais tradicionais de Curitiba (PR), apresenta sua nova marca. A partir de agora a instituição passa a se chamar Pilar Hospital e, dessa forma, passa a enfatizar a sua identidade já tradicional, porém, seguindo o conceito da nova administradora, Hospital Care. Para definir o logotipo foram escolhidos símbolos que se relacionam com a origem do nome do hospital. Essa alteração acontecerá em todas as dependências da unidade, desde a fachada até as placas de identificação de salas e áreas específicas até em suas peças de comunicação, inclusive com uma atualização e repaginada no site e nas redes sociais do Pilar Hospital.

    E

  • OpusMúltipla vence Profissionais do Ano, da Rede Globo

    A OpusMúltipla (empresa do Grupo OM Marketing & Comunicação) foi a grande vencedora da categoria Campanha/Sul do Profissionais do Ano, premiação promovida anualmente desde 1978 pela Rede Globo para homenagear o talento dos profissionais que transformam ideias criativas em propaganda histórica e de qualidade. A proposta é reconhecer estes talentos e a potência criativa da publicidade brasileira, fortalecendo o mercado e incentivando o seu desenvolvimento.

    O projeto vencedor assinado pela OpusMúltipla é a campanha idealizada para a Unimed Londrina, protagonizada pelo vendedor do plano de saúde errado, personagem que já virou um símbolo dos filmes da marca e que insiste em tentar convencer clientes a trocar de empresa de saúde, mas é infeliz em todas as suas abordagens.

    “É um prêmio da elite da publicidade, porque pressupõe a criação e a produção de comerciais para TV, que implica veiculação na emissora. É só para os fortes”, comemora Renato Cavalher, Head of Creative Strategy do Grupo OM. Assista em https://profissionaisdoano.redeglobo.com.br/video/2019-20/nao-caia-no-plano-errado

    FICHA TÉCNICA

    Agência: OpusMúltipla

    Direção de Criação: Renato Cavalher e Alexandre Catarino

    Criação: Alexandre Catarino, Luis Bacellar e Renato Cavalher

    Direção: Thiago Artimonte

  • Via Volare se reinventa

    Criada há 17 anos pela empresária Adriana Soares (foto), a Via Volare já nasceu com um DNA diferenciado. A jovem graduada em Design de Produto pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná, empreendeu no varejo feminino determinada a oferecer ao mercado qualidade superior e diferenciação em sapatos, bolsas e acessórios (como lenços, cintos e bijuterias) para mulheres contemporâneas. Daí nasceu a multimarcas Via Volare, uma loja especial tanto em produtos quanto no atendimento. E foi essa essência original e de vanguarda que fez com que a marca implementasse no começo do ano um processo de digitalização e venda via e-commerce. Iniciativa que fez todo sentido no momento da pandemia e mostrou o posicionamento e a visão da Via Volare em se antecipar às demandas do mercado e oferecer o que o consumidor necessita.

    Antes mesmo das determinações de isolamento social, a loja já vinha trabalhando fortemente nas redes sociais. “Havíamos percebido um faturamento bem expressivo. Ou seja, as pessoas viam os produtos nas redes sociais e iam comprar na loja física”, ressalta Adriana. Assim, mesmo com o fechamento total do comércio as compras on-line continuavam a todo vapor. Foi a hora de mais uma inovação, o serviço de delivery. “Ao invés de irem na loja, as pessoas pediam e a gente entregava”, lembra a empresária. Isso levantou o questionamento sobre a permanência da loja física – visto que as vendas externas iam bem, mas pediam investimentos em logística. “Isso foi determinante para mim, por conta, justamente, desse poder que tínhamos com as vendas externas por meio principalmente do Instagram”, reforça.

    Como resultado, foram ampliados os investimentos nas redes sociais – com a contratação de uma equipe para interação com o consumidor e a divulgação dos catálogos e novidades – além da reformulação do site institucional para uma nova plataforma de e-commerce e a implantação de canais de relacionamento com o cliente via WhatsApp, tornando a marca multicanal e com vários pontos de contato com o consumidor. “Encontramos dentro das dificuldades pelas quais o mundo passa uma maneira de driblar as adversidades e reforçar nosso posicionamento de marca e relevância no cotidiano do nosso consumidor”, comemora Adriana.

    Segundo ela, a recepção da clientela tem sido bem calorosa e positiva. O que é potencializado por três formas diversas de entrega: o delivery (ou seja, a entrega do produto adquirido via canais digitais), a bag (entregue na casa do consumidor que quer provar o produto antes e concluir a aquisição) e o lounge (com atendimento feito em hora marcada). Nesse espaço, a cliente tem uma nova experiência de compra, com atendimento personalizado e exclusivo, pensado para que ela se sinta em casa.

    “Para o futuro, a marca planeja sua expansão nacional, crescendo em vendas em todo o território”, conclui Adriana. Os agendamentos podem ser feitos pelos telefones (41) 99667-9596 / (41) 3077-4393. Mais em https://www.viavolare.com.br/

  • SEPAC tem novo logotipo

    A SEPAC, indústria que atua na produção de papéis tissue há mais de 40 anos, apresenta sua nova identidade. A empresa se reinventou para conectar a nova etapa da sua história, seus produtos, ao cotidiano dos seus consumidores.

    Essa nova identidade reforça a força do trabalho da empresa, que se torna ainda mais versátil, acompanhando as mudanças que os novos tempos exigem, demonstrando a força da empresa que está preparada para os novos desafios, reconhecendo toda a sua tradição, história e compromisso com seus clientes, além da sua busca constante pela excelência do produto e o foco nas necessidades dos consumidores.

     

  • Campanha Nutry "É BARRA"!

    Já está no ar a nova campanha da Nutry que aborda de forma leve e divertida os momentos desafiadores vividos em casa durante a pandemia. Com o mote “É BARRA”, a campanha aborda a nova rotina de muitos brasileiros, que mesmo estando em casa e longe fisicamente dos escritórios, academias e eventos, continuam na correria.

    “Muitos consumidores nossos estão mais dentro de casa, e a previsão é que, mesmo após a pandemia, parte permaneça com rotina mais intensa dentro do lar. A própria expansão de programas de home office favorece este movimento. Com a campanha É BARRA NUTRY, queremos enfatizar a importância de um lanche nutritivo e prático, para quebrar esta rotina diferente, porém igualmente (ou até mais) intensa”, explica Karina Moraes Dal Sasso, Head de Marketing da Nutrimental.

    O comercial está sendo veiculado nas mídias sociais da marca – Facebook, Instagram, Youtube e Tik Tok – e também nos canais de TV por assinatura GNT, Universal e Multishow em São Paulo e Curitiba. Outras peças complementam a campanha através de anúncios em mídia programática, redes sociais e geolocalizada, além de figurinhas para compartilhamento no Whatsapp.

    Já nos pontos de venda, a marca está trabalhando com kits de barras Nutry contendo um brinde para ajudar na proteção individual: máscaras exclusivas. Vale destacar que a campanha destaca barras de cereais, frutas e nuts, importantes para repor as energias de forma nutritiva nos intervalos entre as refeições café da manhã almoço e jantar. E também as barras de proteínas, indicadas para consumo após os treinos, uma vez que auxiliam na recuperação muscular por conterem 10g de proteína por barra, além de BCAA e 26 vitaminas e minerais. Confira todos os sabores disponíveis e onde encontrar em: http://nutry.com.br/quero-comprar/ 

    Ficha técnica

    Diretor de criação: Ricardo Schrappe - Diretor de arte: Diego Jose De Oliveira - Mídia: Carol Popp Tetu - Popp Media Hub - Aprovação: Karina Moraes Dal Sasso e Guaira Rodrigues - Produtora dos filmes: Buzz CCS Produções.

  • Air Promo e Erastinho

    Um evento híbrido – parte presencial, parte online – produzido de forma solidária pela AirPromo, marcou a inauguração do Hospital Erastinho, primeiro complexo médico oncopediátrico da Região Sul do Brasil, localizado em Curitiba (PR).      

    Depois de um ano e meio de mobilização da sociedade civil local, o hospital foi oficialmente aberto tendo como missão garantir a segurança dos presentes e evitar aglomerações, com protocolo planejado pela AirPromo e validado pelo setor de Infectologia do hospital. O evento contou com a presença física de alguns convidados (entre autoridades e doadores) e teve transmissão on-line em tempo real captada e produzida pela Nasa Produtora. Aberta ao público pelos canais institucionais do Hospital, a live foi acompanhada por um total de 2,5 mil pessoas. Responsável pela criação e produção do evento, as ações da AirPromo contemplaram toda a comunicação e estrutura visual presentes na inauguração, incluindo o pré-projeto 3D, a tenda, o palco e o telão do evento, entre outros itens.

    “A inauguração do Erastinho ganhou a qualidade que o nosso projeto merecia. A AirPromo produziu uma estrutura excepcional e, melhor, com uma transmissão ao vivo sem erros, que nos garantiu a participação de milhares de pessoas, em segurança, neste momento de pandemia que vivemos”, relata Adriano Lago, superintendente do Hospital Erasto Gaertner. A admiração mútua entre as instituições foi um dos pilares que tornou a ação solidária possível. “Foi uma honra participar do evento desta instituição pela qual nutrimos muito carinho”, confirma Rafael Maia, diretor da AirPromo.

    Idealizado pelo Hospital Erasto Gaertner, o Hospital Erastinho atenderá exclusivamente crianças e adolescentes com câncer, oferecendo toda a estrutura necessária para prestar os melhores serviços em 4,8 mil metros², 43 leitos, num ambiente moderno e humanizado, com tratamento especializado e multiprofissional. 

    Sobre a AirPromo - Fundada em 2011 em Curitiba (PR), a AirPromo é uma Agência de Marketing Promocional focada no planejamento estratégico e na execução de congressos, lançamentos, feiras, show, ativações, lives e eventos híbridos. Mais informações em: http://www.airpromo.com.br/

  • Qualidade TROPHIC com QR Code

    A Prodiet Medical Nutrition anuncia o lançamento da nova identidade visual da linha Trophic (recomendada para substituição ou complemento à alimentação convencional), cujas embalagens trazem inovação e um refresh para o setor nacional de nutrição especializada, responsável pela elaboração de fórmulas nutricionais para uso via sonda e suplementos.

    A pioneira novidade liderada pela marca é a inserção no rótulo de um QR Code da Zappar (https://prodiet.com.br/linhatrophic/#como-usar), que direciona o consumidor a um vídeo de realidade aumentada e explica de forma clara e didática o passo a passo de como administrar a dieta. A inovação no uso desta tecnologia proporciona mais interatividade, modernidade, informação e segurança ao consumidor. Já na gôndola, a diferenciação da linha Trophic é facilitada pelo uso de elementos e ferramentas até então inéditas no segmento, como o visual moderno e colorido, com destaque aos atributos e informações que diferenciam uma fórmula da outra, e o slogan “Alimento para o dia a dia”, que aproxima o produto do seu público.

    Desenvolvidas junto à Tetra Pak, líder no mercado de soluções de processamento e envase de alimentos, as embalagens da linha Trophic entregam praticidade e funcionalidade, com o uso de itens como a tampa abre e fecha, que evita o desperdício e facilita o manuseio e a armazenagem na geladeira. Do ponto de vista sustentável, a embalagem é reciclável e contém materiais renováveis, o que envolve papel proveniente de florestas que possuem o certificado do Forest Stewardship Council™ (FSC), garantindo o manejo florestal responsável, e plástico produzido a partir da cana-de-açúcar.

    Com esta iniciativa, a Prodiet Medical Nutrition agrega leveza e frescor à comunicação deste nicho específico da categoria de alimentação, levando ainda mais acolhimento e bem-estar a todos os envolvidos no processo: profissionais de saúde, revendedores e consumidores.  “Receber alta hospitalar e ir com o paciente para casa é um momento de alegria, mas também marcado pela insegurança, ainda mais quando será necessário prover cuidados especiais. Nossa proposta é entregar em primeira mão para o mercado uma solução que tem o propósito de facilitar as escolhas e apoiar o cuidador neste momento de fragilidade, além de diminuir o stress e as chances de erros e aumentar a sua autonomia”, fala Gabriel Tortelli, CEO da Prodiet Medical Nutrition.

     

    Ficha técnica:

    Prodiet Medical Nutrition: Gabriel Tortelli, Ana Paula Celes, Arianna Schreiber, Mihaela Moura, Ravi Spreizner Baumgaertel, Rodrigo Borge, Tahuany Leite e Gabriela Piancor
    Redesign das Embalagens: Estúdio MAD Creative - Ana Luiza Bedin, Max Coelho, Dani Rigotti, Josiele Gwadera, Eduardo Maldonado. 
    Animação 3D e Realidade Aumentada: SPIRIT Animation Studios. Embalagens: Tetra Pak

  • Um ano de mercado grátis - FRIMESA

    Neste momento de crise econômica ocasionada pela pandemia, a Frimesa oferece uma oportunidade aos brasileiros que sempre acompanharam a marca sorteando R$1,2 milhão em prêmios, na promoção intitulada “Um ano de mercado grátis”, formatada pelo Grupo OM Marketing & Comunicação.

    A cada três produtos adquiridos, o consumidor poderá fazer seu cadastro na landing page www.promofrimesa.com.br, e passará a concorrer imediatamente a um ano de compras. Nacional, válida até 15 de novembro e protagonizada pela dupla Fernando & Sorocaba, a campanha “Um ano de mercado grátis” está sendo divulgada com peças para mídia exterior, televisão, internet, ponto de venda no varejo e rádio, assinadas pela OpusMúltipla, Brainbox e HouseCricket (empresas do Grupo OM).

    “Há 42 anos, a Frimesa está presente nos melhores momentos da vida dos brasileiros. Seja num simples café da manhã, seja no churrasco de domingo, a marca oferece produtos para todas as famílias e para todas as ocasiões. É por isso que a Frimesa não poderia deixar de ajudar também neste momento sensível da economia nacional, levando oportunidade pela imagem e voz da dupla Fernando & Sorocaba, parceiros da marca desde o começo do ano”, explica Rodrigo Havro Rodrigues, presidente da OpusMúltipla.